Heitor Lourenço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Heitor Lourenço
Ator Heitor Lourenço na Casa da Cidadania em São Domingos de Benfica.
Nome completo Heitor Miguel Gomes Lourenço
Nascimento
Lisboa
Nacionalidade Portugal portuguesa
Ocupação actor
IMDb: (inglês)

Heitor Miguel Gomes Lourenço[1] (Lisboa, 7 de Agosto é um actor português.

Trabalhou em teatros de norte a sul do país tais como o Teatro Nacional D. Maria II, Teatro da Comuna, Teatro Aberto, figurando no seu currículo um elevado número de peças. Também actuou no Teatro de revista, nomeadamente em "Tem a Palavra a Revista!" (2000) e "Arre Potter Qu'é Demais!" (2004), produções de Helder Freire Costa. Já no Teatro Maria Vitória encarna a personagem "Amy Winehouse" na peça "Agarra que é Honesto".

Das suas participações em cinema destacam-se "O Fim do Mundo" de João Mário Grilo e "Inês de Portugal" (1997) no papel do protagonista D. Pedro.

Em 2002 [[1]] participou na sitcom Camilo, O Pendura, de Camilo de Oliveira, para a RTP1, onde fazia o filho de Camilo, e em 2006 fez uma participação especial na Floribella como Wolfgang, o bondoso bispo, que une Delfina e Frederico. Chegou a apresentar o Lingo, concurso da RTP1, durante dois meses. Participou na novela Rebelde Way (2008/2009) da SIC onde também teve a seu cargo a função de director de atores. Em 2011 participa na 9ª série da novela "Morangos Com Açúcar" da TVI. Em 2012 foi convidado pela tvi para cantar no famoso programa "A Tua Cara Não Me É Estranha duetos". Em 2013, integra o elenco de Bem-Vindos a Beirais que estreou em Maio de 2013.

É vegetariano, budista e é conhecido por fazer trabalho de voluntariado, nomeadamente com a fundação do Gil, Nuvem Vitória, entre outras.

Escreveu as obras "O triângulo das portas" e "historias da dona esperança" (Plátano Editora, 2007). Foi levada a cena a peça infanto-juvenil "O Menino e o Imperador" no Teatro da Comuna, em Lisboa, a partir de 4 de Novembro de 2009, feita a partir da sua obra "Histórias da Dona Esperança".

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Lista de associados da Audiogest» (PDF). Actividades Culturais / Ministério da Cultura. 25 de Julho de 2007. Consultado em 1 de Janeiro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 24 de dezembro de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.