Hemerson Maria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hemerson Maria
Informações pessoais
Nome completo Hemerson José Maria
Data de nasc. 4 de maio de 1972 (45 anos)
Local de nasc. Florianópolis (SC),  Brasil
Informações profissionais
Período em atividade Como Jogador: 19931995 (2 anos)
Como Treinador: 2001–presente (16 anos)
Equipa atual Brasil Vila Nova
Posição Treinador (ex-Atacante)
Clubes de juventude
19791992 Brasil Figueirense
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19931994
1995
1995
Brasil Figueirense
Brasil Flamengo-SC
Brasil Atlético Alto Vale
Times/Equipas que treinou
2001
2001
20012010
20112012
2012
2013
2013
2013
20142015
2016
20162017
2017
Brasil Guarani de Palhoça (Cat. Base)
Brasil Guarani de Palhoça
Brasil Figueirense (Cat. Base)
Brasil Avaí (Cat. Base)
Brasil Avaí
Brasil Red Bull Brasil
Brasil CRAC
Brasil Avaí
Brasil Joinville
Brasil Joinville
Brasil Fortaleza
Brasil Vila Nova




33 (17V, 6E, 10D)
8 (1V, 4E, 3D)
17 (10V, 3E, 4D)
31 (14V, 7E, 11D)
87 (39V, 26E, 22D)
32 (10V, 12E, 10D)
13 (5V, 6E, 2D)
Última atualização: 15 de fevereiro de 2017

Hemerson José Maria (Florianópolis, 4 de maio de 1972), é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante. Atualmente, treina o Vila Nova.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Hemerson, como era conhecido na época de jogador profissional, começou sua carreira nas categorias de base do Figueirense, clube da sua terra natal. Se profissionalizou no ano de 1993. Foi Campeão Catarinense em 1994, quebrando um jejum de quase 20 anos do time de Florianópolis.

Passou ainda por Flamengo-SC, até encerrar sua carreira no Atlético Alto Vale devido, segundo ele mesmo, a sua falta de técnica para atuar como futebolista profissional.[1]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

O primeiro desafio de Hemerson Maria como treinador, veio em 2001 quando ele assumiu as categorias de base do Guarani de Palhoça.[2] Ainda no mesmo ano, veio a oportunidade de treinar o profissional no mesmo clube na Segunda Divisão do Campeonato Catarinense.[3]

Ainda no ano de 2001 Hemerson parte para assumir as categorias de base do Figueirense, aonde permaneceu por 10 anos, disputando campeonatos como a Copa São Paulo de Futebol Júnior[4] e, em algumas oportunidades, assumindo de forma interina o time principal.

Avaí[editar | editar código-fonte]

No dia 18 de janeiro de 2011, inicia a história de Hemerson Maria no Avaí. O treinador foi contratado para dirigir o time de juniores do Leão da Ilha.[5] Comandou a equipe no Estadual e no Campeonato Brasileiro Sub-20,[6] aonde não consegui classificação à fase final.

Após a demissão do treinador Mauro Ovelha, que até então comandava o time principal do Avaí,[7] surge a grande oportunidade da carreira de Hemerson. No dia 26 de março de 2012 a diretoria do clube efetiva Hemerson Maria para comandar o time na sequência do Campeonato Catarinense, juntamente com o auxiliar Emerson Nunes.[8] Naquele momento o time se encontrava desacreditado para a classificação.[9]

Hemerson estreou na equipe principal no dia 28 de março de 2012, quando o Avaí venceu o Marcílio Dias por 6 a 1 na Ressacada pela sexta rodada do returno do estadual.[10] A partir daí foram mais 5 jogos, com 3 vitórias e 2 empates até a final. Foi então que o Avaí encontrou o seu maior rival, o Figueirense, e venceu os dois jogos, 3 a 0 no primeiro jogo na Ressacada e 2 a 1 no Estádio Orlando Scarpelli e sagrou-se Campeão Catarinense de 2012.[11][9] De quebra ainda foi eleito pela Federação Catarinense de Futebol, o treinador do campeonato.[12]

Sua estreia no Campeonato Brasileiro da Série B foi no dia 19 de maio de 2012, quando enfrentou o Boa Esporte no Estádio Melão, em Varginha-MG e empatou em 2 a 2.[13] Já a primeira vitória veio logo na segunda rodada, por 1 a 0 contra o São Caetano na Ressacada.[14] Sua invencibilidade a frente do time – 10 jogos, 7 vitórias e 3 empates. 25 gols a favor e 10 contra. – foi encerrada na partida contra o América de Natal no Nazarenão, em Goianinha, pela terceira rodada da Série B, quando o Avaí saiu derrotado por 1 a 0.[15]

No dia 18 de setembro de 2012, quatro dias após a derrota do Avaí para o América Mineiro em Belo Horizonte pela 25ª rodada da Série B, Hemerson é demitido pela diretoria do clube. Até o momento, o Avaí se encontrava na 9ª posição da competição com 37 pontos conquistados.[16][17]

A volta

No ano de 2013, mais precisamente no dia 13 de junho, o Avaí anuncia o retorno de Hemerson Maria ao comando da equipe. Na ocasião o Avaí, até então treinado pelo técnico Ricardinho, encontrava-se na 13ª colocação com sete pontos conquistados em seis jogos disputados.[18][19] A apresentação de Hemerson aconteceu na sala de imprensa do Estádio da Ressacada, no dia 19 de junho de 2013.[20]

Seu contrato não foi renovado no fim do campeonato da Série B após estar muito próximo do acesso, perde os 6 últimos jogos e não consegue se manter no comando da equipe catarinense.[21] [22]

Números de Hemerson Maria no Avaí
Campeonato Catarinense de 2012 ¹
Class. final PG J V E D GP GC SG AP
Campeão 20 8 6 2 0 22 8 +14 83,3%
Campeonato Brasileiro da Série B de 2012 ²
37 25 11 4 10 29 28 +1 49,3%
Campeonato Brasileiro da Série B de 2013
10º 48 31 14 7 11 40 35 +5 51,6%
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols; AP - aproveitamento
  • 1. Hemerson Maria assumiu o Avaí na 6ª rodada do segundo turno do campeonato.
  • 2. Hemerson Maria foi demitido do cargo, após a 25ª da competição.

Red Bull Brasil[editar | editar código-fonte]

Hemerson foi anunciado como treinador do Red Bull Brasil no dia 20 de novembro de 2012, para comandar o time no Campeonato Paulista da Série A2 com a missão de conseguir o acesso à elite do futebol estadual.[23] Sua apresentação oficial no clube ocorreu no dia 28 de novembro de 2012, juntamente com o atacante Denilson.[24] Sua primeira experiência prática, foi num jogo treino de pré-temporada contra a Ponte Preta em que o Red Bull venceu por 1 a 0 no dia 13 de janeiro de 2013.[25]

Durante a Série A2 o desempenho não foi o esperado e, após oito partidas a frente do time com uma vitória, quatro empates e três derrotas, Hemerson Maria pediu demissão do clube. Sua última partida foi na derrota para o Grêmio Osasco por 3 a 2 no dia 16 de fevereiro de 2013.[26]

CRAC[editar | editar código-fonte]

O CRAC de Goiás anunciou Hemerson em 3 de março de 2013,[27] no mesmo dia em que demitiu o então treinador do time Arturzinho, após a derrota por 3 a 0 para o Atlético Goianiense pela nona rodada da primeira fase do Campeonato Goiano, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.[28]

A estreia a frente do time veio numa derrota. Com pouco tempo comandando a equipe, Hemerson Maria saiu derrotado na partida contra o Goianésia por 2 a 0 em casa.[29] A primeira vitória veio na rodada seguinte contra o Atlético Goianiense, 2 a 1 no Estádio Genervino da Fonseca.[30] Após ter assumido o time com mais de 90% de chances de rebaixamento no campeonato local, Hemerson salvou o clube do descenso e ainda ganhou elogios vindo do então técnico do Vasco da Gama Paulo Autuori pela forma de jogo da equipe.[31]

No dia 10 de abril o CRAC estreou na Copa do Brasil, com uma vitória sobre o Náutico em casa pelo jogo de ida por 3 a 1, o time abriu uma boa vantagem para poder se classificar para a próxima fase.[32] No jogo de volta disputado no Aflitos, o CRAC empatou em 1 a 1 e confirmou a classificação.[33] Na segunda fase da competição, o CRAC derrotou o Betim com duas vitórias, 3 a 2 em casa[34] e 1 a 0 fora.[35] Com isso Hemerson Maria, juntamente com o time, marcaram seus nomes na história do clube que nunca havia disputado a terceira fase da Copa do Brasil.[36]

Na estreia pela Série C do Campeonato Brasileiro o CRAC, sob o comando de Hemerson Maria, empatou fora de casa em 0 a 0 com o Betim.[37] Mas apesar de tanto sucesso no time de Catalão, no dia 13 de junho de 2013, Hemerson anuncia a sua rescisão com o CRAC para retornar ao Avaí.[18]

Joinville[editar | editar código-fonte]

Após seu contrato ser encerrado e não renovado com o Avaí e o objetivo não ser alcançado, é anunciado como novo técnico do Joinville no dia 9 de dezembro de 2013 para a temporada 2014.[38] Após um bom campeonato Catarinense, o treinador chegou a final do estadual, onde não obteve sucesso. Apesar disso, seu trabalho continuou e ao final da temporada se sagrava Campeão Brasileiro da Série B 2014, um feito inédito para o Joinville, que teve grandes méritos e perseverança do treinador.

Em 2015, Hemerson reinicia os trabalhos junto a equipe de futebol para a montagem do elenco para a Série A 2015. Após atuações ruins na Primeira Fase, o Joinville consegue a classificação no sufoco com resultados combinados em outras partidas. O Hexagonal final começa e a equipe se supera, após uma vitória sobre a Chapecoense no Oeste o Joinville garante a vaga na final e na rodada seguinte, garante a disputa do título em casa com uma vitória sobre o Figueirense, segundo colocado. Após dois empates de 0 a 0, o Joinville conquista o Campeonato Catarinense de Futebol em campo. O Figueirense através de comissões totalmente parciais no TJD-SC consegue levar o título por um erro na inscrição de um atleta do Joinville. Após os desembargadores, alguns sócios do Figueirense, decidirem pela punição do Joinville de forma literal (visto caso com América/MG em 2014), o STJD sobrepuja todas as leis e determina deliberadamente que o Título seria do Figueirense, questão que não estava na pauta da ação.

Após o Catarinense, o Joinville também cai na Copa do Brasil e começa muito mal o Brasileirão 2015. Hemerson então sucumbe aos maus resultados e é desligado do clube.

O Retorno[editar | editar código-fonte]

Após alguns meses fora, Hemerson Maria retorna ao Joinville que se encontra em péssimo lugar no Campeonato Catarinense 2016. Junto do comandante, chegam o auxiliar técnico Emerson Nunes e o novo preparador físico, Alexandre Souza, que também trabalhou no JEC na temporada passada.

Fortaleza[editar | editar código-fonte]

Após Marquinhos Santos ter sido contratado pelo Figueirense, Hemerson Maria acertou com o Fortaleza, com a missão de subir o time para a Série B.[39]

Após o fracasso de não subir o time para a Série B, Hemerson Maria rescindi o contrato com o Fortaleza.[40]

Após a reeleição de Jorge Mota, Hemerson Maria foi contratado novamente para iniciar seu trabalho do 0 no Fortaleza.[41]

Vila Nova[editar | editar código-fonte]

No dia 9 de maio de 2017, Hemerson Maria foi confirmado como novo treinador do Vila Nova, após a demissão de Mazola Júnior.[42]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Figueirense

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Avaí
Joinville
Fortaleza

Individual[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Hemerson Maria, o filho do Procasa». Notícias do Dia. 15 de maio de 2012. Consultado em 14 de junho de 2013 
  2. «Bola da Vez». Palhocence. 29 de março de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  3. «Guarani espera o Próspera com reforço no meio campo». ANCapital. 26 de julho de 2001. Consultado em 15 de maio de 2012 
  4. «Figueira estreia nesta quarta na Copinha». INfoesporte. 5 de janeiro de 2011. Consultado em 15 de maio de 2012 
  5. «Hemerson Maria acerta com o Avaí». INfoesporte. 18 de janeiro de 2011. Consultado em 15 de maio de 2012 
  6. «Avaí empata na estréia do Brasileirão Sub-20». INfoesporte. 6 de dezembro de 2011. Consultado em 15 de maio de 2012 
  7. «Após derrota para Camboriú, Mauro Ovelha é demitido do Avaí». Terra. 26 de março de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  8. «Avaí oficializa interino Hemerson Maria como substituto de Ovelha». Globoesporte.com. 26 de março de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  9. a b «Campeão invicto, Hemerson Maria deixa legado em SC». Futebol SC. 14 de maio de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  10. «Avaí vence por 6 a 1 e decreta o rebaixamento do Marcílio Dias». Diário Catarinense. 28 de março de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  11. «Avaí é campeão catarinense na casa do rival». Band.com.br. 13 de maio de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  12. a b «Cleber Santana é eleito o craque e Hemerson Maria, o melhor técnico». Futebol SC. 15 de maio de 2012. Consultado em 15 de maio de 2012 
  13. «Boa e Avaí "esquentam" jogo nos 20 minutos finais e empatam por 2 a 2 na estreia». BOL. 19 de maio de 2012. Consultado em 21 de maio de 2012 
  14. «Cleber Santana marca, Avaí vence o São Caetano e vira líder até sexta». Globoesporte.com. 22 de maio de 2012. Consultado em 23 de maio de 2012 
  15. «Sob forte chuva, Pingo dá vitória ao América-RN sobre o Avaí». Globoesporte.com. 29 de maio de 2012. Consultado em 31 de maio de 2012 
  16. «Hemerson Maria não resiste aos maus resultados e é demitido do Avaí». UOL. 18 de setembro de 2012. Consultado em 21 de setembro de 2012 
  17. «Diante de maus resultados, Avaí demite o técnico Hemerson Maria». Globoesporte.com. 18 de setembro de 2012. Consultado em 21 de setembro de 2012 
  18. a b «Hemerson Maria aceita proposta e volta ao comando técnico do Avaí». Globoesporte.com. 13 de junho de 2013. Consultado em 13 de junho de 2013 
  19. «Depois de acerto com o Avaí, Hemerson Maria desabafa: 'Sempre soube que voltaria'». Diário Catarinense. 13 de junho de 2013. Consultado em 14 de junho de 2013 
  20. «Hemerson Maria é apresentado». Avaí. 19 de junho de 2013. Consultado em 19 de junho de 2013 
  21. Globoesporte.com - Hemerson Maria estipula 15 dias para definir futuro e deixa legado no Avaí
  22. FutebolSC - Após altos e baixos no comando do Avaí, Hemerson Maria deixa o clube
  23. «De olho na elite, Red Bull acerta com Hemerson Maria para a Série A2». Futebol Interior. 20 de novembro de 2012. Consultado em 23 de novembro de 2012 
  24. «2013 começou para o Red Bull Brasil». Red Bull. 28 de novembro de 2012. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  25. «Hemerson Maria comemora resultado positivo contra a Ponte Preta em jogo-treino». AV Assessoria de Imprensa. 13 de janeiro de 2013. Consultado em 15 de janeiro de 2013 
  26. «Red Bull 2 x 3 Grêmio Osasco - Virada nos acréscimos derruba Hemerson Maria». Futebol Interior. 16 de fevereiro de 2013. Consultado em 18 de fevereiro de 2013 
  27. «Ex-Avaí, Hemerson Maria é anunciado por seu novo clube». INfoesporte. 4 de março de 2013. Consultado em 4 de março de 2013 
  28. «Atlético-GO supera início ruim, vence Crac e sobe na tabela do Goiano: 3 a 0». Globoesporte.com. 3 de março de 2013. Consultado em 4 de março de 2013 
  29. «Goianésia afunda mais o Crac em Catalão». CRAC. 11 de março de 2013. Consultado em 8 de abril de 2013 
  30. «Com gol no fim, Crac vence Atlético no Genervino». CRAC. 18 de março de 2013. Consultado em 8 de abril de 2013 
  31. «Técnico do Crac recebe elogios de Paulo Autuori». CRAC. 24 de abril de 2013. Consultado em 3 de maio de 2013 
  32. «Crac vence o Náutico por 3 a 1 e leva vantagem para jogo de volta». CRAC. 11 de abril de 2013. Consultado em 15 de abril de 2013 
  33. «Crac empata com Náutico e se classifica para próxima fase da Copa do Brasil». CRAC. 18 de abril de 2013. Consultado em 3 de maio de 2013 
  34. «Betim sai na frente, leva a virada e precisa vencer o Crac no jogo de volta». Globoesporte.com. 5 de maio de 2013. Consultado em 27 de maio de 2013 
  35. «Crac bate o Betim de novo e avança para a terceira fase da Copa do Brasil». Globoesporte.com. 15 de maio de 2013. Consultado em 27 de maio de 2013 
  36. «Crac fazendo história na competição Copa do Brasil». CRAC. 20 de maio de 2013. Consultado em 27 de maio de 2013 
  37. «Ficha técnica de Crac 0x0 Betim pela 1ª Rodada do 1º Turno da 1ª Fase». FGF. 1 de junho de 2013. Consultado em 5 de junho de 2013 
  38. Globoesporte.com - Missão 2014: Hemerson Maria é o novo treinador do Joinville. Acessado em 9 de dezembro de 2013.
  39. Com saída de Marquinhos Santos, Hemerson Maria assume o Fortaleza
  40. Hemerson Maria acerta saída do Fortaleza após eliminação
  41. Hemerson Maria é apresentado no Pici e aponta foco: "Objetivo é a Série C"
  42. Vila Nova contrata técnico Hemerson Maria para o lugar de Mazola Júnior

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Mauro Ovelha
Ricardinho
Técnico do Avaí
2012
2013
Sucedido por
Argel Fucks
Emerson Nunes
Precedido por
Sérgio Ramirez
Paulo César Gusmão
Técnico do Joinville
2014–2015
2016–
Sucedido por
Adílson Batista
Lisca
Precedido por
Marquinhos Santos
Técnico do Fortaleza
2016–2017
Sucedido por
Marquinhos Santos
Precedido por
Mazola Júnior
Técnico do Vila Nova
2017–
Sucedido por
'