Hennessey Venom GT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hennessey Venom GT
Visão Geral
Produção 2010 — 2017
Fabricante Hennessey Performance Engineering
Montagem Hethel, Inglaterra (chassi)
Sealy, Texas, Estados Unidos (motor)
Silverstone, Inglaterra (montagem)
Modelo
Classe Esportivo
Carroceria 2 portas, coupé ou roadster
Ficha técnica
Motor 2010-2012 V8 6.2 Biturbo , 2013-Presente V8 7.0 Biturbo
Transmissão 6 velocidades, manual
Modelos relacionados Lotus Elise
Lotus Exige
Dimensões
Comprimento 4.655 mm
Entre-eixos 2.800 mm
Largura 1.960 mm
Altura 746.8 mm
Peso 1,218 kg

Hennessey Venom GT é um automóvel superesportivo fabricado pela Hennessey Performance Engineering. Foi revelado em 29 de março de 2010.

Em 21 de janeiro de 2013, o Venom GT bateu um novo recorde mundial do Guinness Book por conseguir fazer a melhor aceleração 0-300 km/h, feita em 13,63 segundos.[1][2]

Em 14 de fevereiro de 2014, o Venom foi levado novamente para uma pista de testes, e conseguiu alcançar 435.31 km/h (270.49 mph), tornando se assim, o carro de série mais rápido do mundo.[3]. O recorde foi batido em 3,22 km, metade da distância que o segundo carro de rua mais rápido do mundo, o Bugatti Veyron Super Sport, precisou para alcançar sua velocidade máxima. Porém, o recorde do Venon GT, não é aceito pelo Guinness World Records, que exige que o teste seja feito em ambas as direções (à favor e contra o vento), o que torna o recorde inválido, tornando assim, o posto de carro mais rápido do mundo para o Bugatti Veyron Super Sport. O Venom também terá a produção limitada a 29 unidades, sendo que um carro é considerado de produção após a fabricação de 30 unidades ou mais do mesmo.

O Venom GT usa um chassi altamente modificado Lotus Exige. A fabricante Hennessey afirma que o chassi modificado utiliza componentes do Lotus Exige e Elise, incluindo, mas não limitado ao teto, portas, vidros laterais, pára-brisas, painel de instrumentos, cockpit, sistema de climatização, limpador e lanternas. por isso, o carro é afinado e não um carro de produção da Lotus.

Em 20 de janeiro de 2017, a Hennessey revelou o último Venom GT a sair da linha de produção, apelidado de ‘Final Edition’. Pintado em Glacier Blue com riscas brancas, este superdesportivo não deixa os créditos por mãos alheias contando com um bi-turbo V8 de 7.0 litros capaz de debitar um total de 1.451 cv.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Autoweek (2013). «Hennessey Venom GT claims Guinness World Record» (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  2. MSN Autos (2013). «Hennessey Venom GT breaks acceleration record» (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2013 
  3. «New Top Speed for Hennessey Venom GT» (em inglês). 2014. Consultado em 18 de outubro e 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.