Henri Charrière

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henri Charrière
Nascimento 16 de novembro de 1906
Saint-Étienne-de-Lugdarès
Morte 29 de julho de 1973 (66 anos)
Madrid
Nacionalidade França posteriormente naturalizado Venezuela
Ocupação Escritor

Henri Charrière (Saint-Étienne-de-Lugdarès, Ardèche 16 de novembro de 1906 - Madrid, 29 de julho de 1973) foi um escritor francês, autor do famoso livro Papillon, posteriormente transformado em filme.

Foi um ex-militar da Marinha Francesa, transformou-se em vagabundo e aplicava pequenos golpes em Paris, por volta dos anos 1930. Foi condenado injustamente à pena de prisão perpétua pelo assassinato de um rufião e mandado para o exílio na Guiana Francesa, mais especificamente a Ilha do Diabo, onde conheceu outros personagens os quais participaram de seu livro lançado nos anos 1960.

Charrière gastou praticamente todo o dinheiro ganho com o livro e o filme Papillon na produção de outro filme que foi um fracasso total, morrendo pobre e destruído pela bebida, em 1973.

Papillon tem autoria contestada[editar | editar código-fonte]

Considerada como a "maior história verídica de fuga e aventura alguma vez escrita", o famoso livro " Papillon ", de Henri Charriere, tem sua autoria contestada. Estudos da vida do escritor relatam que na realidade Charriere teria sido um impostor que se apropriou da história do verdadeiro escritor, René Belbenoit, que viveu e escreveu experiência na ilha do Diabo.[1]

Referências

  1. Eduardo Hollanda (17 de agosto de 2005). «A verdadeira história de Papillon». Consultado em 5 de setembro de 2014 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.