Henrique da Flandres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2015)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Henrique de Flandres
Imperador Latino de Constantinopla
Iluminura de Henrique de Flandres
Reinado 12051216
Consorte Agnes de Monferrato
Maria da Bulgária
Antecessor(a) Balduíno I
Sucessor(a) Iolanda de Hainaut
Dinastia Casa de Hainaut
Nascimento 1176
  Valenciennes
Morte 11 de junho de 1216 (40 anos)
  Tessalônica
Filho(s) Não teve
Pai Balduíno V de Hainaut
Mãe Margarida I da Flandres

Henrique da Flandres, também conhecido como Henrique I de Hainaut e Henrique I de Constantinopla (Valenciennes, c.1176Tessalônica, 11 de junho de 1216), foi o segundo imperador do Império Latino de Constantinopla.

Era um dos filhos mais novos de Balduíno V de Hainaut (mais tarde Balduíno VIII, conde da Flandres) e de Margarida I da Flandres, irmã de Filipe da Alsácia, conde da Flandres.

Tendo-se juntado à Quarta Cruzada por volta de 1201, distinguiu-se durante o cerco de Constantinopla em 1204 e noutras ocasiões, e depressa ganhou renome e influência entre os príncipes do novo Império Latino. O imperador bizantino Aleixo V Ducas armou-lhe uma emboscada em Filia, mas o seu exército desbaratou os bizantinos e pô-los em fuga.

Quando o seu irmão mais velho, o imperador Balduíno I foi capturado na batalha de Andrianópolis em abril de 1205, Henrique foi escolhido para desempenhar a regência do império, subindo ao trono quando chegaram as notícias da morte de Balduíno. Foi coroado a 20 de agosto de 1205.

Henrique demonstrou ser um governante prudente, cujo reino se caracterizou por conflitos vitoriosos com Joanitzes da Bulgária, e com o seu rival Teodoro I Láscaris, imperador de Niceia. Henrique parece ter sido belicoso mas não cruel, e tolerante sem ser fraco. O imperador morreu envenenado a 11 de junho de 1216, alegadamente pela sua esposa búlgara Maria, filha de Joanitzes e enteada de Boril.

Tinha sido casado anteriormente (em 1204) com Inês de Montferrato, filha de Bonifácio I de Monferrato, o comandante cruzado, mas esta faleceu (provavelmente de parto) antes da morte do seu pai em 1207.

Alguns historiadores contemporâneos afirmam que Henrique fez a paz com os Búlgaros depois da morte do rei Joanitzes. Anos mais tarde, o papa Inocêncio III ordenou que Henrique se casasse com a única filha de Joanitzes, Maria. Isabel, a filha única de Henrique, do seu primeiro casamento com Inês, morreu de parto e o segundo casamento do imperador não deixou descendência.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Queller, Donald. The Fourth Crusade: The Conquest of Constantinople (Middle Ages), 1999


Precedido por
Balduíno I
Blason Empire Latin de Constantinople.svg
Imperador latino de Constantinopla

1206 - 1216
Sucedido por
Pedro II de Courtenay
Iolanda de Hainaut (regente)