Henriqueta de Nevers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henriqueta de Nevers
Princesa consorte de Mântua
Retrato de Henriqueta de Cleves pintado por François Clouet (data incerta).
4.° Duquesa de Nevers
Reinado 15641601
Antecessor(a) Jaime de Cleves
Sucessor(a) Luís IV Gonzaga
Condessa de Rethel
Reinado 15641565
Predecessor Jaime de Cleves
Sucessor título suprimido
(passou a ducado)
Duquesa de Rethel
Reinado 15651601
Predecessor novo título
(anteriormente era condado
Sucessor Carlos I de Mântua
 
Cônjuge Luís Gonzaga, Duque de Nevers
Descendência Catarina, Duquesa de Longueville
Henriqueta, Duquesa de Mayenne
Frederico Gonzaga
Francisco Gonzaga
Carlos I de Mântua
Casa Casa Ducal de Mântua
Dinastia Mark (por nascimento)
Gonzaga (por casamento)
Nascimento 31 de outubro de 1542
  La Chapelle-d’Angillon, Reino da França
Morte 24 de junho de 1601 (58 anos)
  Hotel de Nevers, Paris, Reino da França
Enterro Catedral de Nevers, Nevers
Pai Francisco I, 1º Duque de Nevers e Conde de Rethel
Mãe Margarida de Bourbon-La Marche

Henriqueta de Nevers ou Henriqueta de Cleves (em francês: Henriette; 31 de outubro de 1542[1]24 de junho de 1601[2], foi uma nobre francesa, herdeira da família de Cleves que detinha o ducado de Nevers e o condado de Rethel. Era ainda conhecida por Henriqueta de La Marck (do nome da casa nobre a que pertencia por nascimento).

Tornou-se suo jure 4.° Duquesa de Nevers[3] e suo jure Condessa de Rethel, após a morte sem geração do seu irmão, Jaime de Cleves, Duque de Nevers e Conde de Rethel, em 1564. Veio a casar com o nobre de origem italiana Luis Gonzaga, que veio a ser Duque de Nevers e de Rethel, e Príncipe de Mântua.

Família[editar | editar código-fonte]

Henriqueta nasceu em La Chapelle-d'Angillon, no departamento de Cher, em França, sendo a filha mais velha e segunda criança de Francisco I, primeiro Duque de Nevers e Conde de Rethel, e de Margarida de Bourbon-La Marche. O Delfim Henrique (o futuro Rei Henrique II de França) foi o seu padrinho de baptismo.

Os seus avós paternos foram Carlos II de Cleves, Conde de Nevers, e Maria de Albret, Condessa de Rethel. Os seus avós maternos foram Carlos de Bourbon, duque de Vendôme e Francisca de Alençon.

Henriqueta teve três irmãos e duas irmãs mais novas:

  1. Francisco II de Cleves, segundo Duque de Nevers, Conde de Rethel;
  2. Jaime de Cleves, terceiro Duque de Nevers, Conde de Rethel;
  3. Henrique de Cleves, que morreu ainda jovem;
  4. Catarina de Cleves; e
  5. Maria de Cleves.

Em 1564, com a morte do seu irmão Jaime, Henriqueta tornou-se suo jure quarta Duquesa de Nevers e Condessa de Rethel. O seu irmão mais velho, Francisco, morrera em 1562, sem deixar descendência.

Henriqueta herdou também uma enorme dívida do seu falecido pai e irmãos, mas soube gerir a situação por forma a estabilizar a situação financeira da família, vindo a tornar-se um dos principais credores do Reino.[4]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Henriqueta e seu marido, Luís Gonzaga

Em 4 de março de 1565, em Moulins, Bourbonnais aos 22 anos de idade, Henriqueta casou com Luís Gonzaga, terceiro varão do Duque soberano de Mântua, e seu segundo primo (as avós de ambos eram irmãs). O seu marido assumiu os títulos de Duque de Nevers e de primeiro Duque de Rethel por direito da mulher, enquanto Henriqueta adquiriu os novos títulos de Duquesa de Rethel e Princessa de Mântua.

Luís e Henriqueta tiveram cinco filhos:[5]

  1. Catarina Gonzaga (1568-1629), que viria a casar com Henrique I de Orleães, duque de Longueville, com geração;
  2. Henriqueta Gonzaga (1571-1601), que veio a casar com Henrique de Lorena, Duque de Mayenne, sem geração;
  3. Frederico Gonzaga (1573-1574)
  4. Francisco Gonzaga (1576-1580)
  5. Carlos Gonzaga (1580-1637), que sucedeu a seus pais nos Ducados de Nevers e Rethel, herdando mais tarde as pessessões italianas da família, o Ducado de Mântua e o Ducado de Monferrato. Casou com Catarina Mayenne (filha de Carlos de Lorena, Duque de Mayenne e de Henriqueta de Saboia, Marquesa de Villars), com geração.

Henriqueta veio a tornar-se amante de Aníbal Coconna, um aventureiro Piemontês que veio a ser decapitado em 1574, juntamente com Joseph Boniface de La Mole, por participar na conspiração contra Carlos IX de França, gravemente doente e era apoiado por Francisco, Duque de Alençon. Foi alegado que ela e a rainha Margarida de Navarra secretamente e a meio da noite, teriam retirado as cabeças que foram expostas num lugar público, embalsamando-os e enterrando-os em solo consagrado.[6]

Henriqueta faleceu em 24 de junho de 1601, no Hotel de Nevers, residência parisiense dos Duques de Nevers. Veio a ser enterrada na Catedral de Nevers. O seu marido morrera 6 anos antes em 1595 após uma vida de fidelidade à Coroa de França.

Representações artísticas[editar | editar código-fonte]

O retrato de Henriqueta foi pintado em data desconhecida pelo conhecido miniaturista e artista renascentista francês, François Clouet. Ele é famoso pelas suas representações pormenorizadas da família real e da nobreza francesa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. http://thePeerage.com person page 4301
  2. Marek, Miroslav. «cleves/cleves5.html». Genealogy.EU )
  3. http://thePeerage.com
  4. France Heads and Substates and Heads of the Kingdom, http://www.guide2womenleaders.com/France-substates-heads.htm
  5. Marek, Miroslav. «gonzaga/gonzaga5.htm». Genealogy.EU 
  6. Strage, Mark (1976). Women of Power: The Life and Times of Catherine de' Medici. New York and London: Harcourt Brace Jovanovich. pp. 187-188


Precedido por
Jaime de Cleves
Armoiries Clèves-Nevers.svg
Duquesa de Nevers

15641601
Sucedido por
Luís IV Gonzaga
Precedido por
Jaime de Cleves
Condessa de Rethel
15641565
Sucedido por
título suprimido
(passou a ducado)
Precedido por
novo título
(anteriormente era condado
Duquesa de Rethel
15651601
Sucedido por
Carlos I de Mântua
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Henriqueta de Nevers

Referências