Henry Eyring

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry Eyring
Química
Nacionalidade México mexicano
Povo dos Estados Unidos norte-americano
Nascimento 20 de fevereiro de 1901
Local Chihuahua, México
Morte 26 de dezembro de 1981 (80 anos)
Local Salt Lake City
Atividade
Campo(s) Química
Instituições Universidade de Princeton, Universidade de Utah
Alma mater Universidade do Arizona, Universidade da Califórnia em Berkeley
Orientado(s) Keith James Laidler, Tracy Hall
Prêmio(s) Medalha Bingham (1949), Prêmio Remsen (1960), Prêmio Peter Debye (1964), Medalha Nacional de Ciências (1966), Prêmio Linus Pauling (1969), Medalha Elliott Cresson (1969)[1] , Medalha Priestley (1975), Prêmio Wolf de Química (1980)

Henry Eyring (Chihuahua, 20 de fevereiro de 1901Salt Lake City, 26 de dezembro de 1981) foi um químico mexicano naturalizado estadunidense.

Pai de Henry B. Eyring.

Um prolífico escritor, é autor de mais de 600 artigos científicos, 10 livros científicos, e alguns livros sobre ciência e religião. Recebeu o Prêmio Wolf de Química em 1980 e a Medalha Nacional de Ciências de 1966, pelo desenvolvimento da teoria da taxa absoluta ou teoria do estado de transição das reações químicas, um dos mais importantes desenvolvimentos da química no século 20. Depois, vários outros químicos receberam o prêmio Nobel por trabalhos baseados nestas ideias, e o fato dele não ter recebido o prêmio Nobel foi motivo de surpresa para muitos.[2] A Academia Real das Ciências da Suécia aparentemente não entendeu a teoria de Eyring até que até que não foi mais possível que conceder o Nobel; a academia lhe concedeu a Medalha Berzelius de 1977, como compensação parcial.[3]

Foi eleito presidente da American Chemical Society em 1963 e da Associação Americana para o Avanço da Ciência em 1965.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Publicações: Livros[editar | editar código-fonte]

  • A generalized theory of plasticity involving the virial theorem
  • The activated complex in chemisorption and catalysis
  • An examination into the origin, possible synthesis, and physical properties of diamonds
  • Annual Review of Physical Chemistry
  • Basic chemical kinetics
  • Deformation Kinetics with Alexander Stephen Krausz
  • Electrochemistry
  • Kinetic evidence of phase structure
  • Modern Chemical Kinetics
  • Non-classical reaction kinetics
  • Physical Chemistry, an Advanced Treatise (1970)
  • Quantum Chemistry
  • Reactions in condensed phases
  • The significance of isotopic reactions in rate theory
  • Significant Liquid Structures
  • Some aspects of catalytic hydrogenation
  • Statistical Mechanics
  • Statistical Mechanics and Dynamics
  • Theoretical Chemistry: Advances and Perspectives. Volume 2
  • The Theory of Rate Processes in Biology and Medicine with Frank H. Johnson and Betsy Jones Stover
  • Theory of Optical Activity (Monographs on Chemistry series) with D.J. Caldwell
  • Time and Change
  • Valency

Publicações religiosas: Livros[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Laureates» (em inglês). The Franklin Institute. Arquivado desde o original (pdf) em 1 de julho de 2015. Consultado em 1 de julho de 2015. 
  2. G.B. Kauffman; The Nobel Centennial 1901—2001; Chem. Educator 2001, 6, 370—384
  3. "The Nobel Prize in Chemistry: The Development of Modern Chemistry". Nobelprize.org. Acessado em 1 de novembro de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Hermann Mark
Prêmio Wolf de Química
1980
Sucedido por
Joseph Chatt


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.