Henry VIII (telefilme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry VIII
Informação geral
Formato Série
Género Drama
Duração 193 minutos (total)
País de origem  Reino Unido
Produção
Director(es) Pete Travis
Narrador(es) Derek Jacobi
Exibição
Emissora de televisão original Reino Unido ITV
Transmissão original 12 de outubro de 200319 de outubro de 2003
N.º de episódios 2

Henry VIII é um telefilme britânico de 2003 dirigido por Pete Travis com roteiro escrito por Peter Morgan. É estrelada por Ray Winstone e Helena Bonham Carter nos papéis principais.[1]

O longa-metragem dividido em duas partes narra a vida do rei da Inglaterra Henry VIII, a partir do fim de seu primeiro casamento com Catarina de Aragão até sua morte em 1547, na época em seu sexto casamento. O filme foi produzido pela Granada Television e a ITV com financiamento pela WGBH Boston, Powercorp e Australian Broadcasting Corporation.

Estrelado por Ray Winstone em seu primeiro papel em um drama de época com Helena Bonham Carter como Anne Boleyn; sua personagem domina o primeiro episódio e sua morte dramática traz a primeira parte da história de sua celebração. David Suchet também faz uma aparição como o primeiro ministro-chefe de Henry, o Cardeal Wolsey. O segundo episódio, segue os últimos 11 anos de vida de Henry, Emilia Fox surge como a terceira esposa Jane Seymour, Sean Bean como Robert Aske, líder da Peregrinação da Graça, e Emily Blunt como Catherine Howard, a adolescente promíscua que foi coagida a se tornar a quinta rainha de Henry.

Enredo[editar | editar código-fonte]

“Henry VIII” tem como base a turbulenta trajetória do monarca mais controverso da história da Inglaterra e sua busca desesperada por um filho varão para sucedê-lo ao trono. O longa-metragem se distingue de seus similares pela maneira contrastante de amor e violência com que aborda os fatos, o que, por sua vez, atinge os contemporâneos com tal força de entusiasmo que é quase impossível desprender a atenção para a vivacidade da atuação dos personagens, suas paixões, vitórias e sofrimentos. “Uma vigem maravilhosa à Inglaterra do século XVI”.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]