Henschel Hs 132

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hs 132
Caça
Desenho do HS.132
Descrição
Tipo / Missão Caça interceptador e bombardeiro de mergulho
País de origem  Alemanha Nazi
Fabricante Henschel Flugzeugwerke AG
Período de produção 1945
Quantidade produzida 4[carece de fontes?]
Primeiro voo em Nunca voou
Variantes
  • Hs 132A Bombardeiro de mergulho
  • Hs 132B Bombardeiro de mergulho / Anti-carro
  • Hs 132C Bombardeiro de mergulho
  • Hs 132D versão de envergadura maior
Tripulação 1 (Hs 132A)
Especificações (Modelo: Hs 132A)
Dimensões
Comprimento 8,90 m (29,2 ft)
Envergadura 7,20 m (23,6 ft)
Altura m (9,84 ft)
Área das asas 14,80  (159 ft²)
Alongamento 3.5
Peso(s)
Peso carregado 3 400 kg (7 500 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x turbojato BMW 003A
Força de empuxo (por motor) 798 kgf (7 830 N)
Performance
Velocidade máxima 780 km/h (421 kn)
Alcance bélico 1 120 km (696 mi)
Teto máximo 10 000 m (32 800 ft)
Armamentos
Bombas Até 500 kg (1 100 lb) de carga de bombas em racks externos
Notas
Para outros dados ver seção "Características particulares"

Henschel Hs 132 [1][2][3] - foi um protótipo de bombardeiro de mergulho a jato e aeronave de ataque ao solo que iria integrar diversos esquadrões substituindo os antigos Junkers Ju 87 "Stuka".

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 1944, os Junkers Ju 87 Stuka não eram mais tão eficientes em combate no Front Oriental, pois eram alvos de interceptadores soviéticos e da artilharia anti-aérea. Então, uma pequena produtora chamada Henschel lançou o projeto de construir um bombardeiro de mergulho a jato com motor a reação. O esquadrão seria liderado ainda pelo mais famoso piloto de Stuka da história, Hans-Ulrich Rudel.

Se algo desse errado, o piloto jamais ejetaria, pois se o fizesse na velocidade em que se encontrava o avião, colidiria com o motor e seria puxado pelo fluxo de ar que ele gera, logo morreria. O protótipo nunca voou. O Exército Vermelho tomou a fábrica da Henschel em Maio de 1945, aproveitando a tecnologia que apreenderam para utilizá-la na Guerra Fria.

Design[editar | editar código-fonte]

O piloto acomodava-se na cabine de vidro, que era exatamente o nariz da aeronave, garantindo ao piloto uma excelente visão do campo de batalha terrestre. Em outros aspectos estéticos, assemelhava-se ao Heinkel He 162 Volksjäger Salamander (caça monoposto a jato), com motor a jato na parte superior do avião, cauda com leme duplo, e asas emergentes localizadas na linha do motor. Os instrumentos eram colocados sob o piloto, e outros atrás, que apenas seriam visíveis através do uso de espelhos. A estrutura da cauda era feita de madeira. O principal alvo ainda era o tanque médio soviético T-34.

Características gerais[editar | editar código-fonte]

  • 7,2 metros de envergadura
  • 8,9 metros de comprimento
  • 3,0 metros de altura
  • Peso máximo: 3000 kg
  • Velocidade máxima: 780 km/h (vazio) e 700 km/h (carregado)
  • Autonomia de 680–1120 km
  • Teto de Serviço de até 10.500 metros
  • 1 Tripulante (piloto)

Características particulares[editar | editar código-fonte]

Versão A
  • 1 Motor BMW 003E-2, 500 kg de bombas e particularmente mais rápida em relação às outras, o ideal da Henschel seria que fosse tão rápido que jamais seria atingido por nenhuma bateria antiaérea.
Versão B
  • 1 Motor Junkers Jumo 004B com 500 kg de bombas + 2 X MG-151 de 20mm
Versão C
  • 1 Motor HeS 011a com 1000 kg de bombas + 2 X MG-151 de 20mm

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Bibliografia consultada
  • Green, William. Warplanes of the Third Reich. London: Macdonald and Jane's Publishers Ltd., 1970 (fourth impression 1979). ISBN 0-356-02382-6.
  • Smith, J.Richard and Kay, Anthony. German Aircraft of the Second World War. London: Putnam & Company Ltd., 1972 (third impression 1978). ISBN 0-370-00024-2.
  • Wood, Tony and Gunston, Bill. Hitler's Luftwaffe: A pictorial history and technical encyclopedia of Hitler's air power in World War II. London: Salamander Books Ltd., 1977. ISBN 0-86101-005-1.