Heptatlo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heptatlo
Heptatletas reunidas após a prova em Pequim 2008.
Olímpico desde Los Angeles 1984
Desporto Atletismo
Praticado por mulheres
Campeã olímpica
Mulheres Nafissatou Thiam
 Bélgica
Campeã mundial
Mulheres Nafissatou Thiam
 Bélgica

Heptatlo, do grego hepta (sete) e athlon (competição), é uma competição de atletismo com sete provas, tendo duas versões, uma feminina e outra masculina, esta apenas em pista coberta. A versão mais popular e a única disputada em Jogos Olímpicos e Campeonatos Mundiais ao ar livre é a feminina. Seu equivalente olímpico para os homens é o decatlo.

História[editar | editar código-fonte]

A modalidade ao ar livre foi introduzida no programa olímpico em Tóquio 1964 com o pentatlo. Este formato foi posteriormente expandido com a entrada dos 800 m e do lançamento de dardo e fez sua estreia em eventos globais em 1981, no Campeonato Asiático de Atletismo e na Universíade e depois no primeiro Campeonato Mundial de Atletismo, disputado em Helsinque, em 1983. A estreia olímpica se deu no ano seguinte, em Los Angeles 1984.[1]

A barreira dos 7000 pontos foi quebrada apenas nove vezes e por apenas três mulheres, a norte-americana Jackie Joyner-Kersee, que a rompeu seis vezes, a sueca Carolina Klüft e a russa Larisa Turchinskaya. Kersee é a recordista mundial e olímpica da prova, com os 7291 pontos conquistados em Seul 1988.[1] Nafissatou Thiam, da Bélgica, e Jessica Ennis, da Grã-Bretanha, são respectivamente as atuais campeãs olímpica e mundial. Uma das grandes tradições dos Jogos é a volta olímpica pela pista de atletismo de todas as competidoras juntas após o término dos extenuantes dois dias de prova.[2]

Heptatlo feminino[editar | editar código-fonte]

É a única modalidade olímpica disputada em estádios abertos. Consiste em dois dias de competições. No primeiro dia disputa-se, pela ordem, os 100 m com barreiras, salto em altura, arremesso de peso e 200 m rasos. No segundo ele é completado com o salto em distância, lançamento de dardo e os 800 m. A cada prova a atleta acumula um número determinado de pontos de acordo com seu aproveitamento e a vencedora é a que atinge o maior número de pontos somadas as sete modalidades ao final. [1]

O cálculo dos pontos da prova foi criado pelo matemático austríaco Dr Karl Ulbrich, que construiu uma fórmula em que, uma marca especificada, por exemplo, 1,82 m no salto em altura, vale um total de 1000 pontos e a partir daí, para cima ou para baixo, pontos são somados.[3] Cada evento também tem um grau mínimo de pontuação, por exemplo, 0,75 m no salto em altura, que vale zero pontos. As fórmula é concebida de modo a que sucessivos incrementos constantes no desempenho da atleta correspondem a um aumento gradual em incrementos de pontos atribuídos.

As modalidades são divididas em três grupos e os pontos são calculados por três fórmulas diferentes:[4]

Corridas – 110 m c/ barreiras, 200 m e 800 m:
Saltos – altura e distância:
Lançamentos – dardo e peso:

P é para pontos, T para tempo em segundos, M para altura ou distância em centímetros e D para distância em metros; a, b e c tem diferentes valores para cada um dos eventos. A tabela abaixo mostra os níveis de referência necessários para ganhar 1.000 pontos em cada prova do heptatlo feminino:

Evento Necessário para 1000 pts Unidades
100 m c/ barreiras
13.85
segundos
salto em altura
1,82 m
metros
Arremesso de peso
17,07 m
metros
200 m
23.80
segundos
salto em distância
6,48 m
metros
lançamento de dardo
57,18 m
metros
800 m
2:07.63
minutos

Heptatlo masculino[editar | editar código-fonte]

O heptatlo masculino é uma prova não-olímpica e realizado em pista coberta, sendo a prova combinada disputada no Campeonato Mundial de Atletismo em Pista Coberta. As primeiras quatro provas são realizadas no primeiro dia, pela ordem, 60 metros, salto em distância, arremesso de peso e salto em altura e as outras três no dia seguinte, 60 metros com barreiras, salto com vara e 1000 metros. Decatletas também costumam disputá-la no inverno e o recordista mundial e campeão olímpico do decatlo Ashton Eaton é bicampeão e recordista mundial desta modalidade em pista coberta.[5][6]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. De acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[7]

Recorde
Pontos
Atleta
País
Data
Local
Recorde mundial
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul
Recorde olímpico
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul 1988

Melhores marcas mundiais[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. As marcas abaixo são de acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[8][9]

Posição Pontos Atleta País Data Local
1
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul
2
7215
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
16 julho 1988
Indianápolis
3
7158
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
2 agosto 1986
Houston
4
7148
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
7 julho 1986
Moscou
5
7128
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
1 setembro 1987
Roma
6
7044
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
2 agosto 1992
Barcelona
7
7032
Carolina Klüft
Suécia
16 agosto 2007
Osaka
8
7007
Larisa Turchinskaya
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
11 junho 1989
Briansk
9
7001
Carolina Klüft
Suécia
24 agosto 2003
Paris
10
6985
Sabine Braun
Alemanha
31 maio 1992
Götzis

Melhores marcas olímpicas[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. As marcas abaixo são de acordo com o Comitê Olímpico Internacional – COI.[10]

Posição Pontos Atleta País Medalha Local
1
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
ouro
Seul 1988
2
7044
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
ouro
Barcelona 1992
3
6955
Jessica Ennis
Reino Unido
ouro
Londres 2012
4
6952
Carolina Klüft
Suécia
ouro
Atenas 2004
5
6897
Sabine John
Alemanha Oriental
prata
Seul 1988
6
6858
Anke Vater-Behmer
Alemanha Oriental
bronze
Seul 1988
7
6845
Irina Belova
Equipa Unificada nos Jogos Olímpicos
prata
Barcelona 1992
8
6810
Nafissatou Thiam
Bélgica
ouro
Rio 2016
9
6780
Ghada Shouaa
Síria
ouro
Atlanta 1996
10
6775
Jessica Ennis-Hill
Reino Unido
prata
Rio 2016

Marcas da lusofonia[editar | editar código-fonte]

País
Marca
Atleta
Ano
Local
Portugal
6230
Naide Gomes
2005
Logroño
[11]
Brasil
6160
Lucimara da Silva
2012
Barquisimeto
[12]
Angola
4842
Witney Barata
2012
Rio Maior
[13]

Referências

  1. a b c «Heptathlon». IAAF. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  2. «Heptatlo». atletx.com.br. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  3. «London 2012: Jessica Ennis leads heptathlon after first day». The Guardian. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  4. «"IAAF Scoring Tables for Combined Events"» (PDF). IAAF. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  5. «EATON TOTALS 6645 POINTS HEPTATHLON WORLD RECORD IN ISTANBUL!». IAAF. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  6. «REPORT: MEN'S HEPTATHLON 1000M – SOPOT 2014». IAAF. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  7. «COMBINED EVENTS - HEPTATHLON». IAAF. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  8. «All time best M». IAAF. Consultado em 7 de setembro de 2015 
  9. «All time best». IAAF. Consultado em 7 de setembro de 2015 
  10. «48 PAST OLYMPIC GAMES». OIC. Consultado em 24 de abril de 2013 
  11. «RECORDES DE PORTUGAL». FPA. Consultado em 1 de setembro de 2015 
  12. «Recordes». CBat. Consultado em 1 de setembro de 2015 
  13. «estatisticas». FAA. Consultado em 1 de setembro de 2015