Heptatlo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heptatlo
Heptatletas reunidas após a prova em Pequim 2008.
Olímpico desde Los Angeles 1984
Desporto Atletismo
Praticado por mulheres
Campeã olímpica
Mulheres Nafissatou Thiam
 Bélgica
Campeã mundial
Mulheres Jessica Ennis
 Grã-Bretanha

Heptatlo, do grego hepta (sete) e athlon (competição), é uma competição de atletismo com sete provas, tendo duas versões, uma feminina e outra masculina, esta apenas em pista coberta. A versão mais popular e a única disputada em Jogos Olímpicos e Campeonatos Mundiais ao ar livre é a feminina. Seu equivalente olímpico para os homens é o decatlo.

História[editar | editar código-fonte]

A modalidade ao ar livre foi introduzida no programa olímpico em Tóquio 1964 com o pentatlo. Este formato foi posteriormente expandido com a entrada dos 800 m e do lançamento de dardo e fez sua estreia em eventos globais em 1981, no Campeonato Asiático de Atletismo e na Universíade e depois no primeiro Campeonato Mundial de Atletismo, disputado em Helsinque, em 1983. A estreia olímpica se deu no ano seguinte, em Los Angeles 1984.[1]

A barreira dos 7000 pontos foi quebrada apenas nove vezes e por apenas três mulheres, a norte-americana Jackie Joyner-Kersee, que a rompeu seis vezes, a sueca Carolina Klüft e a russa Larisa Turchinskaya. Kersee é a recordista mundial e olímpica da prova, com os 7291 pontos conquistados em Seul 1988.[1] Nafissatou Thiam, da Bélgica, e Jessica Ennis, da Grã-Bretanha, são respectivamente as atuais campeãs olímpica e mundial. Uma das grandes tradições dos Jogos é a volta olímpica pela pista de atletismo de todas as competidoras juntas após o término dos extenuantes dois dias de prova.[2]

Heptatlo feminino[editar | editar código-fonte]

É a única modalidade olímpica disputada em estádios abertos. Consiste em dois dias de competições. No primeiro dia disputa-se, pela ordem, os 100 m com barreiras, salto em altura, arremesso de peso e 200 m rasos. No segundo ele é completado com o salto em distância, lançamento de dardo e os 800 m. A cada prova a atleta acumula um número determinado de pontos de acordo com seu aproveitamento e a vencedora é a que atinge o maior número de pontos somadas as sete modalidades ao final. [1]

O cálculo dos pontos da prova foi criado pelo matemático austríaco Dr Karl Ulbrich, que construiu uma fórmula em que, uma marca especificada, por exemplo, 1,82 m no salto em altura, vale um total de 1000 pontos e a partir daí, para cima ou para baixo, pontos são somados.[3] Cada evento também tem um grau mínimo de pontuação, por exemplo, 0,75 m no salto em altura, que vale zero pontos. As fórmula é concebida de modo a que sucessivos incrementos constantes no desempenho da atleta correspondem a um aumento gradual em incrementos de pontos atribuídos.

As modalidades são divididas em três grupos e os pontos são calculados por três fórmulas diferentes:[4]

Corridas – 110 m c/ barreiras, 200 m e 800 m:
Saltos – altura e distância:
Lançamentos – dardo e peso:

P é para pontos, T para tempo em segundos, M para altura ou distância em centímetros e D para distância em metros; a, b e c tem diferentes valores para cada um dos eventos. A tabela abaixo mostra os níveis de referência necessários para ganhar 1.000 pontos em cada prova do heptatlo feminino:

Evento Necessário para 1000 pts Unidades
100 m c/ barreiras
13.85
segundos
salto em altura
1,82 m
metros
Arremesso de peso
17,07 m
metros
200 m
23.80
segundos
salto em distância
6,48 m
metros
lançamento de dardo
57,18 m
metros
800 m
2:07.63
minutos

Heptatlo masculino[editar | editar código-fonte]

O heptatlo masculino é uma prova não-olímpica e realizado em pista coberta, sendo a prova combinada disputada no Campeonato Mundial de Atletismo em Pista Coberta. As primeiras quatro provas são realizadas no primeiro dia, pela ordem, 60 metros, salto em distância, arremesso de peso e salto em altura e as outras três no dia seguinte, 60 metros com barreiras, salto com vara e 1000 metros. Decatletas também costumam disputá-la no inverno e o recordista mundial e campeão olímpico do decatlo Ashton Eaton é bicampeão e recordista mundial desta modalidade em pista coberta.[5][6]

Recordes[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. De acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[7]

Recorde
Pontos
Atleta
País
Data
Local
Recorde mundial
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul
Recorde olímpico
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul 1988

Melhores marcas mundiais[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. As marcas abaixo são de acordo com a Federação Internacional de Atletismo – IAAF.[8][9]

Posição Pontos Atleta País Data Local
1
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
24 setembro 1988
Seul
2
7215
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
16 julho 1988
Indianápolis
3
7158
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
2 agosto 1986
Houston
4
7148
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
7 julho 1986
Moscou
5
7128
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
1 setembro 1987
Roma
6
7044
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
2 agosto 1992
Barcelona
7
7032
Carolina Klüft
Suécia
16 agosto 2007
Osaka
8
7007
Larisa Turchinskaya
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
11 junho 1989
Briansk
9
7001
Carolina Klüft
Suécia
24 agosto 2003
Paris
10
6985
Sabine Braun
Alemanha
31 maio 1992
Götzis

Melhores marcas olímpicas[editar | editar código-fonte]

Refere-se apenas ao heptatlo feminino, a prova olímpica. As marcas abaixo são de acordo com o Comitê Olímpico Internacional – COI.[10]

Posição Pontos Atleta País Medalha Local
1
7291
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
ouro
Seul 1988
2
7044
Jackie Joyner-Kersee
Estados Unidos
ouro
Barcelona 1992
3
6955
Jessica Ennis
Reino Unido
ouro
Londres 2012
4
6952
Carolina Klüft
Suécia
ouro
Atenas 2004
5
6897
Sabine John
Alemanha Oriental
prata
Seul 1988
6
6858
Anke Vater-Behmer
Alemanha Oriental
bronze
Seul 1988
7
6845
Irina Belova
Equipa Unificada nos Jogos Olímpicos
prata
Barcelona 1992
8
6810
Nafissatou Thiam
Bélgica
ouro
Rio 2016
9
6780
Ghada Shouaa
Síria
ouro
Atlanta 1996
10
6775
Jessica Ennis-Hill
Reino Unido
prata
Rio 2016

Marcas da lusofonia[editar | editar código-fonte]

País
Marca
Atleta
Ano
Local
Portugal
6230
Naide Gomes
2005
Logroño
[11]
Brasil
6160
Lucimara da Silva
2012
Barquisimeto
[12]
Angola
4842
Witney Barata
2012
Rio Maior
[13]

Referências

  1. a b c «Heptathlon». IAAF. Consultado em 9 September 2015. 
  2. «Heptatlo». atletx.com.br. Consultado em 9 September 2015. 
  3. «London 2012: Jessica Ennis leads heptathlon after first day». The Guardian. Consultado em 9 September 2015. 
  4. «"IAAF Scoring Tables for Combined Events"» (PDF). IAAF. Consultado em 9 September 2015. 
  5. «EATON TOTALS 6645 POINTS HEPTATHLON WORLD RECORD IN ISTANBUL!». IAAF. Consultado em 9 September 2015. 
  6. «REPORT: MEN’S HEPTATHLON 1000M – SOPOT 2014». IAAF. Consultado em 9 September 2015. 
  7. «COMBINED EVENTS - HEPTATHLON». IAAF. Consultado em 9 September 2015. 
  8. «All time best M». IAAF. Consultado em 7 September 2015. 
  9. «All time best». IAAF. Consultado em 7 September 2015. 
  10. «48 PAST OLYMPIC GAMES». OIC. Consultado em 24/04/2013. 
  11. «RECORDES DE PORTUGAL». FPA. Consultado em 1 September 2015. 
  12. «Recordes». CBat. Consultado em 1 September 2015. 
  13. «estatisticas». FAA. Consultado em 1 September 2015.