Herbert Eugene Ives

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Herbert Eugene Ives
Física
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 21 de julho de 1882
Local Filadélfia
Morte 13 de novembro de 1953 (71 anos)
Atividade
Campo(s) Física
Prêmio(s) Medalha Frederic Ives (1937)

Herbert Eugene Ives (Filadélfia, 21 de julho de 188213 de novembro de 1953) foi um cientista físico norte americano. Realizou importantes trabalhos de telefotografia elétrica. Em 1924, conseguiu transmitir imagens pelo fio telefônico, que foi provavelmente a primeira experiência do gênero.[1] Em 1927, promoveu uma demonstração de seu invento.[1] Parece ter sido a primeira exibição pública de televisão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Herbert Ives estudou na Universidade da Pensilvânia e na Universidade Johns Hopkins, onde se graduou em 1908. Em 1920, enquanto servia na reserva do Exército escreveu um livro sobre fotografia aérea.[2] Era também um entusiastico coleccionador de moedas, sendo president da American Numismatic Society. Foi presidente da Optical Society of America de 1924 a 1925 e recebeu a Medalha Frederic Ives em 1937.[3]

Como o seu pai, Frederic Eugene Ives, Herbert era perito em fotografia a cores. Em 1924 transmitiu e reconstruiu o primeiro fac-símile a cores. Em 1927 apresentou uma televisão de 185 linhas de longa distância, transmitindo a imagem do então Secretário do Comércio Herbert Hoover da 3XN, estação experimental da AT&T, em Whippanny, Nova Jersey.

Na década de 1940, Ives expressou a sua oposição a Teoria da Relatividade de Einstein, argumentando que a derivação feita por Einstein da relação massa-energia era inválida.[4] Ives expressou em muitas das suas obras que as suposições de relatividade especial estavam erradas[carece de fontes?], argumentando também contra aquilo que considerava ""as indeterminações e impotências pelas quais a teoria restrita da relatividade foi publicada".[5]

Harry Truman, presidente dos Estados Unidos, condecorou Ives com uma "Medal of Merit" em 1948 pelo seu trabalho em tempo de guerra na área da comunicação óptica.[4]

Referências

  1. a b Os editores. Dicionário Prático de Biografias. Editora Amazonas Ltda, Vol 2. Pag.157, 1979.
  2. Herbert E. Ives. Airplane Photography (em Inglês). Philadelphia: J. B. Lippincott, 1920.
  3. "Past Presidents of the Optical Society of America", Optical Society of America.
  4. a b Dean Turner and Richard Hazelett, eds., The Einstein Myth and the Ives Papers: A Counter-Revolution in Physics, Pasadena: Hope Publishing (1979).
  5. H. Ives, "Derivation of the Lorentz Transformations", Phil. Mag. 7, vol.39, 1945 p.392

Ligações externas[editar | editar código-fonte]