Hertha Berliner Sport-Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hertha BSC
Hertha BSC Logo 2012.svg
Nome Hertha Berliner Sport-Club
Alcunhas Alte Dame (Velha Senhora)
Mascote Herthinho (Urso)
Principal rival Union Berlin
Fundação 25 de julho de 1892 (128 anos)
Estádio Olímpico de Berlim
Capacidade 80.475 pessoas
Localização Berlim, Alemanha
Presidente Alemanha Werner Gegenbauer
Treinador Alemanha Bruno Labbadia
Patrocinador Alemanha Transfermarkt
Material (d)esportivo Estados Unidos Nike
Competição Bundesliga
Copa da Alemanha
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Hertha Berliner Sport-Club é uma agremiação esportiva alemã, fundada a 25 de julho de 1892, sediada em Berlim, no distrito de Charlottenburg-Wilmersdorf.

História[editar | editar código-fonte]

Estreia[editar | editar código-fonte]

O navio Hertha

O clube foi criado como BFC Hertha 92 por Fritz e Max Linder e Otto e Willi Lorenz no bairro popular Gesundbrunnen. Adotou o nome de um navio a vapor sob o qual havia viajado Fritz Linder durante uma excursão com seu pai e adotou logo as cores branca e azul. O Hertha iniciou sua trajetória com ótimos resultados, vencendo em 1905 a final do Campeonato de Berlin. Em 1920, se unificou com o BSC Berlin para formar o 'Hertha Berliner Sport Club. O clube continuou com bons resultados chegando a seis finais consecutivas do Campeonato Alemão, de 1926 a 1931, mas obteve o título somente em 1930 e 1931. Nesses anos nasceu a rivalidade com o Tennis Borussia Berlin, o clube preferido da boemia berlinense.[1]

Sob o Terceiro Reich[editar | editar código-fonte]

O Campeonato Alemão foi reorganizado sob o regime do Terceiro Reich, em 1933, tendo o Hertha se inscrito na Gauliga Berlin-Brandenburg. O clube continuou a obter êxito participando do grupo final do campeonato como Berliner Meister, em 1935, em 1937 e 1944.

Depois da guerra[editar | editar código-fonte]

Após a Segunda Guerra Mundial a ocupação dos aliados eliminou de Berlin o futebol. O Hertha foi reconstituído, em 1945, como SG Gesundbrunnen e voltou a jogar na Oberliga Berlin, Grupo "C". Muitos clubes, porém, foram excluídos do campeonato, entre os quais, o Hertha que voltou a atuar na Amateurliga Berlin. Ao fim de 1949, voltou a se chamar Hertha BSC Berlin e voltou às categorias importantes. As tensões entre os aliados ocidentais e os russos logo tornaram impossível a vida na capital e ao Hertha foi negada a possibilidade de jogar com os times da Alemanha Oriental. Em 1950, a equipe participou da Oberliga de Berlin-Ovest, quando continuou a importante rivalidade com o Tennis Borussia Berlin.

A Ostkurve no Estádio Olímpico.

Bundesliga[editar | editar código-fonte]

A Bundesliga nasceu em 1963, quando o Hertha era o então campeão de Berlin. Assim o clube entrou direto na nova categoria. A construção do Muro de Berlin criou muitos problemas para a equipe que permaneceu excluída do campeonato na temporada 1968-1969. O Hertha acabou envolvido em um escândalo, em 1971 por conta de pesados débitos. Após grandes esforços, os dirigentes resolveram a situação, e na temporada 1974-1975 terminou o campeonato no segundo lugar e ainda chegou à semifinal da Copa da Uefa, em 1979. Perdeu em 1977, e em 1979, a final da Copa da Alemanha. Em 1980, o time, porém, foi rebaixado à segunda divisão. Voltaria ainda por duas temporadas à Amateur Oberliga Berlin, em 1986-1987 e 1987-1988. Em 1994, estava com 10 milhões em débitos. Resolvida a questão financeira, em 1997, o Hertha voltou à Bundesliga.

Pál Dárdai

A partir de 1999 a agremiação disputou temporadas positivas, conseguindo se qualificar para a Copa da Uefa e, em algumas ocasiões, para a UEFA Champions League, graças a uma política societária que desfrutou plenamente das categorias de base e lançou talentos como Sebastian Deisler e Marcelinho Paraíba, nomeado jogador do ano, na Alemanha, em 2005.

Na temporada 2003-2004, em virtude de uma grande reformulação, saiu da zona de rebaixamento e concluiu o torneio no quarto lugar, faltando a qualificação para a Champions League por causa de um empate na última rodada contra o Hannover 96. Na temporada 2005-2006, o clube ficou em sexto e se qualificou para a Copa da Uefa, vencendo ainda a Copa Intertoto, batendo na decisão o FC Moscou. Na temporada seguinte ficou em décimo, mesma colocação em 2007-2008 sob o comando técnico de Lucien Favre. Apesar da apresentação, o clube se classificou para a Copa Intertoto graças à vitória na graduatória Uefa do fair-play. Em 2008-2009 a equipe se apresentou muito bem. O time esteve na corrida pelo título até a penúltima rodada e terminou o torneio em quarto lugar. Na temporada seguinte, contudo, fez uma campanha decepcionante e acabou rebaixado para a 2. Bundesliga, após treze anos. Na temporada 2010-2011, o time retornou à Bundesliga ao vencer a segunda divisão.

Na temporada 2011-2012, após ficar em 17° lugar na Bundesliga, disputou uma repescagem contra o 3° colocado da 2. Bundesliga, o Fortuna Düsseldorf, perdendo a primeira partida em casa por 2 a 1 e empatando a segunda fora por 2 a 2, voltando à segunda divisão, ganhando-a novamente na Temporada 2012-2013, qualificando-se para a elite do futebol alemão.

Dados históricos[editar | editar código-fonte]

  • O clube foi um dos fundadores da Federação de Futebol da Alemanha (Deutscher FußballBund), em Leipzig, em 1900.
  • Em 1993, a equipe diletantística, o Hertha Berlin II chegou inesperadamente à final da Copa da Alemanha na qual foi derrotada somente por 1 a 0 pelo Bayer Leverkusen.
  • Hertha é a variação de Nerthus, nome de uma deusa germânica da fertilidade.

Cronologia recente[editar | editar código-fonte]

Ano Campeonato Classificação
1997-98 Bundesliga 11°
1998-99 Bundesliga
1999-00 Bundesliga (I)
2000-01 Bundesliga
2001-02 Bundesliga
2002-03 Bundesliga
2003-04 Bundesliga 12°
2004-05 Bundesliga
2005-06 Bundesliga
2006–07 Bundesliga 10°
2007–08 Bundesliga 10°
2008–09 Bundesliga
2009–10 Bundesliga 18° ↓
2010–11 2. Bundesliga 1° ↑
2011–12 1. Bundesliga 17° ↓
2012–13 2. Bundesliga 1° ↑
2013-14 Bundesliga 11°
2014-15 Bundesliga 15°
2015-16 Bundesliga
2016-17 Bundesliga
2017-18 Bundesliga 10º

Estádio[editar | editar código-fonte]

O Hertha BSC atua no Estádio Olímpico de Berlin (Olympiastadion). É o segundo estádio maior da Alemanha, o qual possui capacidade para 76.243 lugares. A arena hospeda a final anual da Copa da Alemanha e já abrigou a final da Copa do Mundo, em 2006. Até a temporada de 1962-1963, o clube jogava no seu campo histórico Plumpe, que foi demolido nos anos 1970. O estádio foi reformado em 2004 por conta do evento mundial futebolístico ocorrido dois anos depois na Alemanha. O custo ficou em torno de 242 milhões de euros.


Panorama do Olympiastadion

Títulos[editar | editar código-fonte]

Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Meisterschale.png
Bundesliga 2 1930, 1931
Flag of Germany.svg Premier Ligapokal
2 2001, 2002
Flag of Germany.svg 2. Bundesliga 3 1989, 2010, 2012

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Germany.svg Campeonato Alemão Sub-17
2000, 2003, 2005
  • Flag of Germany.svg Campeonato Alemão Sub-19 Nord/Nordest
2005, 2006
  • Flag of Germany.svg Campeonato Alemão Sub-17 Nord/Nordest
2008

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Germany.svg Vice campeonato alemão: 1926, 1927, 1928, 1929, 1975.
  • Flag of Germany.svg Vice campeão da Copa da Alemanha: 1977, 1979, 1993.
  • Flag of Germany.svg Vice campeão da Copa da Liga: 2000.
  • Flag of Germany.svg Vice campeão da 2.Bundesliga: 1982.

{{Elenco de Futebol

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 19 de setembro de 2020.

Elenco atual do Hertha Berliner Sport-Club[2]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G Alemanha Alexander Schwolow 13 LD Alemanha Lukas Klünter 25 Z Alemanha Jordan Torunarigha
2 LD Eslovénia Peter Pekarík 14 Z Paraguai Omar Alderete 27 A Alemanha Jessic Ngankam
5 Z Alemanha Niklas Stark 15 A Colômbia Jhon Córdoba 29 V França Lucas Tousart
6 V República Checa Vladimír Darida 16 M Países Baixos Javairo Dilrosun 31 Z Alemanha Márton Dárdai
7 A Austrália Mathew Leckie 17 LE Alemanha Maximilian Mittelstädt 32 LE Alemanha Luca Netz
8 V França Mattéo Guendouzi 18 V Argentina Santiago Ascacíbar 33 A Países Baixos Daishawn Redan
9 A Polónia Krzysztof Piątek 20 Z BélgicaDedryck Boyata 42 LD Países Baixos Deyovaisio Zeefuik
10 A Brasil Matheus Cunha 21 LE Alemanha Marvin Plattenhardt Capitão
11 A Bélgica Dodi Lukebakio 22 G Noruega Rune Jarstein
12 G Alemanha Nils-Jonathan Körber 23 V Alemanha Eduard Löwen

Técnico: Alemanha Bruno Labbadia


Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil na Soccerway». Consultado em 27 de agosto de 2015 
  2. «First team» (em inglês). Site oficial do Hertha Berliner Sport-Club. Consultado em 31 de janeiro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]