Herval

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Herval (desambiguação).
Herval
  Município do Brasil  
Do topo para baixo e da esquerda para direita: Vista a partir da região central da cidade; Praça Marquês do Herval; Zona Rural do Município.
Símbolos
Bandeira de Herval
Bandeira
Brasão de armas de Herval
Brasão de armas
Hino
Gentílico hervalense
Localização
Localização de Herval no Rio Grande do Sul
Localização de Herval no Rio Grande do Sul
Herval está localizado em: Brasil
Herval
Localização de Herval no Brasil
Mapa de Herval
Coordenadas 32° 01' 26" S 53° 23' 45" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Municípios limítrofes Arroio Grande, Jaguarão, Pedras Altas, Pedro Osório, Pinheiro Machado, Piratini e Melo Uruguai
Distância até a capital 302,4 km
História
Fundação 20 de maio de 1881 (141 anos)
Administração
Prefeito(a) Ildo Salaberry (Progressistas, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 1 758,412 km²
População total (est. IBGE/2021[2]) 6 807 hab.
Densidade 3,9 hab./km²
Clima temperado (Cfa)
Altitude 287 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,687 médio
PIB (IBGE/2019[4]) R$ 140 018 mil
PIB per capita (IBGE/2019[4]) R$ 20 528

Herval[nota 1][nota 2] é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. O nome é uma referência à grande quantidade de ervais nativos existentes na região.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1777 Espanha e Portugal firmaram um tratado (Tratado de Santo Ildefonso (1777), "Tratado Preliminar de Paz, e de Limites, na America Meridional..."), destinado a demarcar os limites entre as possessões de um e outro. Por este tratado, o rio Piratini e seu afluente arroio Basílio limitariam as possessões dos dois países. Sendo este arroio o limite norte do atual município de Herval, ficava o mesmo, portanto, pelo tratado de 1777, sob o domínio espanhol. Porém, Rafael Pinto Bandeira, que ficara encarregado de guarnecer a fronteira estipulada pelos demarcadores, insistiu em fazer avançar até o rio Jaguarão o domínio lusitano. Com esse objetivo, em meados de 1791, na margem direita do Arroio do Herval, inicia a construção de uma igreja, um quartel e um quadro de trincheiras. Aí estava, em pleno domínio adversário, o que seria o núcleo da atual cidade de Herval. Em meio a algumas escaramuças que esporadicamente ocorriam, o povoado foi crescendo[6].

O município foi emancipado de Jaguarão em 20 de maio de 1881, com cerca de 6 mil habitantes. Observou uma ascensão populacional no início do século XX, chegando à beira dos 10 mil habitantes. No entanto, através de fenômenos como a estagnação econômica da metade sul do estado, os movimentos migratórios e o êxodo rural, viu sua população reduzir e estagnar na faixa dos 7 mil, apesar de possuir praticamente a mesma área territorial da época de sua emancipação.

O único desmembramento da história da cidade foi na década de 90, quando perdeu uma pequena parte de sua zona rural no extremo oeste do município na fundação da cidade de Pedras Altas[7].

Variação demográfica do município entre 1890 e 2010
Fonte: DGE (1890-1920)[8][9]; IBGE (1940-atual)


Geografia[editar | editar código-fonte]

A sede urbana se localiza a uma latitude 32º01'25" sul e a uma longitude 53º23'44" oeste, estando a uma altitude de 287 metros. Possui uma área de 2798,3 km². O município é dividido em 7 distritos, em divisão territorial datada de 2001: Basílio, Bote, Cerro Chato, Coxilha do Lageado, Herval (sede urbana), Jaguarão Chico e Mingote[6]. Segundo o Censo demográfico do Brasil de 2022, cerca de metade da população do município vivia na zona urbana e a outra metade na zona rural[10].

Turismo[editar | editar código-fonte]

Atualmente as festas mais importantes da cidade são a Fejunahe (Festa Junina de Herval), que ocorre na semana de 24 de junho, em comemoração ao Padroeiro da cidade, São João Batista, bem como o Rodeio Internacional de Herval, que ocorre na semana do dia 18 de janeiro, juntamente à comemoração do aniversário da cidade, organizado pelo Centro de Tradições Gaúchas - CTG Minuano com o apoio da Prefeitura Municipal de Herval. Também, nos meses de março é realizada a Confraternização do Moto Grupo Unidos pela Máquina.

Figuras importantes[editar | editar código-fonte]

Tal artigo leva em consideração apenas os nascidos hervalenses, que possuem página no Wikipedia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. O nome do município também aparece como "Herval do Sul" em documentos oficiais.[5]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Estimativas da População». Consultado em 22 de julho de 2022 
  3. «IDHM Municípios 2010». PNUD Brasil. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. 2013. Consultado em 27 de outubro de 2020 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Ofício dos Registros Públicos da Comarca de Herval, [1]
  6. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. «O histórico de Herval» (PDF). Consultado em 7 de fevereiro de 2012. Arquivado do original (PDF) em 10 de dezembro de 2017 
  7. «Lei 10.760: Cria o município de Pedras Altas» (PDF). 16 de abril de 1996. Consultado em 15 de dezembro de 2022  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  8. Directoria Geral de Estatística (1898). Synopse do recenseamento de 31 de dezembro de 1890 (PDF). Rio de Janeiro: Officina da Estatistica. p. 105 
  9. Synopse do recenseamento de 31 de dezembro de 1900 (PDF). Rio de Janeiro: Typ. da Estatistica. 1905. p. 85  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda)
  10. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. «enso Demográfico 2000». Consultado em 7 de fevereiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]