Hetepsekhemui

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2011)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Hetepsekhemui é o nome de hórus do primeiro rei da II dinastia egípcia e significa "os dois poderes estão em paz".

Manetão atribui-lhe um reinado de trinta e oito anos, o que não pode ser comprovado dada à falta de informações sobre este rei. A maior parte dos investigadores modernos considera mais provável um reinado de quinze ou de vinte e cinco anos. Jürgen von Beckerath situa o seu reinado entre 2828-2800 a.C., enquanto que para Jaromir Malek ele teria governado entre 2793-2765 a.C.

Não se sabe que relação este monarca tinha como Kaa, o último soberano da I dinastia. Pode ter sido o seu filho ou ter casado com uma filha sua de modo a assegurar a legitimidade real. O que se sabe é que Hetepsekhemui conclui o túmulo do seu antecessor em Abido devido à descoberto de selos com o seu nome no túmulo de Kaa.

O nome de Hórus deste rei (o mais importante dos nomes da titulatura real egípcia nesta época) pode aludir a uma tentativa de pacificação entre o Alto Egipto e o Baixo Egipto, regiões que se tinham estado envolvidas em conflitos. Os "dois poderes" referidos seriam o deuses Set e Hórus, deuses padroeiros de cada uma das regiões.

Segundo Manetão, durante o reinado de Hetepsekhemui verificou-se um sismo na cidade de Bubástis, que abriu uma fenda na terra.

Hetepsekhemui abandonou Abido como necrópole real, optando por Sakara, a necrópole real da cidade de Mênfis. Do seu túmulo, descoberto em 1902 por Barsanti, conhece-se apenas a parte subterrânea, composta por uma série de galerias escavadas na rocha (desconhece-se se existiu uma estrutura superior).

Precedido por
Kaa
Faraó
2926 a.C. - 2888 a.C.
Sucedido por
Nebré

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SHAW, Ian - The Oxford History of Ancient Egypt. Oxford University Press, 2002. ISBN 0192802933.
Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.