Hideous Kinky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.


Hideous Kinky
O Expresso de Marrakesh[1] (BR)
 Reino Unido,  França
1998 •  cor •  98 min 
Direção Gillies MacKinnon
Roteiro Billy MacKinnon
Elenco Kate Winslet
Saïd Taghmaoui
Gênero drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Hideous Kinky é um filme de longa-metragem franco-britânico de 1998, do gênero drama, dirigido por Gillies MacKinnon. O filme foi baseado no romance homônimo de Esther Freud.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Com duas filhas de cinco e sete anos a tiracolo, a jovem Júlia (Kate Winslet) decide fazer o caminho de muitos "pensadores livres" de sua época e parte de uma maçante vida em Londres para a incerteza e a busca por aventura, paixão e algum brilho em Marrocos do começo da década de 70. Sob o efeito dos ecos do movimento hippie, Júlia adota a exótica Marrakesh como lar de sua jornada. Contada pela ótica quase biográfica de Bea, a mais jovem das filhas de Júlia, O expresso de Marrakesh é um drama baseado no romance de Esther Freud, bisneta de Sigmund Freud, ela também é filha de hippies na década de 70.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia tem o portal: