Hidreto de lítio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hidreto de lítio
Alerta sobre risco à saúde
Lithium-hydride-3D-vdW.png
Identificadores
Número CAS 7580-67-8
Propriedades
Fórmula molecular LiH
Massa molar 7.95 g mol−1
Aparência sólido incolor a cinza
Densidade 0.82 g cm−1,[1] sólido
Ponto de fusão

692 °C[2]

Solubilidade em água Reage
Riscos associados
Classificação UE inflamável (F)
Compostos relacionados
Outros catiões/cátions hidreto de sódio, hidreto de potássio
Compostos relacionados boroidreto de lítio, hidreto de alumínio e lítio
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Hidreto de lítio (LiH) é o composto químico de lítio e hidrogênio. É um sólido incolor cristalino, entretanto algumas vezes apresenta-se no comércio como cinza.

Síntese[editar | editar código-fonte]

É produzido pela reação do lítio metálico com o gás hidrogênio à temperaturas de 600 a 700 °C:

\mathrm{2 \ Li + H_2 \ \xrightarrow{600-700^{\circ}C} \ 2 \ LiH}

Propriedades[editar | editar código-fonte]

Propriedades físicas[editar | editar código-fonte]

Como característico de um sal do tipo hidreto, tem um alto ponto de fusão (689 °C ou 1272 °F). Sua densidade é de 780 kg/m³ (0,78 g/mL). Tem uma capacidade térmica padrão de 29.73 J/mol*K com condutividade térmica que varia com a composição e pressão (de 10 até 5 W/m*K at 400 K) e decresce com a temperatura.

Propriedades químicas[editar | editar código-fonte]

Hidreto de lítio é inflamável:[3]

\mathrm{2 \ LiH + O_2 \longrightarrow 2 \ LiOH}

É um sólido inflamável e muito reativo com a água, produzindo o composto corrosivo hidróxido de lítio assim como o hidrogênio.

\mathrm{LiH + H_2O \longrightarrow LiOH + H_2}

Além de reagir com água, reage com ácidos e bases:

\mathrm{LiH + HCl \longrightarrow LiCl + H_2}
\mathrm{LiH + NaOH \longrightarrow LiNaO + H_2}

Reduz e/ou hidrogena compostos orgânicos como formaldeído (metanal) a metanol:

\mathrm{CH_2O + LiH + H_2O \longrightarrow CH_3OH + LiOH}

Usos[editar | editar código-fonte]

LiH tem numerosos usos, como um dessecante, como precursor da síntese do hidreto de alumínio e lítio, em geradores de hidrogênio, assim como um refrigerante e "escudo" para radiações em reatores nucleares e na fabricação de cerâmicas. LiH tem o mais alto conteúdo de hidrogênio de qualquer hidreto salino. O conteúdo de hidrogênio do LiH é três vezes o do NaH, porque o lítio é mais leve que o sódio e outros metais.

O deutereto de lítio, de fórmula LiD, é o material do qual é feito o recipiente que contém o combustível de fusão nuclear em armas termonucleares. Em ogiva de bombas termonucleares do design Teller-Ulam, com a energia recebida pela explosão de uma fissão primária o recipiente de LiD comprime-se provocando um súbito aumento de pressão e temperatura no hidrogênio de seu interior, até que se atinjam as condições do critério de Lawson e a fusão dos núcleos de hidrogênio ocorre. O deutereto de lítio, diferentemente do composto de trítio, não é radioativo.

Segurança[editar | editar código-fonte]

Como discutido acima, o LiH reage violentamente com água formando gás hidrogênio e LiOH, que é alcalino. Consequentemente, a fumaça do LiH pode explodir no ar úmido, ou até mesmo no ar seco devido à eletricidade estática. Em concentrações de 5–55 mg/m3 no ar a fumaça é extremamente irritante à pele e às membranas mucosas e pode causar uma reação alérgica. Devido à irritação, o LiH normalmente é eliminado do corpo ao invés de se acumular nele.[4] [5]

Alguns sais de lítio, que podem ser produzidos através de reações com o LiH, são tóxicos. Chamas provocadas pelo LiH não devem ser apagadas usando extintores de dióxido de carbono, tetracloreto de carbono ou água, sendo melhor abafar as chamas cobrindo-as com um objeto metálico, grafite ou dolomita em pó. O uso de areia neste caso não é apropriado, pois ela pode explodir quando misturada com LiH em chamas, principalmente se não estiver seca. Normalmente o LiH é transportado em óleo, usando containers feitos de cerâmica, certos tipos de plástico ou aço, e é manipulado em atmosferas de argônio seco ou hélio.[6] O nitrogênio também pode ser usado, mas não a altas temperaturas senão reagirá com o lítio. [5] O LiH costuma conter um pouco de lítio metálico, que corrói containers de aço ou sílica a altas temperaturas. [7]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Compostos relacionados[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Erro de citação: existem marcas <ref>, mas falta adicionar a predefinição {{referências}} no final da página