Hidroformilação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A hidroformilação (chamada também "processo oxo" ou "oxo síntese") é a reação que resulta em um aldeído, a partir de um alqueno, monóxido de carbono e hidrogênio.[1] O processo consiste na ruptura da própria ligação por ataque nucleófilo ao átomo de carbono do monóxido e pelo acréscimo de um átomo de hidrogênio. A reação em geral é conduzida a alta pressão (10 - 100 atm) em presença de catalisador metálico (em geral ródio, rutênio, cobalto, platina) ou seus complexos. A temperatura de reação se situa em torno de 40 a 300°C.[2]

Hidroformilação

A hidroformilação é um importante processo industrial, enquanto permite a formação de uma nova ligação carbono-carbono facilmente convertível em outros grupos funcionais, o que a faz um importante passo intermediário em processos de múltiplos passos.

Referências

  1. Ojima, I.; Tsai, C.-Y.; Tzamarioudaki, M.; Bonafoux, D. Org. React. 2000, 56, 1. doi:10.1002/0471264180.or056.01
  2. Pino, P.; Botteghi, C. (1977). «Aldehydes from olefins: cyclohexanecarboxaldehyde». Organic Syntheses. 57: 11. doi:10.15227/orgsyn.057.0011