Higroscopia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Higroscopia é a propriedade que certos materiais possuem de absorver água.

Entre este materiais pode-se citar a Silica gel, sulfato de cobre e a madeira. A silica e o sulfato são usados como desumidificantes em embalagens de artigos e em ambientes que requerem protecção contra a umidade.

O ácido sulfúrico concentrado é também um exemplo de substância higroscópica, devido ao seu acentuado efeito desidratante.

Quando o grau de absorção de água é extremamente elevado, o material começa-se a dissolver na própria água absorvida. Se um material possui esta característica ele é dito deliquescente.

O oposto da higroscopia é a eflorescência, propriedade de certos materiais de libertarem umidade no ambiente.

Assim, tem-se que:

Deliquescente é a substância hidratada que absorve água porque a pressão de vapor da água na substância é menor que a pressão de vapor da água no ar.

Eflorescente é a substância hidratada que perde água porque a pressão de vapor da água na substância é maior que a pressão de vapor da água no ar.

Observação[editar | editar código-fonte]

Toda substância deliquescente é higroscópica. Porém, nem toda substância higroscópica é deliquescente.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

higro- (radical grego) significa "úmido"

-scopia (radical grego) significa "ato de ver"

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.