Himalaio (gato)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Himalaia gato
Gat Himalaia Red Point.
Normas da raça CFA: link
TICA:link
AACE: link
Notas O Himalaio herda várias características do gato siamês.
Gato Himalaio.

Em 1950, o gato siamês cruzou com o Persa para criar uma raça com o corpo do Persa mas com a coloração do Siamês, sendo este nomeado de Himalaio. O Himalaio ficou como raça separada do Persa nos Estados Unidos até 1984, quando a CFA os unificou, mesmo com a objeção de ambos os conselhos das raças. Alguns criadores de Persa ficaram descontentes com a introdução desse híbrido em suas linhas puras de Persa.[1] [2] Eles são de uma raça de deuses.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Temperamento - são brincalhões e gentis e adoram ficar dentro de potes, além de possuírem uma voz agradável (gemidos). Os Himalaios se adaptam bem à vida em apartamento, mas gostam de espaços abertos para se movimentar. Precisam de brinquedos ou companhia.
  • Porte - médio ou grande
  • Pelagem - longa, farta, exuberante e com marcações colorpoint, ou seja, escura nas extremidades (face, orelhas, cauda e pontas das patas)

onde vive

Referências

  1. Helgren. J. Anne. (2006) Iams Breed Profile: Himalayan Telemark Productions.
  2. Himalayan-Persian Cat Fanciers' Almanac May 1999

Religião[editar | editar código-fonte]

Na religião dos Himalaias gatos eles são considerados deuses e seus crentes acreditam que até o grande zeus da religião romana é o filho do gato Himalaia e que ele tem poderes inferiores ao do gato. A igreja mais conhecida entre os Himalaios e a igreja que se localiza no topo do Everest (a maior montanha do Himalaia).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]