Hino Português

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
O inicio de Adeste Fideles.

Hino Português é um dos nomes pelo qual é conhecida a famosa composição natalícia "Adeste Fideles" de autoria incerta.[1]

História do tema[editar | editar código-fonte]

Ao tema natalício Adeste fideles foi dado o nome de Portuguese Hymn (ou Hino Português) em várias publicações inglesas, uma vez que esta composição era cantada na capela da Embaixada de Portugal em Londres, que até à legalização do culto católico na Inglaterra, com a promulgação da Acta de Ajuda Católica de 1829, era um dos únicos locais em que ele podia ser celebrado em território britânico. Vincent Novello (1781–1861), que foi, a partir de 1797, Mestre de Capela e Organista da Capela Portuguesa, publicou em 1811 uma colectânea intitulada "A Collection of Sacred Music, as Performed at the Royal Portuguese Chapel in London" que teve depois grande influência na constituição de um repertório católico inglês, e como “Adeste fideles” estava nela incluído passou a ser conhecido como o Hino Português e assim se foi divulgando no mundo católico internacional. Mais tarde seria incluído, numa versão “pseudo-gregoriana”, no próprio Liber Usualis editado na sequência da reforma litúrgica do Papa Pio X, no início do século XX. O hino é também frequentemente atribuido, principalmente em paises anglo-saxões, a John Francis Wade, por que as cópias mais antigas indicam seu nome, mesmo que a autoria permaneça incerta.

Referências

  1. FULD, James J.; The Book of World-famous Music: Classical, Popular, and Folk. New York: Crown Publishers, Inc. (1966).

Ver também[editar | editar código-fonte]