Hino do Distrito Federal (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hino de Brasília)
Ir para: navegação, pesquisa
Hino do Distrito Federal

Hino do  Distrito Federal
Letra Geir Nuffer Campos
Composição Neusa Pinho França Almeida
Adotado 1961
Texto original (Wikisource)
Wikisource-logo.svg Hino do Distrito Federal

O Hino do Distrito Federal e de Brasília tem letra de Geir Nuffer Campos e música de Neusa Pinho França Almeida. Foi oficializado pelo Decreto nº 51.000, de 19 de julho de 1961, assinado por João Goulart, após passar pelo crivo de uma comissão especial do então Ministério da Educação e da Cultura.

História[editar | editar código-fonte]

Em 8 de abril de 1960, o primeiro colégio de Brasília, Caseb, recebia cinquenta e nove professores de todo o país. Entre eles, estava a pianista e professora de música Neusa França, que resolveu compor um hino para a cidade. A letra de Geir Nuffer foi adicionada meses depois.

A primeira apresentação ocorreu em 16 de maio de 1960, na inauguração do Caseb, na presença do então presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek.

Letra[editar | editar código-fonte]

Estribilho
Todo o Brasil vibrou
E nova luz brilhou
Quando Brasília fez maior a sua glória!

Com esperança e fé
Era o gigante em pé
Vendo raiar outra Alvorada em sua História!

I
Com Brasília no coração
Epopeia surgiu do chão
O candango sorri feliz
Símbolo da força de um país

(Estribilho)

II
Capital de um Brasil audaz
Bom na luta, melhor na paz
Salve o povo que assim te quis
Símbolo da força de um país!

(Estribilho)

Registro fonográfico[editar | editar código-fonte]

O primeiro registro fonográfico do Hino de Brasília foi tardio. Com a repressão do Governo Militar, ações culturais e intelectuais de alguns grupos ou indivíduos eram inviáveis. Em K7, a gravação, feita em 1986, se deu pela Orquestra Sinfônia do Teatro Nacional de Brasília, sob a regência de seu fundador, maestro Cláudio Santoro. Uma das integrantes era a própria compositora, Neusa França.

Em 1990, reuniu-se, em uma homenagem, trinta composições sobre a capital. A gravação, sob a regência de Silvio Barbato, no formato de LP. Oito anos depois, o Hino de Brasília era gravado em CD, com o apoio de deputados da Câmara Legislativa do Distrito Federal.

Hino não-oficial[editar | editar código-fonte]

Há um hino não-oficial em homenagem à Brasília, de Capitão Furtado (nascido Ariovaldo Pires) e com o maestro italiano Enrico Simonetti, que comumente é visto como o hino oficial, por ser mais conhecido.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um hino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.