Hino de Itaperuna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikisource
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Hino de Itaperuna

O hino de Itaperuna foi composto (letra e música) em 7 de abril de 1969 pela professora Maria Catharina Pinto e oficializado pelo Decreto n.º 1838 da Câmara Municipal de Itaperuna, em 18 de dezembro de 1970.


Hino de Itaperuna

Minha cidade querida Cheia de encantos sem par, Floresce em ti minha vida, Meus belos sonhos, meu lar Amo-te e sempre hei de amar Tudo o que fala de ti.

Ouço a voz do teu rio Murmurante no arrepio do vento a cantar!

Amo a suave carícia Do teu sublime luar.

Tudo aqui fala de sonho E a gente fica a sonhar.

Quero viver na delícia Destes teus campos em flor.

Itaperuna, em ti ponho Todo o meu sonho de amor.

Letra e música de Mª Catharina Pinto


Ícone de esboço Este artigo sobre um hino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.