Marcha Real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hino nacional da Espanha)
Ir para: navegação, pesquisa
Marcha Real
A Marcha Real é o símbolo oficial da Espanha, governada pelo Decreto Real 1560/1997

Hino Nacional Flag of Spain.svg Espanha
Letra sem letra oficial
Composição Manuel de Espinosa de los Monteros
Bartolomé Pérez Casas (harmonização)
Francisco Grau (orquestração)
Adotado 1770

Marcha Real é o hino nacional da Espanha. É um dos raros hinos nacionais que não contém letra (os outros são os da Bósnia e Herzegovina, Kosovo e San Marino). Foi documentado primeiramente em 1761 e adaptado diversas vezes, sendo promulgado pela última vez em 1997.

História[editar | editar código-fonte]

Bartolomé Pérez Casas em 1908 foi convidado pelo rei Afonso XIII a fazer uma harmonização da Marcha Real. O compositor registrou a obra como sua em 1931 e, quando em 1942, os seus arranjos foram considerados a versão oficial do hino nacional espanhol, começou a receber os respetivos direitos de autor.

Cada vez que o hino nacional espanhol é reproduzido, seja numa cerimónia oficial com os reis, num estádio de futebol, na televisão ou como toque de telemóvel, 5% da verba referente aos direitos de exploração vai para seis elementos da família Andrés. Em 1997, o Estado pagou 130 milhões de pesetas (cerca de 780 mil euros) a esta família pela titularidade da Marcha Real, mas no acordo ficou estabelecido que até a obra entrar no domínio público continuam a receber 5%.[1]

Letra[editar | editar código-fonte]

Hoje em dia o hino nacional da Espanha não tem letra, embora já tenham sido propostas inúmeras "letras", inclusive algumas com certa aceitação. A última letra foi escrita em 1928, mas por ter sido, embora erroneamente, confundida com o regime franquista (cujo nome foi mudado para ¡Viva España!), foi abandonada no final do governo de Francisco Franco. Em 2007 o Comitê Olímpico Espanhol promoveu um concurso para escrever uma letra não oficial para o hino, ganho por Paulino Cubero, um desempregado manchego de 52 anos[2].

Versão com letra do Eduardo Marquina (Reinado de Afonso XII)[editar | editar código-fonte]

Em castelhano[editar | editar código-fonte]

“Gloria, gloria, corona de la Patria,
soberana luz
que es oro en tu Pendón.

Vida, vida, futuro de la Patria,
que en tus ojos es
abierto corazón.

Púrpura y oro: bandera inmortal;
en tus colores, juntas, carne y alma están.

Púrpura y oro: querer y lograr;
Tú eres, bandera, el signo del humano afán.

Gloria, gloria, corona de la Patria,
soberana luz
que es oro en tu Pendón.

Púrpura y oro: bandera inmortal;
en tus colores, juntas, carne y alma están.

Em português[editar | editar código-fonte]

“ Glória, glória, coroa da Pátria,
soberana luz
que é ouro em teu Pendão.
-- Vida, vida, futuro da Pátria,
que nos teus olhos é
aberto coração.
-- Púrpura e ouro: bandeira imortal;
em tuas cores, juntas, carne e alma estão.
-- Púrpura e ouro: querer e lograr;
Tu és, bandeira, o sígno do humano afão.
-- Glória, glória, coroa da Pátria,
soberana luz
que é ouro em teu Pendão.
-- Púrpura e ouro: bandeira imortal;
em tuas cores, juntas, carne e alma estão.

¡Viva España![editar | editar código-fonte]

Letra de José María Pernán escrita em 1928, portanto, antes do regime franquista. É o hino mais conhecido.

¡Viva España!
Alzad los brazos hijos del pueblo español
Que vuelve a resurgir
Gloria a la patria que supo seguir
Sobre el azul del mar el caminar del sol (bis)
¡Triunfa España!
Los yunques y las ruedas cantan al compás
Del himno de la fe (bis)
Juntos con ellos cantemos de pie
La vida nueva y fuerte del trabajo y paz (bis)
¡Viva España!
Alzad los brazos hijos del pueblo español
Que vuelve a resurgir(bis)
Gloria a la patria que supo seguir
Sobre el azul del mar el caminar del sol (bis)

:Em Português

Viva Espanha!
Levantai os braços filhos do povo espanhol
Que volta a ressurgir (bis)
Glória a pátria que soube seguir
Sobre o azul do mar o caminhar do sol (bis)
Triunfa Espanha!
As bigornas e as rodas cantam o princípio
Do hino da fé (bis)
Juntos com eles cantemos de pé
A vida nova e forte do trabalho e paz
Viva a Espanha!
Levantai os braços filhos do povo espanhol
Que volta a ressurgir (bis)
Glória a pátria que soube seguir
Sobre o azul do mar o caminhar do sol (bis)

Versão com letra de Paulino Cubero[editar | editar código-fonte]

¡Viva España!
Cantemos todos juntos
con distinta voz
y un solo corazón.
¡Viva España!
Desde los verdes valles
al inmenso mar,
un himno de hermandad.
Ama a la Patria
pues sabe abrazar,
bajo su cielo azul,
pueblos en libertad.
Gloria a los hijos
que a la Historia dan
justicia y grandeza
democracia y paz.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira da Espanha Espanha
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Culinária • Cultura • Demografia • Desporto • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Turismo • Imagens