História do Futebol de Pernambuco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O futebol em Pernambuco começou em 1902, quando marinheiros ingleses e holandeses desembarcaram em Recife e realizaram uma partida de futebol na praia. A novidade despertou interesse dos pernambucanos, que logo passaram a jogar. Em 7 de abril de 1901 foi fundado o Clube Náutico Capibaribe, para a pratica dos esportes aquáticos. Somente anos depois é que o futebol foi introduzido no clube. Depois do jogo entre ingleses e holandeses nas praias do Recife, o interesse foi crescendo e Guilherme de Aquino Fonseca, muito trabalhou para a implantação do futebol em Pernambuco.

O Campeonato Pernambucano começou a ser disputado em 1915 e teve como primeiro campeão o Sport Club Flamengo (de Recife). O torneio é organizado pela Federação Pernambucana de Futebol. Hoje o Campeonato Pernambucano é dividido em dois turnos: o primeiro (Taça Tabocas e Guararapes) disputado por 10 equipes, com todas jogando entre si, no critério de ida, iniciando-se a disputa com nenhum ponto e o segundo (Taça Confederação do Equador) disputada pelas mesmas 10 equipes no critério de volta, iniciando-se a disputa com nenhum ponto. O Campeão é decidido pelos vencedores das duas taças.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 1915 - Primeiro Estadual. Flamengo campeão;
  • 1916 - Sport e Náutico estreiam na competição. O Leão conquista seu primeiro título;
  • 1924 - O Sport ganha seu 5º estadual e desde então, torna-se o time com mais títulos, nunca mais tendo sido ultrapassado;
  • 1930 - O Torre, uma força da época, conquista seu 3º e último pernambucano;
  • 1931 - O Santa Cruz conquista seu primeiro título estadual após 16 anos;
  • 1934 - O Náutico se consagra campeão pernambucano pela primeira vez após 18 anos;
  • 1936 - O Central torna-se o primeiro clube a inscrever um jogador profissional em Pernambuco, o Zagueiro Luís Zago;
  • 1937 - O Central é o primeiro clube do interior a participar do Campeonato Pernambucano;
  • 1940 - O Torre disputa seu último Estadual;
  • 1944 - O América conquista o campeonato e torna-se o último time a ganhar um título antes do domínio absoluto de Sport, Santa Cruz e Náutico;
  • 1947 - O Íbis faz sua estréia em campeonatos pernambucanos;
  • 1949 - O Flamengo (primeiro campeão pernambucano) joga seu último estadual ;
  • 1963 - O Náutico inicia a série de títulos do Hexacampeonato, que só termina em 1968;
  • 1969 - O Santa Cruz evita o hepta alvirrubro e começa a sua série de cinco conquistas seguidas;
  • 1969 - O Sport chega a sete vice-campeonatos consecutivos, desde 1963, a maior seqüência de um clube na competição;
  • 1974 - O Náutico interrompe a sequência de cinco títulos do Santa Cruz, e torna-se o único clube a ser campeão pernambucano seis vezes consecutivas;
  • 1975 - O Sport consegue quebrar o seu maior jejum de títulos: 12 anos;
  • 1983 - O Santa Cruz se sagra como único tri-supercampeão pernambucano;
  • 1991 - O Sport inicia o maior domínio dentro de uma década, vencendo 8 títulos (1991, 1992, 1994 e o pentacampeonato entre 1996 e 2000);
  • 1997 - O Porto torna-se o primeiro time de fora do Recife a ser vice-campeão estadual e repete a façanha em 1998;
  • 2001 - O Náutico volta a vencer um estadual após 12 anos (seu maior jejum após o título de 1934), e impede o Sport de igualar o hexacampeonato;
  • 2005 - O Santa Cruz consegue quebrar o seu maior jejum de títulos: 10 anos, incluindo o título de vice-campeão nos seis anos anteriores (de 1999 a 2004);
  • 2007 - O Central é a segunda equipe do interior a ser vice-campeão estadual.
  • 2011 - O Santa Cruz Futebol Clube interrompe o hexa campeonato Pernambucano do Sport, sendo campeão estadual;

Fatos históricos[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Participações no Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Clube Série A Série B Série C Série D
Total
(1959-2015)
TB
(1959-1968)
RGP
(1967-1970)
Brasileirão
(1971-2015)
R Baixa Total
(1971-2015)
P Aumento R Baixa Total
(1980-2015)
P Aumento R Baixa Total
(2009-2015)
P Aumento
Band recife.png Sport 37 3 0 34 4 11 5 0 0
Band recife.png Náutico 34 6 1 27 4 18 4 1 1 1 0
Band recife.png Santa Cruz 23 1 2 20 4 19 3 1 3 1 3 1
Bandeira caruaru.jpg Central 2 0 0 2 18 1 2 5 4
Band recife.png América-PE 0 0 0 0 4 1 0
Band recife.png Ferroviário do Recife 0 0 0 0 2 0 0
Bandeira salgueiro.png Salgueiro 0 0 0 0 1 1 6 1 1 1 1
Bandeiratimbauba.jpg Estudantes 0 0 0 0 1 1 0
Bandeira caruaru.jpg Porto 0 0 0 0 0 8 2
Bandeira vitoria de santo antao.jpg Vitória-PE 0 0 0 0 0 5 0

Status dos clubes no Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015:

Série A de 2015
Série B de 2015
Série C de 2015
Série D de 2015
Clubes Inativos

Ver também[editar | editar código-fonte]