Home Town Story

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Home Town Story
Em cada Lar, um Romance (BR)
 Estados Unidos
1951 •  preto e branco •  61[1] min 
Direção Arthur Pierson
Produção Arthur Pierson
Roteiro Arthur Pierson
Elenco Jeffrey Lynn
Donald Crisp
Alan Hale Jr.
Gênero Drama
Música Louis Forbes
Cinematografia Lucien N. Andriot
Edição William F. Claxton
Companhia(s) produtora(s) Metro-Goldwyn-Mayer[2]
Distribuição Metro-Goldwyn-Mayer
(1951) (EUA) (cinema)
Timeless Video
(1991) (EUA) (VHS)
Delta Expedition
(1999) (EUA) (DVD)
Digiview Productions
(2004) (Mundo todo) (DVD)[3]
Lançamento Estados Unidos 18 de maio de 1951[4]
Idioma Inglês
Orçamento US$ 334,000[5]
Receita US$ 139,000[5]
Página no IMDb (em inglês)

Home Town Story (br: Em cada Lar, um Romance) é um filme americano de 1951, do gênero drama, escrito, produzido e dirigido por Arthur Pierson, e estrelado por Jeffrey Lynn, Donald Crisp, e Alan Hale Jr.. O filme tem a participação de Marilyn Monroe, em início de carreira, em um papel pequeno. O filme foi apoiado pela General Motors para promover as virtudes de um grande negócio.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Blake Washburn (Jeffrey Lynn) é um político derrotado, que assume o cargo de editor do jornal de uma pequena cidade, em um esforço para conseguir ser eleito. Sua campanha se destina a ser uma contínua exposição dos males da grande indústria, e sua estratégia é a de publicar investigações diárias da desonestidade e poluição industrial. Em uma excursão escolar a uma mina abandonada, irmã de Jeffrey, Katie (Melinda Plowman), fica presa no desmoronamento de um túnel de mina, e as indústrias da cidade vêm em seu socorro. Após a irmã mais nova ser resgatada e levada em um avião da empresa para a cidade grande, Blake muda sua mentalidade e reconhece que as cidades e as pessoas industriais estão realmente fazendo o seu melhor para ajudar os seus concidadães.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

De acordo com os registros da MGM, o filme arrecadou US $243,000 dólares nos EUA e Canadá e US $91,000 no resto do mundo, totalizando um lucro de US $195,000.[5]

Referências

  1. «HOME TOWN STORY(1951): Additional Details - Duration(mins)» (em inglês). TCM. Consultado em 01 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Em cada Lar, um Romance (1951): Company Credits - Production Companies» (em inglês). IMDb. Consultado em 01 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Em cada Lar, um Romance (1951): Company Credits - Distributors» (em inglês). IMDb. Consultado em 01 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «Em cada Lar, um Romance (1951): Release Info - Release Dates» (em inglês). IMDb. Consultado em 01 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. a b c H. Mark Glancy (15 de setembro de 2006). «MGM film grosses, 1924–1948: The Eddie Mannix Ledger» (em inglês). tandfonline.com. doi:10.1080/01439689200260081. Consultado em 02 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]