Homens (Tolkien)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal A Wikipédia possui o
Portal Terra-média

Na obra criada pelo filólogo e professor J. R. R. Tolkien a raça dos Homens serve para denotar a humanidade como um todo, e não apenas o gênero masculino. Elwing, guerreira de Rohan é uma mulher da Raça dos Homens, por exemplo.

Origens[editar | editar código-fonte]

A raça dos homens era também chamada de Sucessores, por serem os segundos a serem planejados para herdar a terra na mente de Ilúvatar. Os mais jovens dos Filhos de Ilúvatar ganharam dele, um presente: a Morte, ao contrário dos elfos, cujo espírito não abandona a Terra.

Os Pais dos Homens despertaram ao primeiro nascer do Sol no interior da Terra-Média, e durante a Primeira Era caminharam para o Oeste (e consequentemente para Beleriand) onde encontraram os elfos. Os primeiros homens que chegaram no Oeste encontraram Finrod, e esse os chamou de Edain, os amigos dos Elfos.

Grupos de Homens[editar | editar código-fonte]

Com o passar das eras os Homens foram se multiplicando e gerando vários grupos. Entre eles podemos citar:

  • Edain: Os primeiros a chegarem no Oeste.
  • Dunedáin: Os habitantes da Terra da Dádiva, Númenor. Os herdeiros dos Dunedáin construiram os reinos de Arnor e Gondor na Terra-Média.
  • Haradrim: Os homens do sul da Terra-Média, frequentemente aliados de Sauron em suas guerras.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a obra de J. R. R. Tolkien é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.