Honório Peçanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Honório Peçanha
Nascimento 23 de fevereiro de 1907
Cantagalo
Morte 16 de junho de 1992 (85 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação escultor

Honório Peçanha (Cantagalo, 23 de fevereiro de 1907Niterói, 16 de junho de 1992)[1] foi um escultor brasileiro[2] conhecido por ser autor da estátua do ex-presidente Juscelino Kubitschek para o Memorial JK de Brasília.

Formação[editar | editar código-fonte]

Estudou no Liceu de Artes e Ofícios sendo aluno de Modestino Kanto e Eduardo Augusto de Barros, também sendo professor anos depois. Em 1928 estuda na Escola Nacional de Belas Artes sendo aluno de José Correia Lima e Rodolfo Chambelland. Em 1936 viajou para a Europa pela primeira vez e em Paris estuda por dois anos na Académie de la Grande Chaumière sendo aluno de Charles Despiau e Roberto Wlerick[1][2][3].

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Realizou várias esculturas para a prefeitura de Niterói, como a do almirante Ary Parreiras em 1946, Rui Barbosa em 1949, do bispo Dom José Pereira Alves no mesmo ano, do ex-presidente Nilo Peçanha em 1967 e de Euclides da Cunha. Em 1985 esculpiu a estátua do ex-presidente Juscelino Kubitschek para o Memorial JK com o presidente acenando para a cidade de Brasília. Com a sua escultura "Os Retirantes" obteve o Prêmio Viagem ao Exterior no Salão Nacional de Belas Artes em 1935[4][5].

Referências

  1. a b «Peçanha, Honório (1907 - 1992)». Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais. Consultado em 15 de janeiro de 2012 
  2. a b «Honório Peçanha». Biografias Netsaber. Consultado em 15 de janeiro de 2012 
  3. «Honório Peçanha». Portal Monumentos do Rio. Consultado em 15 de janeiro de 2012 [ligação inativa]
  4. «PEÇANHA, Honório». Enciclopédias Sabin - Rumo Certo. Consultado em 15 de janeiro de 2012 [ligação inativa]
  5. SCHLEDER, Ivani Meira. A visão de um escultor. A Tribuna, Niterói, 1 de outubro de 1971.