Honda CB1300

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Honda CB1300

A Honda CB1300 é uma motocicleta pertencente à categoria Naked fabricada pela Honda.

Uma releitura de um clássico da década de 70, o modelo CB 1300 Super Four traz boas recordações. Saudosismo à parte, a big naked da Honda é muito confortável, tem um motor de alto desempenho e está recheada de siglas: H.I.S.S. (sistema antifurto) e PGM-FI (injeção eletrônica de combustível multi-ponto). Porém, a grande novidade neste modelo 2009 é a adoção do sistema de freios ABS (antiblocante). Com tanta tecnologia embarcada, parece que a CBzona está mais na mão que nunca.

Desenvolvido para oferecer o máximo de segurança, o ABS reduz a possibilidade de travamento das rodas. Na prática, utilizado em situações extremas, o sistema de freios ABS transmite a sensação que a roda está "quadrada", diminuindo gradativamente a velocidade, sem que o pneu trave ou perca o contato com o solo. Na CB 1300, o ABS trabalha de forma independente. Pode ser acionado só na roda dianteira, só na traseira ou combinado, se o piloto acionar o manete e o pedal de freio ao mesmo tempo, diminuindo, assim, o tempo e o espaço da frenagem. Neste modelo não há o sistema CBS (Combined Brake System), que aciona uma das pinças do freio dianteiro quando o motociclista pisa firmemente no freio traseiro -- o CBS-ABS da Honda está disponível na CB 600F Hornet 2009. Para colaborar com a nobre missão de parar a moto, na dianteira há duplo disco flutuante com 310 mm de diâmetro e cáliper de quatro pistões. Já na traseira, conta com disco simples com 256 mm de diâmetro e cáliper de pistão simples MOTOR QUENTE Apresentada durante o Salão Internacional do Automóvel de 2006, a CB 1300 Super Four só começou a ser comercializada no país em junho de 2007. A moto está equipada com motor de quatro cilindros em linha, DOHC (Double Over Head Camshaft), de 1.284 cm³, capaz de gerar 111 cv de potência máxima a 7.750 rpm e torque máximo de 11,6 kgfm a 6.000 rpm. Traduzindo: o propulsor trabalha de forma linear, despejando gradativamente a potência. A CB 1300 2009 ganhou dois novos catalisadores, para atender ao Promot 3 e com isso perdeu pouco mais de 4 cv de potência. Na versão anterior, a moto gerava 115,6 cv a 7.500 rpm de potência e torque de 11,9 kgfm a 6.000 rpm Traduzindo: o propulsor trabalha de forma linear, despejando gradativamente a potência. A CB 1300 2009 ganhou dois novos catalisadores, para atender ao Promot 3 e com isso perdeu pouco mais de 4 cv de potência. Na versão anterior, a moto gerava 115,6 cv a 7.500 rpm de potência e torque de 11,9 kgfm a 6.000 rpm.


Apesar da concepção de quatro cilindros em linha, a CB esbanja torque desde os baixos giros. É possível sair de uma lombada a 30 km/h em quinta marcha sem que a moto engasgue. Mas se o motociclista precisar de um comportamento mais esportivo, basta reduzir a marcha e girar o acelerador. Assim a CB oferece respostas rápidas e precisas, graças ao sistema de injeção de combustível. O ponteiro da velocidade sobe rápido, tão rápido quanto a adrenalina correndo em minhas veias. A moto chega facilmente aos 160 km/h, sempre muito estável e confortável. Sua velocidade máxima ultrapassa os 220 km/h. Há quem ache pouco, mas vale lembrar que se trata de uma naked, ou seja, uma moto em que o piloto fica exposto ao vento.

FICHA TÉCNICA Honda CB 1300 Super Four Motor: 1.284 cm³, DOHC, 4 tempos, 4 cilindros, 4 válvulas por cilindro, arrefecimento a líquido. Potência: 111 cv a 7.750 rpm. Torque: 11,6 kgfm a 6.000 rpm. Diâmetro e curso: 78 x 67,2 mm. Taxa de compressão: 9,6:1. Alimentação: Injeção Eletrônica PGM-FI. Partida: Elétrica. Tanque: 21 litros (4,5 litros de reserva). Transmissão: 5 velocidades; corrente. Suspensão: Dianteira por garfos telescópicos, 43 mm de diâmetro e curso de 120 mm. Traseira por balança de alumínio com 116 mm de curso, dois amortecedores a gás, ajustáveis, e ajuste da pré-carga da mola. Freios: Dianteiro com duplo disco flutuante de 310 mm, com cáliper de quatro pistões. Traseiro com disco simples de 256 mm, de cáliper simples. Pneus: Dianteiro 120/70 - ZR17 M/C. Traseiro 180/55 - ZR17 M/C. Dimensões: 2.220 mm de altura, 790 mm de largura, 1.120 mm de altura total; 132 mm de altura mínima do solo, 135 mm de altura do assento, 1.515 mm de entre-eixos. Peso: 237 kg (Standard) e 242 kg (ABS). Cores: Preta, prata. Preço: R$ 47.000

O tanque de combustível tem capacidade para 21 litros de combustível (4,5 litros de reserva). Em seu habitat natural, a estrada, o consumo médio gira em torno de 16 km/l.

Pilotar a CB 1300 Super Four é uma tarefa tão agradável que surpreende devido ao seu tamanho (2,22 m). Seu porte musculoso esconde uma moto extremamente fácil e dócil de ser pilotada -- desde que o acelerador não seja acionado com vontade -- por horas seguidas. O único inconveniente nessas condições é o calor propagado pelo motorm, que chega a incomodar. Mas esta pode ser considerada uma característica da moto, devido ao tamanho do bloco do propulsor.

CICLÍSTICA E VISUAL Na dianteira, a CB 1300 conta com suspensão telescópica com garfos convencionais de 43 mm e curso de 120 mm na dianteira. Já na traseira, balança de alumínio de 116 mm de curso.

Detalhe: a moto conta ainda com sistema de duplo amortecedor, com reservatório a gás, e cinco níveis de ajuste da compressão da mola (Shock Unit). O sistema é um fiel aliado para quem roda com garupa ou bagagem.

Montada sobre um chassi fabricado em aço tubular de berço duplo resistente a torções, a CB 1300 foi montada também tem o guidão ajustável para frente ou para trás em 20 mm. Assim, o piloto pode obter uma melhor postura -- e para aumentar o nível de conforto, o assento é feito em dois níveis. Sob o banco, há um pequeno compartimento que permite guardar, por exemplo, capa de chuva e luvas.

No melhor estilo "tiozão", o visual da CB é impactante. Tudo é enorme: motor, escapamento, banco, lanterna traseira (com LEDs), pneus -- as rodas de liga-leve de cinco pontas estão calçadas com pneus radiais (120/70 na dianteira e 180/55 na traseira), que garantem maior aderência e segurança. Já o escapamento em aço inox (4 x 2 x 1), conta com saída lateral. A rabeta lembra a utilizada na CB 450 TR, da década de 90. Como acessórios originais, a Honda oferece para-brisa esportivo e bagageiro com encosto.

Resumidamente é a melhor e maior naked brasileira.


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.