Hormônio antimülleriano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O hormônio antimülleriano (português brasileiro) ou hormona anti-Mülleriana (português europeu), também conhecido como AMH, é uma proteína que, em humanos, é codificada pelo gene AMH. Ela inibe o desenvolvimento dos ductos de Müller no embrião masculino[1]. Foi nomeado em homenagem a Johannes Peter Müller.

Referências