Hormonas da tiroide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As hormonas da tiroide (tiroxina (T4) e tri-iodotironina (T3)) são hormonas produzidas pela tiroide a partir de iodo e de um aminoácido denominado tirosina. A tiroide produz maioritariamente T4. A T4 atua como pró-hormona, relativamente pouco ativa, sendo depois convertida em T3, mais ativa. A conversão de T4 em T3 ocorre nas células sob o efeito da enzima deiodinase.

As hormonas da tirdoide são essenciais para o correto crescimento e desenvolvimento, para a multiplicação e diferenciação celular de todas as células do organismo, principalmente do sistema nervoso central, do esqueleto e das raízes dentárias.[1] Regulam também o metabolismo basal das proteínas, dos lípidos e dos hidratos de carbono. Exercem também um efeito permissivo na ação de outras hormonas e de neurotransmissores.

A síntese das hormonas da tiroide é influenciada por diversos estímulos fisiológicos e patológicos. O hipertiroidismo é a síndrome clínica causado pelo excesso de tiroxina e/ou tri-iodotironina em circulação. O hipotiroidismo é a produção insuficiente de hormonas da tiroide. A carência de iodo causa o aumento de tamanho da tiroide ou o aparecimento de um bócio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kik E, Noczyńska A. Klinika Endokrynologii i Diabetologii Wieku Rozwojowego Akademii Medycznej we Wrocławiu (2010). «Evaluation of mental development of children with congenital hypothyroidism detected in screening test--personal observations». Pediatr Endocrinol Diabetes Metab. 16 (2): 100-8