Horto (Belo Horizonte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Horto
—  Bairro do Brasil  —
Região administrativa Leste
Município Belo Horizonte
População
 - Total aproximadamente 9,000
Limites
Energia elétrica (%) 100%
Água encanada (%) 100%
Coleta de lixo (%) 100%
Fonte: Não disponível

O Horto é um bairro tradicional da região leste de Belo Horizonte.[1]

No bairro encontra-se o Estádio Independência (atualmente chamada Arena Independência), campo do América-MG, que foi construído para a disputa da Copa do Mundo de 1950, sendo o estádio o seu principal ponto de referência.

Atualmente o Estádio é mais conhecido por ser o local onde o Clube Atlético Mineiro atua como mandante.

Não deve ser confundido com o Horto Florestal, antigo Instituto Agronômico. Embora sejam vizinhos e compartilhem o marco inicial, são bairros distintos.

A principal via de acesso ao bairro, assim com o seu principal ponto comercial, é a avenida Silviano Brandão.

História[editar | editar código-fonte]

Bairro de ferroviários, o Horto, localizado na região Leste, teve seu desenvolvimento ligado à Central do Brasil, posteriormente Rede Ferroviária Federal S/A.

O terreno onde os funcionários foram instalados pertencia à empresa e não tinha urbanização ou transporte adequados.

Além dos ferroviários, algumas partes do bairro foram ocupadas por invasões que acabaram por gerar o bairro Instituto Agronômico (atual Horto Florestal).

O nome do bairro é creditado à Fazenda Horto Florestal, antiga propriedade do Estado de Minas Gerais, hoje ocupada por uma unidade do SENAI e pelo Jardim Botânico da UFMG (que atualmente ficam no bairro de mesmo nome).

O footing – passeio a pé, para espairecer, comum nos 50 - acontecia na Rua Pouso Alegre. Àquela época havia bailes, peças teatrais e apresentações da Banda Filarmônica Primeiro de Maio, recentemente criada, além dos bailes noturnos do Independente Esporte Clube.

É um dos bairros mais pacatos de Belo Horizonte, sendo a tranquilidade habitual interrompida apenas em dias de jogos no Estádio.

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Em termos comerciais, o maior pólo do bairro concentra-se na Avenida Silviano Brandão, com as suas tradicionais lojas de móveis, açougues, duas Drogarias do Grupo Araújo e uma filial do Supermercado BH, além de outros produtos e serviços.

Bem próximos ao estádio, a Avenida Silviano Brandão conta com agências dos principais bancos (Itaú, Santander, Bradesco e Banco do Brasil). Próximo do local onde ficam esses bancos, há uma Caixa Econômica Federal, na Rua Pouso Alegre.

Destacam-se no bairro:

  • A sede do Grupo Galpão, na rua Pitangui.[2]
  • O Santuário do Senhor Bom Jesus do Horto, uma das principais igrejas da Região Leste de Belo Horizonte.
  • Atrás do santuário está a Quadra da Paróquia do Horto, chamado simplesmente de Quadra da Igreja. Pertencente à Igreja Católica, é a única da região que possui dimensões oficiais, sendo palco de diversos jogos profissionais e que, atualmente, possui dezenas de horários para aluguel. É nessa quadra onde joga o tradicional clube de futsal Saraca (fundado em 1974, no mesmo bairro), campeão metropolitano de futsal do ano de 2003.
  • O Estádio Raimundo Sampaio (Estádio Independência) do América-MG, atualmente conhecida como Arena Independência.
  • A oficina de manutenção da Rede Ferroviária Federal (atualmente FCA e MRS Logística), com a antiga estação ferroviária do Horto Florestal.
  • A Avenida Petrolina, com ótimas opções noturnas, tais como o Boi Vindo (restaurante e casa de shows) e o tradicional restaurante Recanto Verde.
  • O Teatro Galpão Cine Horto, de propriedade do Grupo Galpão, com diversas peças teatrais durante o ano inteiro.
  • A pista de cooper da Avenida dos Andradas, que começa no Horto, passa pelo Santa Tereza e termina em frente ao Boulevard Shopping, no bairro do Santa Efigênia.
  • No Horto está localizado o único presídio feminino de Belo Horizonte, a Penitenciária Estevão Pinto.
  • O campo do Ferroviário Futebol Clube, localizado na Avenida dos Andradas. Esse time, fundado, como o próprio nome diz, por funcionários da antiga linha férrea, é um dos mais tradicionais clubes do futebol amador de Belo Horizonte.


Transporte[editar | editar código-fonte]

  • Possui uma estação de metrô: Estação Horto.
  • Possui, também uma peculiaridade: como é cortada em toda a sua extensão por dois dos principais acessos à Região Leste (Av. Silviano Brandão e Rua Gustavo da Silveira), existem muitas opções de ônibus para quem deseja ir ao bairro, quais sejam, 901, 4600, 4665, 4802-A, 8001-A, 8001-R, 9105, 9106, 9205, 9207, 9211, 9214, 9402, 9405, 9414, 9502.
  • Curiosamente, apesar de haver várias linhas de ônibus que cortam o bairro (e, talvez, por causa disso), não há nenhuma linha de ônibus que atende o bairro especificamente (como ponto de inicio ou como ponto final).
  • O acesso ao bairro também pode ser feito, principalmente, pelas ruas Gustavo da Silveira, Artur Alvim, São Sebastião e Avenida Petrolina.


Referências

  1. Bairros de Belo Horizonte
  2. «Contato | Galpão Cine Horto». galpaocinehorto.com.br. Consultado em 2015-09-13. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]