Hospital de Navarra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hospital
Hospital de Navarra
Complexo Hospitalar de Navarra
Localização Flag of Spain.svg Espanha, Pamplona
Fundação 1913 (105 anos)
Sistema de saúde Serviço Navarro de Saúde
Financiamento 186 858 450 euros (2009)
Tipo público
Emergência sim
Leitos 489
editar

O Hospital de Navarra, também conhecido como Hospital Reino de Navarra e Hospital de Barañain, é um hospital integrado no Serviço Navarro de Saúde (em castelhano: Servicio Navarro de Salud), a rede pública de Assistência médica da Comunidade Foral de Navarra, Espanha, dependente do Governo de Navarra.[1][nt 1]

Em janeiro de 2010 foi integrado no Complexo Hospitalar de Navarra (em castelhano: Complejo Hospitalario de Navarra),[2] uma entidade que resulta da fusão do Hospital de Navarra com o Hospital Virgem do Caminho (conhecido popularmente como La Residencia) e a Clínica Ubarmin. Em abril de 2010 o conjunto das três unidades que constituem o complexo tinha 1 114 camas, 5 824 funcionários, dos quais 857 médicos, o que representava 61% dos recursos humanos e 44% dos dos médicos do Serviço Navarro de Saúde.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Hospital de Navarra foi criado por iniciativa privada no início do século XX, com a concessão de terrenos do souto de Barañain por parte de Concepción Benítez. Devido à sua localização por vezes foi designado como Hospital de Barañain. O projeto foi do arquiteto Enrique Epalza, asessorado pelo médico Antonio Simonena. Era composto por 29 edifícios dispostos em três filas, com pavilhões, capela e casas para o pessoal. Os pavilhões só tinham um piso.[3]

Em 1913 a construção foi paralisada, quando já estavam concluídos a capela e vários pavilhões. Os terrenos foram cedidos ao Ayuntamiento de Pamplona e não lhes foi dado uso; em 1928 foram cedidos ao Estado, a fim de neles ser instalado o "Patronato Nacional de Cegos", tendo-se retomado as obras. Os pavilhões foram então ampliados, passando a ter dois pisos, segundo um projeto de 1929, mantendo o desenho inicial das fachadas. Quando o patronato foi extinto, a Deputação Foral de Navarra adquiriu o espaço e em 1932-1933 foram para lá transferidas as instalações do antigo Hospital da Misericórdia, que se situava onde hoje está instalado o Museu de Navarra.[4]

Nos anos 1950 as grandes salas foram transformadas em quartos e foram demolidos alguns pavilhões. Os anos 1960 foi mudado o modelo organizativo, tendo sido construído um edifício central que unia os pavilhões A, B, C e D. Desde 1976 foi reprogramada a adequação funcional, tendo ocorrido várias reformas e ampliações na década de 1980. As ampliações prosseguem ainda hoje.[5]

O Hospital Virgem do Caminho foi inaugurado em 1964 como unidade hospitalar Instituto Nacional de Previsión, o primeiro organismo estatal espanhol de segurança social e assistência médica.[nt 2] Em janeiro de 2010 este hospital foi unido ao Hospital de Navarra, designando-se a nova entidade "Hospital Reino de de Navarra".[2]

Em agosto de 2009 foi iniciada a construção do Centro de Investigação Hospital de Navarra, o qual se previa estar concluído no final de 2011.[6] Em fevereiro de 2010 foram iniciadas as obras de um novo edifício para o serviço de urgências, o qual se prevê que esteja concluído no início de 2012.[7]

Estatísticas referentes a 2009[editar | editar código-fonte]

Nota: dados referentes somente ao Hospital de Navarra, antes da fusão com o Hospital Virgem do Caminho.[8]

Camas 489   Urgências 52 230
Camas de cuidados intensivos 18 Média diária de urgências 143
Camas de cardiologia 8 Consultas externas 315 714
Camas para AVC 6 Pessoal a tempo inteiro 2 245
Total de internamentos 17 586 Pessoal a tempo parcial 355
Internamentos programados 7 174 Gastos (euros) 186 858 450
Internamentos de urgência 10 412
Total de operações cirúrgicas 12 110
Operações cirúrgicas programadas 10 193
Operações cirúrgicas de urgência 1 917

Notas

  1. A maior parte do texto foi inicialmente baseado no artigo «Hospital de Navarra» na Wikipédia em castelhano (acessado nesta versão).
  2. Trecho baseado na tradução do artigo «Hospital Virgen del Camino» na Wikipédia em castelhano (acessado nesta versão).

Referências

  1. a b «El Complejo Hospitalario de Navarra unificará los actuales hospitales de Pamplona». www.navarra.es (em espanhol). Governo de Navarra. 12 de abril de 2010. Consultado em 10 de junho de 2011. 
  2. a b «Los dos hospitales públicos de Pamplona se unirán en uno solo a partir de enero». www.diariodenavarra.es (em espanhol). Diario de Navarra. 7 de outubro de 2009. Consultado em 10 de junho de 2011.. Cópia arquivada em 14 de março de 2011 
  3. Historia de los barrios de Navarra (em castelhano). Pamplona: Analecta Ediciones y Libros. 2005. 328 páginas. ISBN 9788495283696 
  4. Guía de arquitectura de Pamplona y su Comarca (em castelhano). Pamplona: Colegio oficial de arquitectos Vasco-Navarro. 2006. ISBN 978-84-611-3284-3 
  5. «Memoria del Hospital de Navarra. Año 2006». www.navarra.es (em espanhol). Governo de Navarra. 2007. Consultado em 10 de junho de 2011. 
  6. «Nuevo Centro de Investigación Hospital de Navarra». www.navarra.es (em espanhol). Governo de Navarra. Consultado em 10 de junho de 2011. 
  7. «Proyecto del nuevo edificio del Servicio de Urgencias del Hospital de Navarra». www.pamplona.net (em espanhol). Ayuntamiento de Pamplona. Consultado em 10 de junho de 2011. 
  8. «Memoria 2009» (PDF). www.navarra.es (em espanhol). Governo de Navarra. 2010. Consultado em 10 de junho de 2011. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]