Hospital dos Alienados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Hospital dos Alienados foi um hospital da cidade de Natal que existiu entre 1882 e 1957, quando foi demolido e, em seu lugar, foi construído o Centro de Saúde do Alecrim.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O Hospital dos Alienados, situado no bairro do Alecrim, surgiu quando a área ainda ficava distante do centro da cidade (então concentrada nos atuais bairros da Ribeira e Cidade Alta).[2]

O lançamento da pedra fundamental do edifício foi realizado por Francisco de Gouveia Cunha Barreto, então governador do Rio Grande do Norte. O Hospital dos Alienados foi o primeiro do gênero em Natal e, de início, tratava também vítimas de varíola.[2]

Com o sucessivo desgaste ao longo dos anos, e com a inauguração do Hospital Colônia, no bairro de Morro Branco, todos os alienados foram transferidos para o novo hospital e o prédio foi demolido.[1] Em seu lugar, o governador Dinarte Mariz construiu o Centro de Saúde do Alecrim.[1]

Na década de 1990, o prédio seria reformado e passaria a se chamar Centro de Saúde Reprodutiva Prof. Leide Morais.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d Souza, 2008, p. 570.
  2. a b Souza, 2008, p. 569.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SOUZA, Itamar (2008). Nova História de Natal 2 ed. Natal: Departamento Estadual de Imprensa 

Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.