Godfrey Hounsfield

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Hounsfield)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Godfrey Hounsfield Medalha Nobel
Conhecido(a) por Tomografia computadorizada
Nascimento 28 de agosto de 1919
Newark
Morte 12 de agosto de 2004 (84 anos)
Royal Borough of Kingston upon Thames
Nacionalidade Britânico
Prêmios Medalha Wilhelm Exner (1974), Prêmio Lasker-DeBakey (1975), Prêmio Internacional da Fundação Gairdner (1976), Prêmio Mullard (1977), Medalha Howard N. Potts (1977), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1979), Plaqueta Röntgen (1980), National Inventors Hall of Fame (2007)
Campo(s) Engenharia

Godfrey Newbold Hounsfield (Newark, 28 de agosto de 1919Royal Borough of Kingston upon Thames, 12 de agosto de 2004) foi um engenheiro eletricista britânico.[1]

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1979, por ter participado da criação do diagnóstico de doenças pela tomografia axial computadorizada.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Werner Arber, Daniel Nathans e Hamilton Smith
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1979
com Allan Cormack
Sucedido por
Baruj Benacerraf, Jean Dausset e George Davis Snell

Contribuições para a física aplicada à medicina[editar | editar código-fonte]

A principal contribuição do Sir Godfrey Newbold Hounsfield(1919 - 2004) para a física aplicada a medicina foi com um desenvolvimento matemático que aperfeiçoou uma técnica de diagnósticos médicos, a Tomografia Axial Computadorizada (Computerized Axial Tomography, CAT). Que o levou a ganhar o prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1979, junto do Físico Allan MacLeod Cormac. O aparelho que usa esta técnica funciona para obter melhores imagens bidimensionais do corpo humano. O aparelho é constituído por um computador, um scanner e um emissor de Raios X. O paciente fica localizado no centro de circunferência do aparelho, o scanner em uma extremidade e o emissor perpendicularmente na outra. Conforme vão sendo emitidos Raios X, o scanner vai recebendo seus dados e enviando para o computador processar a imagem. Este ciclo vai se repetindo em torno de toda a parte de interesse do corpo do paciente.

No dia 1° de outubro de 1971 ocorreu pela primeira vez o teste clinico do CAT, com um enorme sucesso. O teste foi realizado em uma mulher de 41 anos com um tumor no lobo frontal esquerdo.

Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.