Hovhannes Tumanyan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hovhannes Tumanyan
Nascimento 7 de fevereiro de 1869
Dsegh
Morte 23 de março de 1923 (54 anos)
Moscovo
Sepultamento Armenian cemetery of Khojivanq
Cidadania Império Russo, União Soviética
Etnia armênios
Cônjuge Olga Tumanyan
Filho(s) Nvard Tʻumanyan, Tamar Tumanyan, Moushegh Toumanyan, Ashkhen Tumanyan, Artavazd Tumanyan, Hamlik Tumanyan, Seda Tumanyan
Ocupação poeta, escritor, figura pública, prosista
Obras destacadas Anoush, The Capture of Fort Tmuk, Fairy tales of Hovhannes Toumanian
Assinatura
Tumanyan siganture.png

Hovhannes Tumanyan (em armênio/arménio: Հովհաննես Թումանյան, Dsegh, Governorado de Tiflis, Império Russo - hoje província de Lorri, Armênia, 19 de fevereiro de 1869 - Moscou, 23 de março de 1923[1]) foi um escritor e ativista armênio, considerado o poeta nacional da Armênia.[2] Escreveu seu primeiro poema aos 12 anos,[1] e, sua primeira publicação, Poemas, de 1890, foi um sucesso entre os críticos.[3]

Tumanyan escreveu poemas, quadras, baladas, romances, fábulas, críticas e artigos jornalísticos.[4] Seu trabalho foi escrito na maior parte em forma realista, muitas vezes centrada na vida cotidiana de sua época.[2] Nascido na aldeia de Dsegh no região de Lorri,[1] mudou-se quando jovem para Tiblíssi, que era o centro da cultura armênia sob o Império Russo durante o século XIX e início do século XX.[5]

Muitos filmes e animações foram adaptados a partir de obras de Tumanyan. Duas óperas: Anush (1912) por Armen Tigranian e Almast (1930) por Alexander Spendiaryan, foram escritas com base em suas obras.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b c Torosyan, Lilly. «Profile | Hovhannes Tumanian». H-Pem. Consultado em 19 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2021 
  2. a b Jrbashyan, E. «Hovhannes Tumanyan Biography». ArmenianHouse.org. Consultado em 11 de julho de 2012. Cópia arquivada em 5 de maio de 2021 
  3. Beledian, Krikor (janeiro de 2019). «Hovhannes Tumanyan: uma paixão pela narrativa». Correio da UNESCO. Consultado em 19 de novembro de 2021. Cópia arquivada em 14 de maio de 2021 
  4. Թումանյան Հովհաննես (em arménio). Դպրոցական Մեծ Հանրագիտարան, Գիրք II. 2010. Consultado em 10 de julho de 2012. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2020 
  5. Adjarian, Hrachia (1909). Classification des dialectes arméniens [Classificação dos dialetos armênios] (PDF) (em francês). Paris: Librairie Honore Champion. p. 72. Consultado em 8 de julho de 2012. Arquivado do original (PDF) em 2 de dezembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.