Hristo Botev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hristo Botyov Petkov (Kalofer 6 de Janeiro de 1848 - pico Vola 1 de Junho de 1876) foi um revolucionário,escritor,poeta.

Hristo Botev

Vida[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Kalofer,Bulgária seu pai Botyo Petkov um professor e figura pública.Família Botyo Petkov e Ivanka Boteva eles tiveram oito crianças. De 1854 sua família ao vivo em Karlovo. Nos próximos anos Hristo Botev еla é professora em várias vilas e cidades. De 1867 chega Giurgiu. Ela ensina e viagens cidades romenas Braila,Bucareste. Botev cooperar em vários jornal búlgaro em Bucareste - "Tambor" e "Liberdade". De 1871 edição jornal "Palavra de emigrantes búlgaros".[1]

Hristo Botev e seus irmãos Stefan,Kiril e Boyan

Nos últimos anos[editar | editar código-fonte]

Hristo Botev ele é um participante Búlgaro Comitê Central Revolucionária de 1874. No mesmo ano ele completou a tradução do livro "Para a origem eslava dos búlgaros do Danúbio". De 1875 formado banda revolucionária de 172 soldados. Botev é baleado de 1 de Junho de 1876.

Hristo Botev museu

Vida Literária[editar | editar código-fonte]

  • Minha Mãe(Майце си)(1867)
  • Para seu irmão(Към брата си)(1868)
  • Elegia(Елегия)(1870)
  • Haiduti(Хайдути)(1871)
  • O enforcamento de Vasil Levski(Обесването на Васил Левски)(1876)
  • jornal Bandeira(вестник "Знаме")(1874-1875)

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Trencsényi; Michal Kopeček (2007). Discourses of Collective Identity in Central and Southeast Europe (1770–1945). Central European University Press. p. 473. ISBN 963-7326-60-X.