Hufvudstadsbladet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hufvudstadsbladet
HBL wordmark.svg
Hufvudstadsbladetin talo.jpg
Sede do Hufvudstadsbladet
Periodicidade Diário matutino
Formato Tabloide
Sede Mannerheimintiellä 18
Helsínquia
Finlândia[1]
Fundação 1864 (August Schauman)
Editor Hannu Olkinuora
Idioma Sueco


Hufvudstadsbladet é o jornal de língua sueca de maior circulação da Finlândia. A sua sede localiza-se em Helsínquia, a capital do país.[2][3][4] O seu nome significa, em português, "o jornal da capital". Informalmente, também é conhecido pelos diminutivos Husis ou Höblan.

Foi fundado por August Schauman, em 1864, tendo a primeira edição sido publicada em 5 de dezembro desse ano. Em finais do século XIX, era o jornal de maior circulação da Finlândia.[1]

Em 1920, foi fundada a companhia Hufvudstadsbladets Förlag och Tryckeri AB para gerir o jornal. O seu proprietário principal e diretor executivo era Amos Andersson, que também acumulou o cargo de editor chefe entre 1922 e 1936. A instituição Konstsamfundet (significando algo como "a fundação para a arte"), fundada por Andersson em 1940, passou a deter o Hufvudstadsbladet em 1945 e tem sido a única proprietária desde então.[1]

Semanalmente, são distribuídos suplementos com o jornal, conhecidos com Vision (programação de rádio e televisão), às quintas-feiras, e Söndagsbilagan (sobre cultura e viagens), aos sábados.[5]

Desde 2004, tem circulado com o formato tabloide. Após esta alteração, ganhou em 2006 o prémio para o melhor jornal europeu do ano, na categoria de jornais locais.[6][7][8]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]