Hughes H-4 Hercules

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hughes H-4 Hercules
"Spruce Goose"
Picto infobox aircraft.png
Imagem do único Hughes H-4 construído
Descrição
Tipo / Missão Hidroavião de carga de uso militar, com motores a pistão, octomotor monoplano
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Hughes Aircraft
Período de produção 1942-1947
Quantidade produzida 1 unidade(s)
Primeiro voo em 2 de novembro de 1947 (68 anos)[1]
Tripulação 3
Passageiros 750 passageiro(s)
Especificações
Dimensões
Comprimento 66,65 m (219 ft)
Envergadura 97,54 m (320 ft)
Altura 24,18 m (79,3 ft)
Peso(s)
Peso vazio 113 399 kg (250 000 lb)
Peso carregado 180 000 kg (397 000 lb)
Propulsão
Motor(es) 8 x motores radiais a pistão Pratt & Whitney R-4360 Wasp Major
Potência (por motor) 3 000 hp (2 240 kW)
Performance
Velocidade de cruzeiro 407,08 km/h (220 kn)
Alcance (MTOW) 4 800 km (2 980 mi)
Teto máximo 6 370 m (20 900 ft)
Notas
Obs.: As especificações de performance são estimadas.

O Hughes H4 Hercules, conhecido como Spruce Goose, é um hidroavião de casco projetado e construído por Howard Hughes, cujo desenvolvimento iniciou-se em 1942 com verbas do governo americano com o objetivo de ser empregado na Segunda Guerra Mundial.[2] Produto de um projeto controvertido, Hughes não conseguiu terminá-lo antes do fim do conflito, o que fez com que sofresse ataques e fosse investigado pelo Senado.[3]

Todo o esforço de Hughes para continuar com o projeto não evitou que as verbas fossem definitivamente suspensas em 1947, pouco após o avião ter realizado o seu único voo. Com 97,51 m de envergadura e 66,65 m de comprimento, o Hughes H4 Hercules é considerado o maior hidroavião de casco já construído e o avião com a maior envergadura de todos os tempos.[4] [5] Ele ainda pode ser visitado no museu de Aviação Evergreen, em McMinnville, Oregon, nos Estados Unidos.[6]

Vista interna traseira da fuselagem do H-4.
Comparação entre os maiores aviões do mundo:
Hughes H-4 Hercules (amarelo),
An-225 (verde),
Boeing 747 (azul)
e Airbus A380 (vermelho)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Hughes H-4 Hercules

Referências

  1. Raul de Polillo (21 de novembro de 1947). «"HERCULES", AVIÃO TITÂNICO». Folha da Manhã, Ano XXIII, edição 7251, página 7. Consultado em 3 de setembro de 2014. 
  2. Rumerman, Judy. «The Hughes Companies». U.S. Centennial of Flight Commission 2006 (em inglês). Arquivado desde o original em 08 de novembro de 2011. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. 
  3. Parker, Dana T. Building Victory: Aircraft Manufacturing in the Los Angeles Area in World War II, p. 55, Cypress, CA, 2013. ISBN 978-0-9897906-0-4.
  4. «The Spruce Goose» (em inglês). Evergreen Aviation & Space Museum. Consultado em 03 de fevereiro de 2014. 
  5. «H-4 Hercules Flying Boat» (em inglês). Boeing. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. 
  6. William McCall (29 de agosto de 1999). «Spruce Goose owner breaks ground on museum». The Daily Courier, Volume 117,número 207. Consultado em 3 de setembro de 2014. 
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Precedido por
Boeing B-29 Superfortress (Bombardeio)
Maior aeronave do mundo
1948 - 1954
Sucedido por
B-52 Stratofortress (Bombardeio)