Hugo van der Goes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hugo van der Goes
Nascimento 1440
Gante
Morte 1482 (42 anos)
Cidadania Países Baixos do Sul, Bélgica, Países Baixos
Ocupação pintor, desenhista, artista, pintor de história, miniaturista
Magnum opus Morte da Virgem, Retábulo de Monforte
Religião Igreja Católica
O Retábulo Portinari, Galeria Uffizi, Florença

Hugo van der Goes (1440 - 1482) foi um pintor flamengo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele entrou na guilda de artistas da região em 1467. Logo foi eleito chefe da guilda. Casou-se com Maria Maddalena Baroncelli em 1470 e teve dez filhos. Sofria de uma doença mental e retirou-se para um monastério para se recuperar. Foi considerado um membro leigo da organização. Tentou suicídio em 1480 e morreu dois anos depois.

Sua obra mais famosa é o Retábulo Portinari, encomendado pela igreja do Hospital da Igreja de Santa Maria Nuova, em Florença, por Tommaso Portinari, representante da Família Médici em Bruges. Suas obras mostram a influência de pintores como Jan van Eyck e Rogier van der Weyden.

Outros trabalhos seus, que merecem destaque, são A Sagrada Família, Madona com criança, Menino com Santa Ana e A Morte de Nossa Senhora.

Sua obra se caracteriza pela tensão dramática e pela sensação de movimento, unindo os contrastes coloridos aos tons de um realismo calmo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Projetos relacionados[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Hugo van der Goes

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

[[Categoria:Pintores da Flandres|