Humberto Coelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Humberto Coelho
Humberto Coelho
Informações pessoais
Nome completo Humberto Manuel Jesus Coelho
Data de nasc. 20 de abril de 1950 (68 anos)
Local de nasc. Cedofeita, Portugal Portugal
Altura 1.85 m
Informações profissionais
Clubes de juventude
1964-1966
1966-1968
Portugal Ramaldense
Portugal Benfica
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1968-1975
1975-1977
1977
1977-1984
Portugal Benfica
França Paris Saint-Germain
Estados Unidos Las Vegas Quicksilvers
Portugal Benfica
Total
193 (18)
42 (7)
22 (3)
167 (32)
424 (60)
Seleção nacional
1968-1983 Flag of Portugal.svg Portugal 64 (6)
Times/Equipas que treinou
1985-1986
1986
1997-2000
2000-2002
2003-2004
2005-2006
2008-2009
Portugal Braga
Portugal Salgueiros
Flag of Portugal.svg Portugal
Flag of Morocco.svg Marrocos
Flag of South Korea.svg Coreia do Sul
Arábia Saudita Al-Shabab
Flag of Tunisia.svg Tunísia

Humberto Manuel de Jesus Coelho (Cedofeita, 20 de abril de 1950) é um ex-jogador e treinador, e atual vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Humberto coelho começou a jogar futebol num pequeno clube do Porto , Ramaldense FC, transferido para o Benfica na época 65-66 começando a jogar na época 66-67.

Humberto Coelho foi, como jogador, um excelente defesa central, considerado um dos melhores da Europa na sua época. Fez grande parte da sua carreira no Benfica, onde ingressou ainda como júnior, estreando-se na equipa principal em 68/69. Ao serviço do Clube da Luz, realizou 672 jogos e marcou 113 golos, um registo impressionante para um defesa. Em 75/76, partiu para o Paris Saint Germain, onde permaneceu por 2 épocas, regressando ao Benfica em 77/78. Integrou a seleção portuguesa por 64 vezes.

Inciou o seu trajecto como treinador, em 1985/1986, no Sporting de Braga, tendo ainda nessa temporada treinado o Salgueiros. De 1998 a 2000 orientou a Selecção Portuguesa, qualificando-a para o Euro 2000. Aí, conduziu a equipa nacional até as meias finais, sendo eliminado pela França, que se sagraria campeã.

No entanto, apesar dos bons resultados e do bom futebol apresentado pela equipa, o seu contrato não seria renovado. Depois disso, orientou a selecção de Marrocos e, mais tarde, a da Coreia do Sul. Em 2009, assumiu o comando técnico da Selecção da Tunísia, mas não conseguiu a qualificação para o Copa do Mundo FIFA de 2010.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Benfica

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Casou-se em 10 de outubro de 1986 com uma jornalista francesa de nome Laurence. Tem duas filhas, nascidas em 1980 e 1986. Tem um neto chamado Frederico, nascido em 18 de janeiro de 2016.[1]

Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.