Humberto Solás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Humberto Solás Borrego (Havana. 14 de dezembro de 1941 - Havana, 17 de setembro de 2008), mais conhecido como Humberto Solás, é um roteirista e cineasta cubano.

Foi membro do júri do Festival de Berlim em 1977 e 1997.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Festival de Cannes (1982)

Festival de Cartagena (2006)

  • Vencedor do prêmio OCLACC, por Barrio Cuba
  • Indicado: melhor filme (Barrio Cuba)

Prêmio Goya

  • (2002) Indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro em Língua Espanhola (Miel para Oshún)
  • (1988) Indicado na categoria Melhor Filme Estrangeiro em Língua Espanhola (Un hombre de éxito)

Festival de Gramado (1993)

  • Indicado ao Kikito na categoria Melhor Filme Latino (El siglo de las luces)

Festival de Havana

  • (2005) Vencedor prêmio El Mégano por Barrio Cuba
  • (2005) Vencedor prêmio especial do júri por Barrio Cuba
  • (2001) Vencedor de menção honrosa por Miel para Oshún
  • (1998) Vencedor melhor roteiro não publicado (Horcón)
  • (2086) Vencedor prêmio Grand Coral por Um hombre de éxito

Festival de Montréal (2001)

  • Indicado ao Grande Prêmio das Américas por Miel para Oshún

Festival de Moscou

  • (1987) Indicado ao prêmio de ouro por Un hombre de éxito
  • (1969) Vencedor do prêmio de ouro por Lucía

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.