I'm with You (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja I'm with You.
"I'm with You"
Single de Avril Lavigne
do álbum Let Go
Lançamento 19 de novembro de 2002 (2002-11-19)
Formato(s)
Gravação 2002;
Decoy Studios
(Valley Village, Califórnia)
Gênero(s)
Duração 3:44
Gravadora(s) Arista
Composição
Produção The Matrix
Cronologia de singles de Avril Lavigne
"Sk8er Boi"
(2002)
"Losing Grip"
(2003)

"I'm with You" é uma canção da artista musical canadense Avril Lavigne gravada para seu álbum de estreia, intitulado Let Go. Foi composta pela cantora juntamente com Scott Spock, Lauren Christy e Graham Edwards, sendo os três últimos integrantes da The Matrix, equipe que ficou a cargo da produção da faixa. A sua gravação decorreu em 2002 nos Decoy Studios em Valley Village, na Califórnia. Foi enviada para as rádios norte-americanas através da Arista Records em 19 de novembro de 2002, servindo como terceiro single do projeto. Também foi distribuída em formato CD single e fita cassete na Europa e Reino Unido. Na loja virtual do iTunes esteve presente somente na Austrália.

Em termos musicais, a obra é uma balada proveniente da mistura entre o pop rock e o soft rock, e incorpora elementos do teen pop. A sua instrumentação é composta por meio de vocais, acordes de guitarra e violoncelo. Liricamente, a canção é sobre encontrar alguém, para sair da solidão. Logo após seu lançamento, a música alcançou um bom desempenho, ficando entre as cinco primeiras no Brasil, Estados Unidos, Irlanda, Itália, Japão e Nova Zelândia. Em território norte-americano, entrou, afora a Billboard Hot 100, em outras quatro tabelas, tendo liderado duas delas — Mainstream Top 40 e Adult Pop Songs. Posteriormente, a faixa recebeu um certificado de ouro no país, concedido pela Recording Industry Association of America (RIAA).

Seu vídeo musical acompanhante, dirigido por David LaChapelle, foi lançado em 10 de março de 2010 através do serviço Vevo. O material foi filmado em estilo câmera lenta e apresenta a intérprete sozinha, e depois em uma festa, à procura de alguém. A faixa foi incluída no repertório de todas as turnês musicais da cantora. Também foi adicionada na trilha sonora internacional da telenovela brasileira Mulheres Apaixonadas.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Depois de firmar um contrato musical com a Arista Records, com a autorização e assistência de Antonio "L.A." Reid, Lavigne mudou-se a cidade de Nova Iorque, para trabalhar em seu álbum de estreia, Let Go, colaborando com uma grande quantidade de compositores e produtores. Após um ano e sem resultado, a cantora ficou a ponto de deixar a gravadora, que então lhe propôs canções escritas por outros compositores; no entanto, ela se negou, insistindo em que queria escrever canções próprias.[1][2] Dois anos desde o contrato, Lavigne, até então desconhecida, deslocou-se para Los Angeles, Califórnia, onde chamou a atenção da equipe de produção The Matrix. O empresário da equipe, Sandy Roberton, sugeriu que a cantora e o trio trabalhassem juntos. Assim que escutou as primeiras composições ("Complicated" e "Falling Down"), L.A. Reid aprovou a direção tomada pela The Matrix e enviou Lavigne novamente para trabalhar com eles. A Arista deu ao trio um cheque em branco para escrever e produzir outras canções. Durante as sessões, eles escreveram seis canções, das quais cinco entraram na lista final de Let Go.[3]

Ambos produtos da parceria com a The Matrix, os dois primeiros singles retirados do disco, "Complicated" e "Sk8er Boi", conquistaram êxito comercial, e, para prosseguir com a promoção, a cantora definiu "I'm with You" como próxima faixa de trabalho do projeto, o que foi visto como "escolha controversa" pela equipe da gravadora, em especial pelo fato de que tal faixa havia sido considerada "o maior potencial no álbum" e um atrativo para um público maduro.[4] O tema foi disponibilizado em 3 de março de 2003 na iTunes Store da Austrália.[5] No dia seguinte, 4 de março, foi lançado em formato CD single nos Estados Unidos,[6] e em 31 de março de 2003 no Reino Unido.[7]

Composição[editar | editar código-fonte]

Demonstração de 30 segundos de "I'm with You", uma balada composta na chave lá maior.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"I'm with You" foi composta por Lavigne junto com Scott Spock, Lauren Christy e Graham Edwards, todos integrantes da The Matrix, e produzida pelos três últimos. A sua gravação decorreu em 2002 nos Decoy Studios, localizados Valley Village, na Califórnia.[8] A música é uma balada "pop romântica" de tempo moderado, com duração de três minutos e quarenta e quatro segundos (3:44), proveniente da mistura entre os gêneros pop rock e soft rock, e incorpora elementos do teen pop.[9][10][11] Foi composta na chave de lá maior, com o alcance vocal que vai desde de lá maior com três oitavas até mi maior com cinco oitavas.[12] A instrumentação da canção compreende vocais, acordes de guitarra e violoncelo.[8] O tema aborda liricamente sobre encontrar um desconhecido, para sair da solidão.[9]

Em entrevista para a revista Rolling Stone, a cantora declarou que, ao trabalhar com a equipe, apenas um membro dela esteve no estúdio de gravação. Ainda de acordo com a cantora, ela e Christy escreveram todas as letras em conjunto, enquanto Graham fez algumas partes com a guitarra. O trio, entretanto, explicou de outra forma a colaboração: segundo o grupo, eles escreveram a maior parte da obra, compondo-a com o auxílio de uma guitarra e um piano. L.A. Reid defendeu a intérprete dizendo que "as canções [compostas com a equipe] mostram seu ponto de vista".[13]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

O vídeo musical gravado para "I'm with You" foi dirigido pelo renomado fotógrafo David LaChapelle. Começa mostrando Lavigne sozinha, tentando encontrar alguém, enquanto os membros da sua banda tocam a música sozinhos nas ruas. Originalmente, a intérprete encontra-se em uma festa, onde é vista empurrando um cara quando ele tenta ficar com ela. Em outras cenas, a cantora está andando nas ruas e vestindo uma jaqueta preta. Através do vídeo, ela é vista de pé atrás de um banco de neve. No final do vídeo, Lavigne sai do clube com o casaco, abre a porta e sai.

A maior parte do vídeo é exibida em câmera lenta, mas os movimentos da boca de Lavigne estão sincronizados com os vocais da música. Isto foi conseguido gravando a filmagem enquanto a música era tocada duas vezes mais rápido. O videoclipe foi originalmente concebido para terminar com Lavigne saindo do clube para seus companheiros de banda, que, em seguida, cumprimentá-la e caminhar juntos na distância. Much Music nomeado um vídeo do "Top 100 Melhores Vídeos de Todos os Tempos".

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Download digital[5]
N.º Título Duração
1. "I'm with You"   3:44

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

"I'm with You" tornou-se a terceira canção de Lavigne a figurar dentre as dez mais tocadas na Billboard Hot 100 (principal tabela norte-americana) quando chegou, em sua nona semana, a quarta posição no gráfico.[15] A canção passou dez semanas consecutivas no top 10 e vinte e sete semanas no Hot 100, convertendo-se na segunda canção da artista com maior estadia nesta parada, superada apenas por seu single de estréia, "Complicated", o qual permaneceu no gráfico por trinta e uma semanas.[16] Estabeleceu-se ainda em outras quatro tabelas norte-americanas, nomeadamente Adult Contemporary, Mainstream Top 40, Adult Pop Songs e Radio Songs, conquistando primeiro lugar na segunda e terceira citadas.[17][18] "I'm with You" foi certificada em 2006 como ouro pela Recording Industry Association of America (RIAA), pela venda de mais de 500 mil cópias nos Estados Unidos.[19] A contar de julho de 2013, foram constatadas mais de 556 mil cópias digitais vendidas do single na região.[20]

No Reino Unido, "I'm with You" estreou na sétima colocação, sendo esta sua posição de pico, na UK Singles Chart, durante a semana de 12 de abril de 2003.[21] Sua estréia na Irlanda ocorreu no número 6, vindo posteriormente a alcançar a quinta colocação — ficou no top dez por seis semanas.[22] "I'm with You" chegou aos cinco primeiros postos na Nova Zelândia; dez na Bélgica (Flandres) e nos Países Baixos; e vinte na Áustria, Alemanha, Dinamarca, Noruega, Suécia e Suíça, bem como o top quarenta na França.[23] A canção estreou novamente no Reino Unido em dezembro de 2011 na 58.ª posição, quase dez anos após sua primeira aparição.[24]

No Brasil, conquistou a terceira posição com melhor,[25] encerrando o ano de 2003 dentre as vinte faixas mais tocadas, segundo a Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD). Foi a única obra de um artista de fora do país a entrar na listagem.[26]

Posições[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Kaufman, Gil (21 de maio de 2002). «It's not 'Complicated' — 17-Year-Old Avril Lavigne Was Born To Rock» (em inglês). MTV. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  2. Moss, Corey (12 de março de 2003). «Britney Spears, Avril Lavigne Fall Into The Matrix» (em inglês). MTV. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  3. Buskin, Richard. «The Matrix» (em inglês). Sound on Sound. Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  4. Willman, Chris (6 de novembro de 2002). «How Avril Lavigne risked being seen as TOO young» (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 7 de fevereiro de 2017 
  5. a b «I'm With You - EP by Avril Lavigne» (em inglês). iTunes Store (Estados Unidos). Apple Inc. Consultado em 7 de fevereiro de 2017 
  6. «Avril Lavigne - I'm With You» (em inglês). Amazon (Estados Unidos). Consultado em 14 de fevereiro de 2017 
  7. «I'm With You by Avril Lavigne» (em inglês). Amazon (Reino Unido). Consultado em 14 de fevereiro de 2017 
  8. a b «Avril Lavigne - I'm With You (CD)» (em inglês). Discogs. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  9. a b Medeiros, Torricelli. «I'm With You - Avril Lavigne - Trilha de Mulheres Apaixonadas!». Mídia Total. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  10. a b «I'm with You - Avril Lavigne» (em inglês). AllMusic. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  11. Caramanica, Jon (4 de dezembro de 2013). «A By-The-Numbers Rebel» (em inglês). The New York Times. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  12. «Avril Lavigne "I'm With You" Sheet Music in A Major» (em inglês). Musicnotes.com. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  13. Eliscu, Jenny (20 de março de 2003). «Avril Lavigne: Little Miss Can't Be Wrong» (em inglês). Rolling Stone. Consultado em 13 de fevereiro de 2017 
  14. «Avril Lavigne - I'm With You (Cassette)» (em inglês). Discogs. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  15. «Billboard Hot 100 Chart - Thw week of February 1, 2003» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  16. a b «Avril Lavigne – Chart history (Hot 100)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  17. a b «Avril Lavigne - Chart history (Pop Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  18. a b «Avril Lavigne - Chart history (Adult Pop Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  19. a b «Certificações (Estados Unidos) (single) – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  20. Trust, Gary (5 de julho de 2013). «Ask Billboard: Why Do Some Songs Fade Out And Others End Cold?» (em inglês). Billboard. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  21. a b «Archive Chart: 2003-04-12» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  22. a b «Chart Track: Week 18, 2003» (em inglês). Irish Singles Chart. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  23. a b «Musicline.de – Lavigne, Avril Single-Chartverfolgung» (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  24. «Archive Chart: 2011-12-11» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  25. a b «Hot 100 Singles» (PDF). Crowley Broadcast Analysis. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  26. a b «20 obras mais executadas nas rádios 2003» (PDF). Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Consultado em 9 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 2016 
  27. «Austriancharts.at – Avril Lavigne – I'm with You» (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  28. «Ultratop.be – Avril Lavigne – I'm with You» (em francês). Ultratop 40. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  29. «Ultratop.be – Avril Lavigne – I'm with You» (em holandês). Ultratop 50. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  30. «Avril Lavigne - Chart history (Canadian Digital Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  31. «Danishcharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Tracklisten. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  32. «Official Scottish Singles Sales Chart Top 100 (06 April 2003 - 12 April 2003)» (em inglês). The Official Charts Company. Consultado em 8 de fevereiro de 2017 
  33. «Avril Lavigne - Chart history (Adult Contemporary)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  34. «Avril Lavigne - Chart history (Radio Songs)» (em inglês). Billboard. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  35. «Lescharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em francês). Les classement single. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  36. «Italiancharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Federazione Industria Musicale Italiana. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  37. «付のTOKIO HOT100のチャートです。» (em japonês). Tokio Hot 100. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  38. «Norwegiancharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). VG-lista. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  39. «Charts.org.nz – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  40. «Nederlandse Top 40 – week 12, 2003» (em holandês). Dutch Top 40. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  41. «Swedishcharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Sverigetopplistan. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  42. «Swisscharts.com – Avril Lavigne – I'm with You» (em inglês). Swiss Singles Chart. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  43. «Europe Official Top 100 (12-04-2003)» (em inglês). Top 40 Charts. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  44. «Austria Top 40 - 2003 Year-End» (em inglês). Top 40 Charts. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  45. «Canada Top 40 - 2003 Year-End» (em inglês). Top 40 Charts. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  46. «Italy Top 20 - 2003 Year-End» (em inglês). Top 40 Charts. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  47. «Tokio Hot 100 Chart - 2003» (em japonês). Tokio Hot 100. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  48. «2003 UK Official Singles Chart» (PDF) (em inglês). Charts Plus. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  49. «SWISS YEAR-END CHARTS 2003» (em inglês). Swiss Charts. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
  50. «Europe Top 100 - 2003 Year-End» (em inglês). Top 40 Charts. Consultado em 10 de fevereiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.