IBAR S.A.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
IBAR: Indústrias Brasileiras de Artigos Refratários
Empresa de capital aberto
Fundação 09 de Outubro de 1942
Sede 1Brumado-BA, 2Poá-SP  Brasil[1][2]
Produtos Artigos Refratários
Website oficial http://www.ibar.com.br http://www.nutecibar.com.br http://www.biola.com.br

A IBAR S/A (Indústrias Brasileiras de Artigos Refratários) é uma empresa privada brasileira que extrai magnesita e produz artigos refratários. Sua mina e sede estão localizadas na Serra das Éguas, na cidade de Brumado, na Bahia. Sua principal fábrica está localizada na cidade de Poá, no estado de São Paulo e ainda uma segunda fábrica em Suzano, também no estado de São Paulo, e outra mina na cidade de Jucás, no Ceará[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em 9 de Outubro de 1942, foi fundada a IBAR - Indústrias Brasileiras de Artigos Refratários. Desde então, são dedicados esforços no sentido de acompanhar as tendências e os desafios do mercado. Para tal são utilizadas soluções técnicas inovativas para atender a todos os tipos de indústrias, como por exemplo Siderurgia, Fundição de Metais Ferrosos e Não Ferrosos, Mineração, Cerâmicas, Vidro, Cimento, Petroquímicas, Setor Sucroalcooleiro, etc.

Unidades[editar | editar código-fonte]

Possui unidades em 4 cidades do Brasil:

  • Poá (SP) fábrica
  • Brumado (BA) matriz [1]
  • Jucás (CE) filial [1]
  • Suzano (SP) fábrica[2]

Refratários[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Materiais refratários

Os refratários são produtos fundamentais para uma vasta gama de indústrias. De modo geral, qualquer processo que envolva altas temperaturas depende do desempenho de refratários. A necessidade de melhorias de processos, aumento da eficiência e da produtividade resultam em contínuos investimentos para incrementar o nível de qualidade dos produtos refratários. Os refratários são utilizados nas indústrias siderúrgicas, do cimento, do vidro, petroquímica e outras onde são necessárias excelentes propriedades térmicas e outras mais específicas como resistência à corrosão, abrasão e choque térmico. Os refratários estão divididos quimicamente em cinco categorias distintas: silicosos, sílico-aluminosos, aluminosos, básicos e especiais. Dependendo de seu estado físico são classificados em moldados e monolíticos e conforme a sua massa específica em densos ou isolantes. A seleção do refratário ideal para cada aplicação depende, entre outros fatores, da temperatura do processo, da agressividade química do meio, das ações físicas, enfim, de qual mecanismo físico-químico é mais predominante.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.