IFF (aviação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Militar operando câmera terrestre do dispositivo.

IFF é a sigla de Identification Friend or Foe, dispositivo utilizado em aviação para fins de identificação mediante emissão de códigos de 4 a 8 caracteres, quando iluminadas por um feixe de radar. Por definição, é dispositivo destinado à aplicação em aeronaves militares, visando evitar-se o abatimento por aeronaves ou unidades amigas.

A aplicação civil dos dispositivos de IFF recebe o nome de Transponder, que emite identificação de quatro caracteres quando no Modo A e identificação de quatro caracteres associado à dados como velocidade indicada e altitude-pressão da aeronave, quando no Modo C, após interrogada pelo feixe radar primário.

A utilização de IFF tornou-se mandatória a partir de meados da década de sessenta, quando forma desenvolvidos os primeiros sistemas de ataque "além da linha do horizonte", nos quais as aeronaves e unidades passaram a ter capacidade de ataque muito antes de se obter identificação visual.

Em missões furtivas os dispositivos de IFF precisam ser desligados para assegurar o silencio electrónico, uma vez que o radar secundário (IFF) aumenta a capacidade de detecção pelos radares inimigos.