II Cúpula América do Sul - Países Árabes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
II Cúpula América do Sul - Países Árabes
II Cumbre América del Sur-Países Árabes
Anfitrião Catar Catar
Sede Doha
Data 31 de março de 2009
Participantes Unasul
Liga Árabe

A II Cúpula América do Sul - Países Árabes (ASPA) foi inaugurada oficialmente pelo emir do Catar, Hamad Bin Khalifa Al-Thani em 31 de março de 2009.

Participaram do evento os 22 países da Liga Árabe e os 12 da Unasul para tratar temas de interesse para ambos os blocos reginonais.

Um dos acontecimentos de destaque da cúpula foi a proposta do presidente da Venezuela Hugo Chávez para criar uma divisa chamada de petro para substituir o dólar como moeda de reserva internacional. Chávez também criticou o Tribunal Penal Internacional por ditar ordem de captura contra o presidente do Sudão, Omar al Bashir, ao invés de ditá-la contra o ex-presidente estado-unidense George W Bush.[1]

Agenda[editar | editar código-fonte]

O principal tema da agenda inclui a proposta de medidas para enfrentar a crise financeira mundial e sua repercussão em ambas regiões. Além disso, abordaram-se temas relacionados com a integração e cooperação sul-sul, o apoio à legitimidade da causa palestina, assim como o estímulo do comércio e a investimento recíprocos.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]