IKONOS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IKONOS
Organização Estados UnidosGeoEye
Principal contratante Lockheed Martin Space Systems
Tipo de missão Ciências da Terra
Satélite Terra
Lançamento 24 de setembro de 1999 às 18:22:00 UTC
Local Estados UnidosBase da Força Aérea de Vandenberg, Califórnia, Estados Unidos
Veículo de Lançamento Athena II
Duração da Missão Ainda em funcionamento
Massa 726.0 kg
NSSDC ID 1999-051A
Website IKONOS Website
Elementos orbitais
Periélio 900,2 km
Excentricidade 0,00013
Inclinação 98,1º
Período orbital 98,33 minutos
Ascensão reta do

nó orbital

68,1º
Argumento do pericentro 93,06º
Instrumentos
1-meter panchromatic and 4-meter multispectral

O IKONOSTM é um satélite de observação terrestre comercial. Foi o primeiro a obter imagens disponibilizadas ao público com resolução 1 a 4 metros por pixel. Permite a obtenção de imagens multiespectrais e pancromáticas. As imagens do Ikonos começaram a ser vendidas em 1 de Janeiro de 2000 pela empresa Space Imaging e atualmente pelas empresas GeoEye e ORBTEC.

História[editar | editar código-fonte]

O nome Ikonos corresponde à palavra grega para "imagem". O lançamento do Ikonos-1 estava previsto para 1999 mas falhou. O Ikonos-2 deveria ter sido lançado em 2000, mas foi rebaptizado com o nome IKONOS sendo lançado em 24 de Setembro de 1999 desde a Base da Força Aérea de Vandenberg, na Califórnia.

Especificações[editar | editar código-fonte]

Órbita[editar | editar código-fonte]

O IKONOS tem uma órbita polar, circular heliossíncrona a 681 km de altitude. Ambos os sensores a bordo podem abranger uma faixa com 11 km de largura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.