iPad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


iPad
Tablet
IPad wordmark.svg
IPad Air 2
Um iPad Air 2 na cor dourada
Desenvolvedor: Apple Inc.
Fabricante: Foxconn[1]
Arquitetura ARM
Conectividade: Wi-Fi 802.11 a/b/g/n 2,4 e 5 GHz
Bluetooth 4.0 2G GSM 850 / 900 / 1800 / 1900, CDMA 800 / 1900 3G HSDPA 850 / 900 / 1900 / 2100 LTE
Lançamento: 6 de dezembro de 2013; há 4 anos (geração atual)
3 de abril de 2010; há 7 anos (primeira geração)
Disponibilidade: iPad 2010 - 2012

iPad 2 2011 - 2014
iPad (3ª geração) 2012 - 2013 (com tela Retina)
iPad (4ª geração) 2012 - Em Linha (com tela Retina)
iPad Air 2013 - Em Linha
iPad Mini 2012 - Em Linha
iPad Mini (com tela Retina) 2013 - Em Linha
iPad Air 2 2014 - Em Linha
iPad Mini 3 2014 - Em Linha
iPad Pro 2015 - Em Linha
iPad Mini 4 2015 - Em Linha iPad Pro 9.7 2016 - Em Linha

Sistema operativo: iOS 10.3.1[nota 1] v • e
Microprocessador: Apple A7 64-bits, Dual-core 1.3 GHz Cyclone (baseado em ARMv8) (iPad Air)

Apple A8X 64-bits e coprocessador de movimento Apple M8

Memória: 1 GB RAM

2 GB RAM (iPad Air 2)

Armazenamento: 16, 32, 64 ou 128 GB.
Câmera: Frontal: 1,2 MP HD 720p
Traseira: 5,0 MP 1080p
Tela: 9,7 Polegadas, Resolução de 2048 x 1536 pixels, com tecnologia Retina Display
Entrada: da Primeira à Terceira geração: Conector dock
a partir da Quarta geração: Lightning
Alimentação: Bateria Não-Removível de Li-Po, Aguenta por até 10 horas de Multimídia
Sítio: www.apple.com.br/ipad
Portal Tecnologias da informação


iPad é um dispositivo em formato tablet produzido pela Apple Inc. O aparelho foi anunciado em 27 de janeiro de 2010, em uma conferência para imprensa no Yerba Buena Center for the Arts em São Francisco. Meses antes de seu anúncio, surgiram rumores do nome do aparelho: iSlate, iBook e iTablet, entre outros.

O iPad foi apresentado como um dispositivo situado a meio caminho entre um MacBook e um iPhone. O dispositivo utiliza o mesmo sistema operacional do iPhone, o iOS. A recepção inicial do iPad foi bastante misturada, com muitos entusiastas ficando contra o aparelho devido ao que percebem como limitações e com outros tantos demonstrando grande empolgação com facilidade de interação que a interface demonstra.

Quarta e quinta geração[editar | editar código-fonte]

No dia 12 de setembro de 2012, foi apresentada, por Tim Cook, a quarta geração do tablet, que apesar de ser idêntico em relação ao design com o seu antecessor, conta com um processador mais potente e também obteve melhorias em sua câmera dianteira (para video conferências), além da atualização para o conector lightning. Todas as outras especificações são idênticas ao iPad 3, o que os tornam meramente idênticos. Recentemente o novo iPad Air foi lançado, um modelo ainda mais potente, leve e resistente do que seu antecessor, o iPad 4. O iPad Air está entre a estatura (física) do iPad 4 e o Mini, por ter seu tamanho intermediário entre eles.

Lançamento no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o iPad foi lançado dia 30 de novembro de 2011. A quinta e atual geração foi lançada no dia 06 de dezembro de 2013.

Polêmica sobre o nome iPad[editar | editar código-fonte]

Na semana em que o iPad é lançado no Brasil, a empresa brasileira Transform, especializada em produtos para a área médica, entrou com uma ação contra as distribuidoras do aparelho no país, principalmente a Fast Shop; alegando ter a propriedade da marca iPad. O produto da Transform em questão é o desfibrilador i-PAD Fast, cujo nome foi pedido solicitação no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) no início de 2007, enquanto a Apple pediu em 16 de julho de 2009. Em defesa, a Apple alega que o nome é semelhante ao nome iPod, de seu domínio.

Lançamento em Portugal[editar | editar código-fonte]

O iPad da primeira geração foi lançado em Portugal no dia 30 de novembro de 2011[2], o lançamento do iPad 2 aconteceu em 25 de março de 2011 em Portugal[3] e o novo iPad foi lançado a 23 de março de 2012.[4]

iPad no ensino[editar | editar código-fonte]

Em 2013 o governo de Andorra decide obrigar todos os alunos do ensino público a comprar um tablet Apple para uso escolar.[5] O objetivo, em declarações feitas a imprensa andorrana, é evitar que alunos carreguem com livros pesados que prejudicam claramente a sua saúde, mesmo se num princípio o iPad não vai substituir completamente os livros. Sendo assim, Andorra transformou-se no primeiro pais da Europa em apostar no tablet como meio de ensino, deixando os computadores considerados pelo governo mais caros. A decisão criou em seguida grande polémica no pequeno pais, pois nem todas as famílias têm recursos suficientes para pagar um tablet de preço elevado.[6] Entre as críticas também há quem diga que o iPad é um material muito frágil em mãos de crianças que podem fazê-lo cair e estragar facilmente. Para acalmar a povoação, o governo assegurou que todas as famílias com dificuldades financeiras podem recorrer ao pagamento em prazos, que o tablete da Apple foi escolhida porque é a única no mercado em oferecer um espaço de ensino e pedagógico óptimo, e que o iPad permite controlar o aluno de maneira eficaz. Ou seja, evitar que tente baixar aplicações que não tenham nada a ver com as aulas. A decisão não foi criticada pelos professores, paradoxalmente, que além disso recebeu formação antes de começar as aulas. Formação garantida pela Apple.

Especificações 1ª geração (2010)[editar | editar código-fonte]

Físicas
  • 9.4 mm de largura
  • Peso: Wi-Fi: 680g / Wi-Fi+3G: 730g
  • 9.7 polegadas
  • Cor: Preto
Processador e memória
Tela
  • 1024x768 pixeis de resolução
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Luminosidade
  • Tela multitoque
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 30 dias em modo stand-by

Especificações 2ª geração (2011)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: iPad 2
Físicas
  • 8.8 mm de largura
  • Peso: Wi-Fi: 601g / Wi-Fi+3G: 613g
  • 9.7 polegadas
  • Cores: Preta e Branca
Processador e memória
Tela
  • 1024x768 pixeis de resolução
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Tela multitoque
  • Giroscópio
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 1 mês em modo stand-by

Especificações 3ª geração (2012)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: iPad (3ª geração)
Físicas
  • 9.4 mm de largura
  • Peso: Wi-Fi: 652g / Wi-Fi+4G: 662g


Processador e memória
  • Chip Apple A5X 1.0 GHz dual core com gráficos quad-core
  • Memória flash de 8,16 ou 32Gb
Tela
  • visor retina
  • Fingerprint resistente revestimento oleophobic
  • 2048×1536 pixeis de resolução com 264 dpi
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Tela multitoque
  • Giroscópio
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 1 mês em modo stand-by

Especificações 4ª geração (2012)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: iPad (4ª geração)
Físicas
  • 9.4 mm de largura
  • Peso: Wi-Fi: 652g / Wi-Fi+4G: 662g


Processador e memória
Tela
  • visor retina
  • Fingerprint resistente revestimento oleophobic
  • 2048×1536 pixeis de resolução com 264 dpi
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Tela multitoque
  • Giroscópio
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 1 mês em modo stand-by

Especificações iPad Air (2013)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: iPad Air
Físicas
  • 7.5 mm de largura
  • Peso: Wi-Fi: 469g


Processador e memória
Tela
  • visor retina
  • Fingerprint resistente revestimento oleophobic
  • 2048×1536 pixeis de resolução com 264 dpi
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Tela multitoque
  • Giroscópio
  • Apple M7
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 1 mês em modo stand-by

Especificações iPad Air 2 (2014)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: iPad Air 2
Físicas
  • 6.1 mm de espessura
  • Peso: Wi-Fi: 437g


Processador e memória
Tela
  • visor retina
  • Fingerprint resistente revestimento oleophobic
  • 2048×1536 pixeis de resolução com 264 dpi
Comunicação
Sensores
  • Acelerômetro
  • Bússola
  • Tela multitoque
  • Giroscópio
  • Touch ID
  • Apple M8
Bateria
  • 10 horas de autonomia, 1 mês em modo stand-by

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Última atualização da versão do sistema no artigo feita em 3 de abril de 2017.

Referências

  1. Wieland Wagner (28 de maio de 2010). «iPad Factory in the Firing Line: Worker Suicides Have Electronics Maker Uneasy in China». Spiegel.de. Consultado em 31 de maio de 2010 
  2. «iPad chega terça-feira a Portugal com preços a partir de 499 euros (act)» 
  3. Group, Global Media (2 de março de 2011). «iPad 2 chega a Portugal a 25 de Março». JN 
  4. «Operadoras começam a vender novo iPad em Portugal a 23 de Março». 3 de março de 2016. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
  5. Press, Europa (3 de junho de 2013). «Los colegios públicos de Andorra imponen el uso del iPad en las aulas». europapress.es (em espanhol) 
  6. «Guillem Valdés » iPad 2». 2 de maio de 2016. Consultado em 4 de fevereiro de 2017 
Produtos de software Aperture  • Apple Maps  • Final Cut  • iLife  • iTunes  • iWork  • iBooks  • Logic  • macOS (Server)  • iOS  • QuickTime  • Safari  • FaceTime  • iMovie  • WatchOS
Acessórios AirPods  • AirPort  • Cinema Display  • Apple Mouse  • Magic Mouse  • Xserve RAID  • Bumper  • Conector de 30 pinos  • Lightning
Lojas e serviços AppleCare  • Apple Pay  • Apple Specialist • Apple Store • Certificações • CloudMe • Game Center • Genius Bar  • iBookstore  • iTunes Store • App Store • Mac App Store  • .Mac  • MobileMe • ICloud  • One to One  • ProCare
Aquisições AuthenTec  • Beats Electronics  • Emagic  • FingerWorks  • Intrinsity  • Lala  • NeXT  • Nothing Real  • P.A. Semi  • Silicon Color  • Final Cut Pro  • Siri  • Spruce Technologies
Apple logo black.svg Portal
Apple logo black.svg Portal Apple Inc.