ISA CTEEP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
ISA CTEEP
Razão social Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista SA
Empresa de capital aberto
Cotação B3TRPL3, TRPL4
Atividade Energia Elétrica
Gênero Sociedade anônima
Fundação 1999
Sede Brasil São Paulo, SP
Proprietário(s) ISA
Pessoas-chave Reynaldo passanezi (presidente)
Empregados 1.469
Produtos Transmissão de energia elétrica
Valor de mercado Baixa US$ 1,3 bilhão (2012)[1]
Lucro Aumento US$ 411,6 milhões (2012)[1]
Website oficial www.isacteep.com.br

A ISA CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) é uma empresa concessionária de transmissão de energia elétrica brasileira[2]. Companhia de capital aberto com ações negociadas na B3, a ISA CTEEP tem como principais controladoras a ISA, um dos maiores grupos de transmissão de energia elétrica da América Latina, e a Eletrobras, maior empresa de energia brasileira, além de 60 mil acionistas pessoas física e jurídica.

É considerada uma das principais concessionárias privadas de transmissão de energia elétrica do Brasil[2], responsável pela transmissão de 30% de toda a energia elétrica produzida no Brasil e 60% da energia consumida na região Sudeste e de quase 80% do consumo no estado de São Paulo [2].

História[editar | editar código-fonte]

A CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) foi criada em 1999 após da divisão dos ativos da estatal paulista Companhia Energética de São Paulo (CESP), dentro do programa de privatização do governo estadual. Em 2001, a CTEEP incorporou a Empresa Paulista de Transmissão de Energia Elétrica (EPTE), resultante do desmembramento da Eletropaulo.

A privatização aconteceu em 2006 em leilão pelo governo paulista. Com, o Grupo colombiano ISA conquistou o controle da Companhia, adquirindo 50,1% das ações ordinárias (com direito a voto). No mesmo ano, a ISA arrematou, em leilão promovido pela ANEEL a concessão para construção da linha de transmissão Neves 1-Mesquita, que passa por 14 municípios mineiros, entre as cidades de Contagem e Ipatinga. Esse empreendimento deu origem à subsidiária Interligação Elétrica de Minas Gerais (IEMG).

Em 2007, a participação do Grupo ISA aumentou para 89,4% das ações ordinárias e 37,5% do capital total da ISA CTEEP.

Dados da Companhia[editar | editar código-fonte]

Companhia de capital aberto com ações negociadas na BM&FBOVESPA, a ISA CTEEP tem como principais controladoras a ISA, um dos maiores grupos de transmissão de energia elétrica da América Latina, e a Eletrobras, maior empresa de energia brasileira, além de 60 mil acionistas pessoas física e jurídica.

A ISA CTEEP conta com uma infraestrutura formada por 12.993 quilômetros de linhas de transmissão, 18.782 quilômetros de circuitos, 2.488 quilômetros de cabos de fibra ótica e 107 subestações com tensão até 550 kV[3].

Sediada na cidade de São Paulo, a Empresa conta com cinco Regionais, todas instaladas em municípios paulistas (São Paulo, Cabreúva, Taubaté, Bauru e Jupiá), um Centro de Operação de Transmissão (COT), em Jundiaí; e um Centro de Operação de Retaguarda (COR), em Cabreúva. Em 2011, a CTEEP registrou uma receita operacional líquida de R$ 2,9 bilhões e lucro líquido de R$ 915,3 milhões[3].

A principal fonte de receita da Companhia provém do uso de seu sistema de transmissão por outras concessionárias de energia elétrica, agentes do setor e consumidores livres. Desde junho de 2006, a CTEEP é controlado pela ISA, maior grupo de transmissão de energia da América Latina.

Áreas Atendidas[editar | editar código-fonte]

Com capacidade instalada de 45.131 MVA, está presente em 15 estados brasileiros:

  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • Paraná
  • São Paulo
  • Minas Gerais
  • Rondônia
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Goiás
  • Tocantins
  • Maranhão
  • Piauí
  • Paraíba
  • Pernambuco
  • Espírito Santo

Subestações[editar | editar código-fonte]

A CTEEP possui atualmente 127 subestações, que interligam o sistema de transmissão da Empresa para assegurar a disponibilidade de energia para todo o estado de São Paulo.

Algumas subestações[editar | editar código-fonte]

  • Bauru
  • Araraquara
  • Cabreúva
  • Jupiá
  • Oeste (Sorocaba)
  • Ribeirão Preto
  • Santa Bárbara D'Oeste
  • São Carlos
  • São Paulo (5)
  • Taubaté

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]