I Am Peter, Hear Me Roar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"I Am Peter, Hear Me Roar"
8.º episódio da 2.ª temporada de Family Guy
Peter e Gloria
Informação geral
Direção Monte Young
Escrito por Chris Sheridan
Código de produção 2ACX02
Exibição original 28 de março de 2000
Convidados

Candice Bergen como Gloria Ironbox
Faith Ford como Sarah Bennett

Cronologia
"The King Is Dead"
"If I'm Dyin', I'm Lyin'"
Family Guy (segunda temporada)
Lista de episódios de Family Guy

"I Am Peter, Hear Me Roar" (em português, "Eu Sou Peter, Ouça a Minha Voz") é um episódio da segunda temporada da série animada da FOX Uma Família da Pesada. É o décimo quinto de toda a série a ser exibido. Candice Bergen estrelou como Gloria Ironbox.

Este episódio está incluído na Freakin' Sweet Collection. O fato de que ele foi exibido pela primeira vez em 28 de março de 2000, no mesmo dia em que o episódio anterior "O Rei Está Morto", fez com que o criador do seriado Seth MacFarlane se preocupasse com o possível cancelamento do programa.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Peter e seus vizinhos recebem um anúncio na caixa de correio, indicando que eles receberiam um barco de graça se fossem a uma venda de propriedades de férias. No entanto, durante uma entrevista sob pressão de vendas, Peter troca o barco por uma caixa misteriosa, que possui ingressos para um clube de comédia. No clube, Peter fica bêbado e tenta contar piadas no local. Antes de sua breve performance, na qual ele muitas vezes abusa do público, coloca sua cerveja no seu bolso de ponto cabeça, derramando-o em suas calças. O público, se divertindo ao pensar que Peter urinou, começa a rir histericamente, o que leva Peter bêbado a acreditar que eles gostaram das piadas. Assim, acredita que seu humor é um sucesso.

Continuando sua húbris, Peter conta uma piada sexual no seu trabalho na fábrica de brinquedos Happy-Go-Lucky que ofende uma colega de trabalho, chamada Sarah Bennett, cuja advogada Gloria Ironbox, oferece a retirada das acusações de perseguição sexual se Peter frequentar um programa de treinamento sensível. A proposta não funciona, então, ele é enviado a um retiro feminino. Ele continua fazendo comentários insensíveis até que precisa suportar uma dor semelhante ao parto; levando seu lábio inferior e alongando-o atrás de sua cabeça.

Após certo tempo, ele retorna para casa de maneira diferente, bem afeminado. Primeiramente, Lois aprecia a nova sensibilidade natural de Peter, mas em breve se cansa disso (ele gasta mais tempo em frente ao espelho, fazendo testes de gravidez, repreendendo Lois por fazer o jantar para seu marido, embora ele mesmo seja o marido; dizendo que ele deveria fazer um exame de mama quando Lois lhe fala sobre seu corpo, e até mesmo tenta amamentar Stewie enquanto sua esposa não está por perto). Em desespero, a mulher pede aos amigos do marido que ajudem. Ela passa por cima da casa de Quagmire e diz a ele que Peter não está a tratando como uma mulher. Quagmire decide ajudar. Os amigos de Peter tentam, em vão, trazê-lo de volta ao normal levando-o para ficar entre seus "companheiros homens." Cleveland o leva em uma convenção de negros onde Peter anuncia publicamente para todos os homens que eles são culpados por todos os crimes e problemas, que estão arruinando a sociedade e deveriam se envergonhar, incitando-os a seguí-lo nas ruas (eles pensam que o homem foi racista).

Quando Peter e Lois vão a uma festa de gala feminina, Gloria insulta Lois dizendo que por causa de seu estilo de vida atual, Peter não respeitava as mulheres, embora Lois diga que ela é feminista e que o feminismo é ter o direito de escolha, e sua escolha foi ser mãe e dona de casa. Então, Gloria insulta-a, dizendo que seus filhos devem ser "estragados." Lois, furiosa, soca Gloria, resultando em uma briga entre duas mulheres, na qual parte de suas roupas são rasgadas. Observando a cena, Peter pega Lois e corre para casa para fazer sexo. Uma vez que eles terminam com isso, a mulher comenta que isso foi maravilhoso. Sua voz surpreende Peter, que já tinha se esquecido que ela estava no quarto. Ele pede que a esposa faça um sanduíche, mostrando que voltou para seu jeito normal.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Em sua avaliação de 2008, Ahsan Haque da IGN classificou o episódio em 8.5/10, afirmando que foi "habilmente escrito" e possui "algumas das melhores cenas de toda a série". No entanto, notou que "a sátira passa dos limites e pode não contentar a todas as pessoas".[2]

Referências

  1. Steve Callaghan (2005). Family Guy: The Official Episode Guide Seasons 1–3 (em inglês). [S.l.: s.n.] ISBN 006083305X 
  2. Haque, Ahsan. «Family Guy: "I Am Peter, Hear Me Roar" Review». IGN. Consultado em 2 de dezembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por:
The King Is Dead
Family Guy (segunda temporada) Sucedido por:
If I'm Dyin', I'm Lyin'