I Gotta Feeling

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"I Gotta Feeling"
Single de Black Eyed Peas
do álbum The E.N.D.
Lançamento 21 de maio de 2009
Formato(s)
Gravação 2009
Estúdio(s) Square Pro
(Paris, França)
Metropolis Studios
(Londres, Inglaterra)
Gênero(s) Dance-pop
Duração 4:49 (versão do álbum)
4:04 (edição para rádio)
Gravadora(s) A&M, Interscope
Composição The Black Eyed Peas, David Guetta, Frédéric Riesterer
Produção David Guetta, Frédéric Riesterer (Coprodutor)
Cronologia de singles de Black Eyed Peas
""Boom Boom Pow"
(2009)"
""Meet Me Halfway"
(2009)"
Lista de faixas de The E.N.D.
"Imma Be"
(4)
"Alive"
(6)

"I Gotta Feeling" é uma canção do grupo norte-americano Black Eyed Peas, presente em seu quinto álbum, The E.N.D. (2009). Foi escrita por todos os componentes do grupo, David Guetta e Frédéric Riesterer, e produzida por Guetta e coproduzida por Riesterer. Ela foi tocada pela primeira vez na estação de rádio americana KISS FM, em 21 de Maio de 2009, porém, sua estreia oficial nas rádios ocorreu em 16 de Junho do mesmo ano. A canção contém amostras de "Take a Dive" de Bryan Pringles, "Love is Gone" de David Guetta e arranjos de "Open Your Eyes" da banda britânica Snow Patrol.

"I Gotta Feeling" debutou na segunda posição na Billboard Hot 100, apenas atrás de outra canção do grupo, "Boom Boom Pow", tornando-se o grupo em um dos 11 artistas que ocuparam as duas primeiras posições desta parada ao mesmo tempo. A canção mais tarde alcançou a primeira posição, e em mais vinte em todo o mundo. Ela foi nomeada para Gravação do Ano no Grammy Awards de 2010 e ganhou em Melhor Performance Pop por uma Dupla ou Grupo. "I Gotta Feeling" ficou na quinta posição da Billboard Hot 100 Songs of the Decade. Foi também nomeada para Canção do Ano nos World Music Awards de 2009 e é a música com mais downloads feitos na iTunes Store. Em Março de 2011, tornou-se na primeira música digital na história a vender mais de 7 milhões de cópias digitais nos Estados Unidos. Isso também torna-o como a maior venda digital.

Antecedentes e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O DJ francês David Guetta ajudou a compositar a música.

Fred Rister elaborou o que se tornaria a canção Love Is Gone, que foi reformulado em seguida por David Guetta e Joachim Garraud.[Nota 1] O single, a primeira parte do novo álbum de Guetta, foi lançado na primavera de 2007. Ele fez uma entrada reservada no Billboard Hot 100, mas foi marcado regularmente em discotecas e rádios americanas. Até então, Guetta permanecia pouco reconhecido nos Estados Unidos, mas as coisas mudaram com essa música, que se tornaria um sucesso nos clubes de dance, mas também no hip-hop.[1] No final de 2008, will.i.am do grupo Black Eyed Peas entra em contato com David Guetta para saber se ele poderia produzir.[2]

De acordo com will.i.am, essa canção nasceu de uma simples troca de e-mail entre David Guetta e Black Eyed Peas. David Guetta especifica em janeiro de 2010, no programa A noite nos pertence, que a história começa com um simples SMS enviado a ele por will.i.am, para perguntar se ele pode telefoná-lo.[3]

O instrumental é inicialmente um trabalho de estúdio não destinado ao grupo americano, mas também para o futuro álbum de Guetta. É composto por Fred Rister e David Guetta. A música retoma a estrutura musical, especialmente o som da guitarra, de Love Is Gone.[3] No dia seguinte, will.i.am telefona para David Guetta; o grupo ainda está entusiasmado com o sucesso do Monkey Business. O DJ francês o faz ouvir o instrumento em que trabalha. A reação de will.i.am foi instantânea: "Eu quero essa porra de música para o meu álbum!" Ele escreve.[4]

Foi enviado em MP3 por e-mail para o cantor americano, enviando em resposta, alguns dias depois, as vozes a serem colocadas nele,[3] coro e versos incluídos. Naquele momento, as coisas aceleram para Guetta: ele parte para Los Angeles para os estúdios da Interscope, o local habitual de gravação do grupo; "Fiquei realmente impressionado, como uma criança", diz ele.[3] Em alguns dias, a canção foi concluída.[5] Por seu lado, will.i.am promove amplamente o DJ francês: "Como ele aparentemente falou muito bem de mim, todo mundo me ligou no meu celular após esta sessão", diz Guetta. Por reciprocidade, enquanto Guetta produzia essa canção, além de Rock That Body, mais tarde ele pediu ao cantor do Black Eyed Peas para participar de One Love em duas músicas.[6]

Composição e recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Demonstração de 30 segundos de "I Gotta Feeling", uma canção dance-pop.

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

A canção é uma música dance-pop, que dura quatro minutos e 49 segundos. Ele segue o inspirado tema dance-pop de The E.N.D, baseado no uso pesado de Auto-Tune e sintetizadores futuristas enquanto percorre um ritmo tic-tac.[7][8]

A música começa de uma maneira contida e depois se move para uma batida de dança pulsante que mudam os padrões, de modo que pelo menos um revisor pensou que mudou os ritmos, embora, na verdade o ritmo não mude, sugerindo o uso de uma faixa de clique na gravação. Contém influências eletrônicas.[8] A canção é composta no compasso de tempo comum e composto na nota de sol maior com um ritmo moderado de 128 batidas por minuto. O alcance vocal do grupo se estende de G3 a A5.[9]

"I Gotta Feeling" recebeu críticas positivas de críticos de música. David Balls, escritor da Digital Spy, classificou a música com quatro estrelas, escrevendo que a música é "tão peculiar quanto seu antecessor ("Boom Boom Pow") ". No entanto, ele o comparou à "Biologia" de Girls Aloud, escrevendo que elas soam como uma coleção de ideias musicais "que só faz sentido depois de algumas escutas".[8]

Outro escritor da Digital Spy, Nick Levine, elogiou "I Gotta Feeling" e "Rock That Body" como colaborações importantes com o disc-jockey francês David Guetta. Críticos de música como John Bush, do All Music Guide, e Andy Gill, do The Independent, o classificaram como uma das melhores faixas do álbum.[7][10] Ann Powers escreveu uma crítica positiva sobre "I Gotta Feeling", observando que "os Peas deixam entrar alguma doçura e luz humana" na música e que ela usa "uma linha vocal quente e repetitiva para significar um bom humor".[11]

Ben Westhoff, do Las Vegas Weekly, descartou a música como uma mistura de house, electro e dancehall, que não funcionam em comparação com as músicas do The E.N.D como "Imma Be" e "One Tribe".[12] Mike Schiller, escritor da PopMatters, achou a música irresistível, escrevendo que "é uma daquelas músicas de dança que é impossível odiar graças a algo como uma ingenuidade de boa índole". Em sua resenha do álbum para Stuff.co.nz, Chris Schultz descartou as letras, escrevendo que elas eram as piores desde "Right Round", de Flo Rida.[13][14]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Uma cena de festa mostrando (da esquerda para a direita) Apl.de.ap, Fergie, will.i.am e Taboo no videoclipe oficial de "I Gotta Feeling".

O videoclipe para a canção em uma versão finalizada estreou em 2 de Junho de 2009.[15] Há dois clipes para a canção, um com cenas explícitas e outro que promoverá a Deluxe Edition (Edição de Luxo) do álbum. Antes disso, em 29 de Maio de 2009, uma versão incompleta do videoclipe foi postada na internet.[16]

No videoclipe, o grupo está em uma festa, onde eles dançam, cantam e repetem o trecho da Música: "Hoje, a noite vai ser boa, vamos aproveitar", e também "o nosso lema é festa todos os dias". No final do clipe, eles passam tinta fluorecente no rosto e cantam e dançam no escuro. O clipe conta com a participação de David Guetta, Kid Cudi, Katy Perry e a Drag Queen Ongina.[17]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]


Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

A canção ficou em primeiro lugar em vários países, inclusive foi a música de maior sucesso em 2009 na Austrália, Holanda e Nova Zelândia.[22] Também alcançou o número um em várias outras paradas da Billboard, incluindo Hot Digital Songs, Mainstream Top 40 e Radio Songs.[23]

Foi o segundo single do grupo a vender mais de 6 milhões de downloads nos Estados Unidos, e foi certificado 7× Platina em 25 de agosto de 2010 pela Recording Industry Association of America (RIAA), significando vendas de mais de 7 milhões de unidades.[24] Foi a primeira música a atingir vendas de mais de 6 milhões (25 de julho de 2010), 7 milhões (20 de março de 2011), 8 milhões (24 de junho de 2012) e 9 milhões (7 de junho de 2019). Ele também ganhou o prêmio de ser o melhor vendedor digital da história.[25]

No Canadá, a música estreou no Canadian Hot 100 no número dois, atrás de "Boom Boom Pow", semelhante ao seu início nos Estados Unidos, na semana que terminou em 27 de junho de 2009.[26] Na semana seguinte, subiu para o número um após um aumento no airplay, onde manteve essa posição por 16 semanas consecutivas, estabelecendo o recorde de corrida mais longa no número um desde o início do gráfico em 2007.[27][28] A música esteve presente na parada por um total de 76 semanas, estabelecendo o recorde de permanência mais longa na parada. A música foi certificada como Diamante pela Music Canada por vendas de mais de 800.000 downloads digitais.[23][28]

Sucessão e precessão nas paradas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
"I Am XXX" por Glay
Single número um na Billboard Japan Adult Contemporary Airplay
15 de Maio de 2009 -
Sucedido por
-
Precedido por
"Boom Boom Pow" por Black Eyed Peas
Single número um no Canadá Hot 100
4 de Julho de 2009 -
Sucedido por
-"3" por Britney Spears
Precedido por
"Boom Boom Pow" por The Black Eyed Peas
Single número um na Global Track Chart
2009
Sucedido por
"Sexy Bitch" por David Guetta
Precedido por
"Boom Boom Pow" por Black Eyed Peas
Single número um no Austrália Singles Chart
29 de Junho de 2009 -
Sucedido por
-
Precedido por
"If U Seek Amy" por Britney Spears
Singles número um no Hit Parade Brasil
2009
Sucedido por
"Celebration" por Madonna

Ver também[editar | editar código-fonte]

Nota

  1. I Gotta Feeling e a gravação de One Love marcarão gradualmente o fim das colaborações entre Garraud e Guetta; Fred Rister terá cada vez mais lugar nas produções.

Referências

  1. Rapilly 2016, p. 168-171.
  2. Rapilly 2016, p. 173.
  3. a b c d Rapilly 2016, p. 174.
  4. Rister 2018, p. 128-129.
  5. Rister 2018, p. 130.
  6. Harding, Cortney (3 de dezembro de 2010). «David Guetta: The Billboard Cover Story». Billboard. Consultado em 16 de junho de 2020 
  7. a b «The E.N.D. (Energy Never Dies) - The Black Eyed Peas | Songs, Reviews, Credits» (em inglês). AllMusic. Consultado em 17 de junho de 2020 
  8. a b c Balls, David (13 de julho de 2009). «Black Eyed Peas: 'I Gotta Feeling'». Digital Spy (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  9. ««The Black Eyed Peas "I Gotta Feeling" Sheet Music in G Major»». Musicnotes.com (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  10. Gill, Andy (12 de junho de 2009). «Album: The Black Eyed Peas, The E.N.D. (Polydor)». The Independent (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  11. Powers, Ann (2 de junho de 2009). «Album review: Black Eyed Peas' 'The E.N.D.'». LA Times Blogs - Pop & Hiss (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  12. Westhoff, Ben (18 de junho de 2009). «The Black Eyed Peas». lasvegasweekly.com. Consultado em 17 de junho de 2020 
  13. Schiller, Mike (10 de junho de 2009). «Black Eyed Peas: The E.N.D.». PopMatters (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  14. Schultz, Chris (30 de junho de 2009). «CD review: The END - Black Eyed Peas». Stuff (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  15. «Vídeo e capa do single 'I Gotta Feeling'». Rap-up.com. 29 de maio de 2009 
  16. «Vídeo do single 'I Gotta Feeling'». Fergiebr.com. 2 de junho de 2009 
  17. «Will.i.am tirou a música 'I Gotta Feeling' de um sonho». caras.uol.com.br. 25 de fevereiro de 2012. Consultado em 16 de junho de 2020 
  18. «The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling (2009, CD) | Discogs». Discogs. Consultado em 22 de junho de 2020 
  19. «Invasion of I Gotta Feeling (Megamix) - EP by Black Eyed Peas». Apple Music (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2020 
  20. «The Black Eyed Peas – I Gotta Feeling». Discogs. Consultado em 17 de junho de 2020 
  21. «The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling». austriancharts.at. Consultado em 17 de junho de 2020 
  22. Whitworth, Dan (21 de junho de 2010). «Black Eyed Peas set downloads record». BBC Newsbeat (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  23. a b «I Gotta Feeling – Billboard Chart History». Billboard. Consultado em 17 de junho de 2020 
  24. Grein, Paul (1 de maio de 2013). «Chart Watch Extra: iTunes Turns 10». yahoo.com (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2020 
  25. HITSDD (7 de junho de 2019). «Ahead of its 10th anniversary, The Black Eyed Peas' "I Gotta Feeling" becomes the first song to hit 9 million U.S. downloads (@bep).» (Tweet). Consultado em 17 de junho de 2020 – via Twitter 
  26. «Billboard Canadian Hot 100 Chart». Billboard. Consultado em 17 de junho de 2020 
  27. «Billboard Canadian Hot 100 Chart». Billboard. Consultado em 17 de junho de 2020 
  28. a b «I Gotta Feeling by The Black Eyed Peas - Music Charts». acharts.co. Consultado em 17 de junho de 2020 
  29. «The Hot 100 Chart | Billboard». Billboard (em inglês). 10 de outubro de 2009. Consultado em 23 de junho de 2020 
  30. «Canada Top 20 (2009-10-30)». top40-charts.com. 30 de outubro de 2009. Consultado em 17 de junho de 2020 
  31. «Offizielle Deutsche Charts | The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling». Media Control Charts. www.offiziellecharts.de. Consultado em 21 de junho de 2020 
  32. «Australia Singles Top 50». Australian Recording Industry Association (em inglês). Acharts.us. 9 de novembro de 2009. Consultado em 8 de novembro de 2009 
  33. a b c d e «Austri Top 40 | Black Eyed Peas – I Gotta Feeling (song)». Austria Top 40. Consultado em 18 de junho de 2020. Arquivado do original em 29 de julho de 2009 
  34. «I Gotta Feeling by The Black Eyed Peas - Music Charts». acharts.co. Consultado em 17 de junho de 2020 
  35. «RADIO TOP100 Oficiálna – Lady Gaga Bad Romance - Slovak Republic». International Federation of the Phonographic Industry. IFPIcr.cz. 5 de novembro de 2009. Consultado em 10 de novembro de 2009 
  36. «European Hot 100 - Week of 23 de janeiro de 2010». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. 23 de janeiro de 2010. Consultado em 27 de janeiro de 2010 
  37. «"Tops : Black Eyes Peas et Lady GaGa n°1"» (em inglês). Syndicat National de l'Édition Phonographique Chartsinfrance. Consultado em 26 de janeiro de 2010 
  38. «finnishcharts.com - The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling». 2009. Consultado em 17 de junho de 2020 
  39. «Hungary Singles Chart». Mahasz. Mahasz.hu. Consultado em 18 de junho de 2020 
  40. «Ireland Singles Top 50». Irish Recorded Music Association (em inglês). Acharts.us. 19 de novembro de 2009. Consultado em 19 de novembro de 2009 
  41. «ビルボードジャパンチャート トップ10 - ANAP HOLIK» (em japonês). www.anapnet.com. 2009. Consultado em 17 de junho de 2020 
  42. «New Zealand Singles Chart: Chart #1697». Recording Industry Association of New Zealand. RIANZ.org.nz. 30 de novembro de 2009. Consultado em 30 de novembro de 2009 
  43. «Top 40-lijst van week 33, 2009». www.top40.nl. 2009. Consultado em 18 de junho de 2020 
  44. «Hitlisten.NU - Danmarks officielle hitlister». 2009. Consultado em 17 de junho de 2020 
  45. «norwegiancharts.com - The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling» (em inglês). Norwegiancharts.com. Consultado em 18 de junho de 2020 
  46. «swedishcharts.com - The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling» (em inglês). Swedishcharts.com. Consultado em 18 de junho de 2020 
  47. «The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling – UK Singles Chart». The Official Charts Company (em inglês). ChartStats. 8 de agosto de 2009. Consultado em 18 de junho de 2020. Arquivado do original em 17 de maio de 2011 
  48. «Gold-/Platin-Datenbank (The Black Eyed Peas; 'I Gotta Feeling')» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 16 de junho de 2020 
  49. «ARIA Charts - Accreditations - 2010 Singles». www.aria.com.au. Consultado em 16 de junho de 2020 
  50. «Goud en Platina - Singles 2013». www.ultratop.be. 2013. Consultado em 16 de junho de 2020 
  51. «Canadian single certifications – The Black Eyed Peas – I Gotta Feeling» (em inglês). Music Canada. Consultado em 16 de junho de 2020 
  52. «Danish single certifications – The Black Eyed Peas – I Gotta Feeling». IFPI Denmark. 2009. Consultado em 16 de junho de 2020 
  53. «Spanish single certifications – The Black Eyed Peas – I Gotta Feeling». El portal de Música. Productores de Música de España. Consultado em 16 de junho de 2020 
  54. «American single certifications – The Black Eyed Peas – I Gotta Feeling». RIAA (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2020 
  55. «Certifications Singles Platine - année 2010». Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 27 de junho de 2020. Arquivado do original em 26 de setembro de 2012 
  56. «Japan Hot 100 - 2009 | Billboard». Billboard. Consultado em 19 de junho de 2020 
  57. «NZ Top 40 Singles Chart» (em inglês). nztop40.co.nz. 2009. Consultado em 16 de junho de 2020 
  58. «UKChartsPlus - 2009» (PDF). British Phonographic Industry. Consultado em 19 de junho de 2020. Cópia arquivada (PDF) em 24 de julho de 2011 
  59. «Guld- och Platinacertifikat» (PDF). 2010. Consultado em 16 de junho de 2020. Arquivado do original (PDF) em 5 de março de 2012 
  60. «The Official Swiss Charts and Music Community: Awards (The Black Eyed Peas; 'I Gotta Feeling')». www.swisscharts.com. IFPI Switzerland. Consultado em 16 de junho de 2020 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]